Lou Reed (1942-2013)

Lou-Reed-Civic-78

RIO DE JANEIRO – A música mundial está de luto. Morreu hoje aos 71 anos, em decorrência de problemas no fígado, o cantor e guitarrista estadunidense Lou Reed. Ele tinha passado por um transplante do órgão em maio deste ano e fora internado com um quadro de desidratação há três meses, vindo a falecer neste 27 de outubro.

Nascido Lewis Allan Reed no bairro do Brooklyn, em Nova York, ele tornou-se conhecido quando fez parte de um dos grupos mais seminais de seu tempo: The Velvet Underground, uma ideia do multimídia Andy Warhol, que entre 1965 e 1970 rendeu quatro discos e vários sucessos, como “Heroin”. A banda, que tinha a chanteuse Nico e o violonista John Cale, desintegrou-se no começo da década de 70 e Lou iniciou carreira-solo em 1972.

Seus cinco primeiros discos, entre eles Transformer (1972), Berlin (1973) e Metal Machine Music (1975) estão no rol dos álbuns mais importantes da história do rock em qualquer tempo. Fã de escritores como Edgar Allan Poe, Raymond Chandler e James Joyce, transformou várias de suas músicas em poesia marginal. “Walking on the wild side” é desta safra e foi um dos maiores sucessos do cantor-guitarrista.

Entre 1972 e 2003, ele gravou 19 discos de estúdio e até 2004, lançou oito discos ao vivo. Um deles, gravado na Itália em 1984, é um dos melhores em que ele desfila seus hits, com a ótima banda de apoio que tinha na época, montada com o excelente Fernando Saunders no baixo, Robert Quine na guitarra e Fred Maher na bateria.

Além dos trabalhos individuais, Lou Reed teve a oportunidade de reviver com John Cale os grandes tempos do Velvet com o disco Songs for Drella, gravado em 1990 em homenagem a Andy Warhol. Catorze anos depois, voltou a fazer um disco com o violonista e Nico, chamado Le Bataclan ’72. Colaborou ainda com The Killers, Metric, Gorillaz e Metallica, com quem fez o pretensioso álbum Lulu, de péssima repercussão.

Considerado um dos principais artistas ainda em atividade além dos 70 anos e eleito pela Rolling Stone o 81º melhor guitarrista de todos os tempos, Lou Reed casou três vezes, com Betty Reed, Sylvia Morales e Laurie Anderson, também cantora, sua última companheira em vida.

Anúncios

2 respostas em “Lou Reed (1942-2013)

  1. Grande perda , Rodrigo.A frase do Brian Eno , de que as 30,00 pessoas que compraram os discos do Velvet formaram uma banda parece verdade.E que bandas.De Joy Division a Legião Urbana e o Glam Rock dos 70, como o próprio Bowie.O s dois primeiros do Velvet são obrigatórios pra entender o melhor do rock, principalmente nas letras como em The Gift, ou Harry circumcision(musica da carreira solo e mais recente de Lou) .ou nas músicas como Sweet Jane, Walk on the Wilde side, muito manjadas em bases de hip hop.Caras que admiro como turston Moore , Lee Ranaldo e Kevi Shields devem suas carreira a esse cidadão , que tinha fama de mal humorado e ousou cantar o lado sujo de NY e de quem vive nessa nossa vida urbana.
    …valor a quem merece…!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s