6h de São Paulo – áudios: entrevista com Harmut Kristen

M08_1282_fine

SÃO PAULO – Neste sábado, tive a oportunidade de conversar com um dos homens fortes do programa de motorsport da Porsche no WEC, Mr. Harmut Kristen. Falamos especificamente da volta da marca alemã com um time oficial às competições de Endurance. Detalhe: nada de LMP1 na conversa porque, como me disse um dos assessores de imprensa, os projetos de desenvolvimento do Esporte Protótipo e do modelo de Grã-Turismo são diametralmente distintos.

E provavelmente, mesmo com o programa de LMP1 a caminho, a marca de Stuttgart vai manter o seu esquema oficial na LMGTE-PRO. O que é excelente, convenhamos.

Acompanhe a entrevista no link abaixo.

6h de São Paulo – áudios: entrevista com John Hindnaugh

hindhaugh

SÃO PAULO – Ele é a voz da Radio Le Mans, que faz uma espetacular cobertura do mundo do Endurance. O britânico John Hindnaugh, a quem finalmente fui apresentado ontem, me concedeu o prazer de um bate-papo fantástico sobre o esporte que tanto amamos, em especial as corridas de longa duração.

Ouçam a entrevista, que é ótima. E se surpreendam com o nome do piloto brasileiro que ele mais admirou em toda sua vida e carreira de jornalista e radialista. Em 2014, John – inclusive – completa 25 anos de cobertura em Sarthe.

6h de São Paulo – ao vivo: Audi na pole com dobradinha

IMG_7194

SÃO PAULO – Dominante em dois dos três treinos livres das 6h de São Paulo, a Audi conquistou neste sábado a pole position para a corrida que acontece amanhã a partir do meio-dia no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos. O carro #1 dos atuais campeões Marcel Fässler/Andre Lotterer/Bénoit Tréluyer larga na posição de honra, com a média das quatro voltas em 1’21″303 – sendo que a melhor das quatro voltas foi exatamente a primeira, em 1’20″784, cravada por Fässler.

O #2 de Tom Kristensen/Allan McNish/Loïc Duval foi batido, no cômputo da média das voltas, por apenas 0″050 – uma diferença ínfima demais para ser levada em conta em termos de performance. A melhor volta do carro no treino foi 1’21″024.

A Toyota foi batida por apenas 0″277 e o time optou por revezar Anthony Davidson e Sébastien Buemi. Escolha óbvia, pois o suíço tem mais a mão da pista por sua experiência recente de Fórmula 1. A equipe de Pascal Vasselon sabe que só poderá superar a Audi em dois pontos: na estratégia, especialmente no risco de double stints sem trocar pneus nos reabastecimentos e, sobretudo, no uso do sistema híbrido, posto que o da Audi funciona a uma velocidade superior a 120 km/h porque a atuação dele é nas rodas dianteiras – ao contrário do TS030.

Em Interlagos, a diferença de performance do Lola da Rebellion, único LMP1 não oficial inscrito, para os carros de fábrica, não foi tão grande. O carro #12 ficou a apenas 2″320 da pole, o que se credita, em parte, às características do circuito. Pódio na geral? Só em caso de hecatombe com um dos Audi ou com o Toyota…

IMG_7182

Na LMP2, a luta foi igualmente renhida e quem riu por último foi a G-Drive Racing. John Martin e Mike Conway levaram o #26 à pole com a média de 1’27″355 nas quatro voltas somadas dos dois pilotos. Outro Oreca 03 Zytek Nissan ficou em segundo, com a equipe Pecom Racing obtendo um ótimo resultado, superando os vencedores de Le Mans no Morgan #35 da OAK Racing.

A Greaves Motorsport teve boa performance com seu Zytek Z11SN, único exemplar da classe, obtendo o quarto tempo, à frente do Lotus #32 e do #24 de Alex Brundle/Olivier Pla/David Heinemeier-Hänsson. Outro carro que poderia ter brigado pela pole, o #25 da Delta-ADR, teve um furo de pneu com Robbie Kerr e ficou com o último tempo na qualificação.

