Novo drama para Brian Vickers

Brian-Vickers-returns-to-Cup-seat-at-Sonoma-2L1N81GN-x-large

RIO DE JANEIRO – Afastado do automobilismo em 2010 por conta de uma trombose venosa profunda, Brian Vickers conseguiu se recuperar deste grave problema de saúde e, pouco a pouco, foi capaz de dar a volta por cima na Nascar. Voltou a ter um lugar de piloto titular, ainda que na Nationwide Series e neste ano colaborou com a Michael Waltrip Racing na Sprint Cup.

Por essa equipe, venceu em New Hampshire e graças a esse triunfo, o piloto foi indicado para o posto de titular de um dos Toyota Camry da MWR em 2014. Só que a sorte, que parecia regressar, abandonou temporariamente o piloto de 29 anos.

O Dr. William Downey, após exames médicos, descobriu na panturrilha da perna direita do piloto um coágulo sanguíneo. Por força do uso de medicamentos para diluir o sangue, Vickers está fora do restante da temporada 2013 da Nascar, o que forçosamente obriga a Joe Gibbs Racing a procurar um piloto para o carro #20 da Nationwide Series e a MWR a alocar um novo nome no #55. Para Talladega, neste fim de semana, já estava prevista a participação de Michael Waltrip.

A preocupação do time é com o pronto restabelecimento de Vickers, que demonstra otimismo quanto a sua volta em forma para o próximo campeonato. “Este é apenas um revés temporário”, disse o piloto. “Estou confiante que os médicos possam tirar esse problema do caminho e que eu possa estar pronto para defender as cores da Aarons Dream Machine em 2014”, finalizou.

Aliás, a MWR anunciou formalmente que seu esquema de carros a tempo inteiro na Sprint Cup será reduzido. Não haverá três Toyota Camry nas 36 provas da categoria, mas somente dois – o #15 para Clint Bowyer e o #55 para Brian Vickers. O #56 foi retirado da lista de carros a tempo inteiro diante da retirada da NAPA Auto Parts como patrocinadora principal da equipe, após o lamentável episódio de Richmond. Martin Truex Jr. e o chefe de mecânicos Chad Johnston estão livres para negociar com outros times e uma das possibilidades de destino do piloto é a Furniture Row Racing, como substituto de Kurt Busch, de saída para o time de Tony Stewart. O fim das atenções a um terceiro carro diminuirá em 15% a força de trabalho do time de Michael Waltrip e seu sócio Rob Kauffman.

Anúncios

2 respostas em “Novo drama para Brian Vickers

  1. Esse rapaz tem algum problema grave de circulação, pode ter certeza. E se bobear, isso é agravado pela aceleração lateral que ele é submetido nas curvas dos ovais.

  2. Em 2010, ele já havia tido uma trombose com embolia pulmonar:
    http://www.nytimes.com/2010/05/22/sports/autoracing/22sportsbriefs-vickers.html?_r=0
    Tecnicamente, uma recidiva dessas tem indicação de uso permanente de anticoagulantes. Um desafio para o médico está responsável pelo caso dele, porque não há como liberar o cara para correr usando anticoagulante, e por outro lado pode ser perigoso suspender o anticoagulante para voltar a correr…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s