Discos eternos – Wheels of Fire (1968)

wheels-of-fireRIO DE JANEIRO – Improviso, criatividade e muita competência. Em estúdio ou desempenhando ao vivo, no palco, o Cream ganhava mais e mais a admiração dos fãs e dos músicos que posteriormente consideraram Jack Bruce, Ginger Baker e Eric Clapton, juntos, como uma grande influência. Mas depois de dois trabalhos (Fresh Cream, de 1966 e Disraeli Gears, de 1967), o grupo já começava a se afundar na auto-suficiência e num mar de drogas.

Mesmo assim, em 1968 veio à luz um dos álbuns mais representativos do blues e do rock and roll daqueles tempos: Wheels of Fire (Rodas de Fogo) tem alguns dos maiores “cavalos de batalha” do Cream em toda a sua existência, divididos entre um álbum de estúdio e outro ao vivo. A começar por “White Room” – que junto com “Sunshine of Your Love” está incluída entre as melhores canções compostas pela dupla Jack Bruce/Pete Brown.

As covers de antigos blues eram ainda obrigatórias, como provado em “Sittin’ On Top Of The World” (Howlin’ Wolf) e “Born Under a Bad Sign” (Booker T. Jones/William Bell). Ginger Baker trouxe junto com um novo parceiro, Mike Taylor, nada menos que três composições: a estranha “Pressed Rat And Warthog”, que só seria executada ao vivo pela primeira vez no histórico show de reunião do grupo em 2005; “Passing The Time”, com diferentes mudanças de ritmo; e a excepcional “Those Were The Days”, onde se sobressai o baixo distorcido de Jack Bruce e os sinos tocados ao fundo por Baker e pelo produtor Felix Pappalardi.

Jack Bruce volta aos tempos da Graham Bond Organisation, tocando violoncelo em “As You Said”, criando o climão básico para o ouvinte viajar na letra melancólica. A parceria Bruce/Brown ainda dá as caras na lírica “Deserted Cities Of The Heart” e em “Politician”, mais uma canção engajada do grupo. Se em “Take It Back”, o mote era a Guerra do Vietnã, nesta o alvo eram os políticos, como bem dito no verso inicial: Hey now baby… get into my big black car… I wanna just show you what my politics are.

Cream_Clapton_Bruce_Baker_1960sO disco ao vivo, intitulado como Live At The Fillmore, embora dos shows realizados no lendário teatro só tenha mesmo uma gravação (as outras foram feitas no Winterland), é simplesmente espetacular. “Crossroads”, de Robert Johnson, tem sua leitura definitiva graças a uma performance histórica de Eric Clapton, que esmerilha a música empunhando sua guitarra como um autêntico Deus do instrumento. Outro blues “das antigas”, “Spoonful”, de Willie James Dixon, mereceu uma releitura repleta de solos, viagens e toda a sorte de improvisos.

A gaita de Jack Bruce dá o tom e dita o ritmo em “Traintime”, enquanto Ginger Baker faz em “Toad” um monstruoso solo que provavelmente serviu de inspiração para John Bonzo Bonham e a sua extraordinária “Moby Dick”.

O disco, cuja capa foi mais um projeto gráfico do australiano Martin Sharp, foi listado pela Rolling Stone como o 203º melhor entre os 500 álbuns mais representativos de todos os tempos.

Será mesmo que Wheels Of Fire merece posição tão modesta?

No link abaixo, ouça o disco na íntegra.

Ficha Técnica de Wheels Of Fire
Selo: Polydor / Polygram
Gravado entre julho de 1967 e abril de 1968 nos Estúdios Atlantic em Nova York
Produção: Felix Pappalardi
Tempo total: 81’44”

Músicas:

Disco de estúdio

1. White Room (Jack Bruce/Pete Brown)
2. Sittin’ On Top Of The World (Howlin’ Wolf)
3. Passing The Time (Ginger Baker/Mike Taylor)
4. As You Said (Jack Bruce/Pete Brown)
5. Pressed Rat And Warthog (Ginger Baker/Mike Taylor)
6. Politician (Jack Bruce/Pete Brown)
7. Those Where The Days (Ginger Baker/Mike Taylor)
8. Born Under A Bad Sign (Booker T. Jones/William Bell)
9. Deserted Cities Of The Heart (Jack Bruce/Pete Brown)

Disco ao vivo

1. Crossroads (Robert Johnson)
2. Politician (Willie James Dixon)
3. Traintime (Jack Bruce)
4. Toad (Ginger Baker)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s