IMG_6707

Na LMGTE-PRO, nenhuma surpresa: Aston Martin na pole position. Surpresa, sim, foram os responsáveis pelo melhor tempo: Richie Stanaway e Pedro Lamy, com o neozelandês marcando o excelente tempo de 1’32″992 e a pole foi conquistada com a média de tempo em 1’33″340, apenas 0″121 abaixo do tempo do Porsche #92 de Marc Lieb/Richard Lietz. A dupla formada por Stefan Mücke/Darren Turner desta vez não repetiu a pole do ano passado e larga de 3º no pelotão de carros da classe.

Já o #99 de Bruno Senna/Rob Bell ficou em sexto na divisão. O brasileiro não ficou, obviamente, satisfeito com o resultado, mas lembrou que a corrida pode se decidir no tráfego, na estratégia e no consumo de pneus e combustível. A média dos dois pilotos ao fim da sessão foi de 1’33″818.

IMG_7064

A AF Corse levou a melhor na LMGTE-AM, graças a Matt Griffin e Marco Cioci. A dupla do #61 registrou a média de 1’34″577 e bateu a tripulação do Aston Martin #95, toda de pilotos dinamarqueses. Porém, o carro italiano foi desclassificado por uma irregularidade técnica e terá que largar do fim do grid.

A Ferrari #81 da 8Star Motorsports, com Rui Águas e Davide Rigon, conseguiu um bom terceiro posto no grupo na pista, herdando com a desclassificação do #61 a segunda posição no grid. Em contrapartida, a Larbre Competition ficou com a pior média entre os carros do grupo: o Corvette C6-R é 40 kg mais pesado que os Aston Martin da classe e, embora o carro seja um dos mais rápidos em reta, falta equilíbrio e na parte mais travada o #50 tem sérios problemas de saída de frente. O resultado não podia ser pior: último para o carro de Fernando Rees/Patrick Bornhauser/Julien Canal.

Além da mudança do resultado do #61 por desclassificação técnica, outros dois carros serão obrigados a partir do fundo do pelotão: o #57 da Krohn Racing e o #76 da IMSA Performance Matmut, porque dois de seus pilotos – Tracy Krohn e Christophe Bourret – não conseguiram estabelecer um tempo dentro do limite de 110% da pole position, como exigido pelo regulamento do ACO.

Fotos: Tarso Marques Lima

6h de São Paulo – áudios: entrevista com Tom Kristensen

IMG_7009

SÃO PAULO – Tive mais uma vez a honra de conversar com o piloto nove vezes campeão das 24 Horas de Le Mans, Tom Kristensen, que atendeu a mídia brasileira e internacional no intervalo entre o terceiro treino livre e o qualifying.

Áudio em inglês. Ouçam.

6h de São Paulo – áudios: entrevista com Luis Perez-Companc

DSC01440

SÃO PAULO – Mais um piloto sul-americano do WEC falou com exclusividade para o blog A Mil Por Hora. O argentino Luis Perez-Companc, que tem a equipe Pecom Racing associada à AF Corse, correrá nas 6h de São Paulo com Pierre Kaffer e Nicolas Minassian num Oreca 03 de motor Zytek Nissan, classe LMP2 (foto). Conversamos sobre a temporada 2013, o carro, a pista de Interlagos e muito mais. A entrevista foi em espanhol. Confira!

6h de São Paulo – áudios: entrevista com Enzo Potolicchio

DSC01441

SÃO PAULO – O blog traz mais uma entrevista gravada com exclusividade aqui direto de Interlagos. Conversei com o piloto venezuelano Enzo Potolicchio, que “joga nas onze”: além de guiar, é o dono e chefe de equipe da 8Star Motorsports, inscrita no WEC com a Ferrari F458 Italia (na foto) da classe LMGTE-AM – e que também compete na Rolex Sports Car Series.

Clique no arquivo de áudio e ouça. É tudo em espanhol.