Alfa Romeo SE048: mais um Grupo C que nunca correu

2013-03-12-alfa-romeo-4

RIO DE JANEIRO – O blog mostra hoje mais um Esporte-Protótipo que nunca disputou qualquer corrida: vamos conhecer a história do projeto da Alfa Romeo para o Mundial de Grupo C, que nos anos 90 passou por uma crise sem precedentes que provocou o fim daquele campeonato.

Alfa_Romeo_164_procar

No início daquela década, a Alfa Romeo estava envolvida com dois malfadados projetos: o primeiro era do motor para a Fórmula Indy, numa parceria que pouco rendeu frutos, tanto para o construtor italiano quanto para a equipe Patrick Racing, que daria um tempo nas pistas e só regressaria para desenvolver os novos pneus de competição da Firestone. O segundo, a pedido de Bernie Ecclestone, era da criação dos Procar baseados no Alfa Romeo 164, que correriam com motores V10 de 3,5 litros – a mesma cilindrada da Fórmula 1.

Tonti.s.V10.1a

Com o fracasso dos motores Alfa nos EUA e a Procar tornando-se uma categoria natimorta, a Alfa Romeo passou a trabalhar – em segredo – no desenvolvimento de um Esporte-Protótipo dentro do regulamento do Grupo C, uma vez que a mecânica do Procar também servia para aquela competição. Primeiro, o motor foi testado num velho modelo Lancia LC2 da equipe Mussato Action Car, que ainda permaneceu nas pistas até 1991. Depois é que a unidade foi instalada no novo carro, batizado como Alfa Romeo SE048.

800px-Alfa_Romeo_SE_048

Engenheiros da Alfa e também da Abarth, liderados por Ignazio Lunetta, estiveram envolvidos na concepção do bólido e o SE048 com o motor V1035 desenhado por Pino d’Agostino seguia o padrão dos protótipos do Grupo C daqueles tempos: aerodinâmica refinada, pureza de linhas e cobertura das rodas para melhorar o fluxo de ar na seção traseira do carro.

Porém, em setembro de 1990, ordens vindas do board da Fiat, em Turim, provocaram o cancelamento definitivo do projeto Grupo C da Alfa Romeo, que até chegou a ser apresentado em 1992 mas nunca deixou de ser um carro-laboratório, no fim das contas. E há quem diga que o motor V1035 concebido pelo engenheiro d’Agostino foi a base para a unidade V10 que a Ferrari passaria a utilizar a partir de 1996, quando o conceito dos V12 foi abandonado pela mais tradicional das escuderias da Fórmula 1.

Hoje, o Alfa Romeo SE048 repousa placidamente ao lado da Alfa 164 Procar, no Museu Histórico da Alfa Romeo em Arese, na Itália. O carro reapareceu em público em 2010, há três anos, no Goodwood Festival of Speed, realizado anualmente na Inglaterra.

Anúncios

4 respostas em “Alfa Romeo SE048: mais um Grupo C que nunca correu

  1. Se não me engano o Alfa 164 foi fruto de um acordo entre a Alfa, a Peugeot e a Saab. Na verdade o carro que deu origem ao Alfa 164 foi o revolucionário, para a época, Peugeot 405. Acho que muitas partes dos 3 carros são comuns. Dos 3 o Peugeot foi o único com sucesso comercial. o 164 nunca emplacou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s