Silly season USCC 2014: equipes de protótipos (atualizado)

_RD49849

RIO DE JANEIRO – Passados os primeiros testes de pré-temporada do Tudor United SportsCar Championship em Sebring e Daytona, onde houve dois acidentes preocupantes para a IMSA e para o fabricante de pneus Continental, único fornecedor para os carros de praticamente todas as classes – exceto a GT Le Mans – o panorama de participação das equipes para a próxima temporada começa a se desenhar. Vamos então atualizar a situação dos inscritos e como estão distribuídas as formações para 2014.

Classe Prototypes

Equipes confirmadas:

Wayne Taylor Racing
Carro: Corvette DP
Pilotos: Jordan Taylor/Ricky Taylor (#10)

O time campeão da DP na última temporada da Grand-Am segue envolvido no novo certame USCC com um carro, o Corvette DP. Além da adaptação do protótipo ao regulamento técnico, a equipe tem uma novidade: a volta de Ricky Taylor para formar dupla ao lado do irmão Jordan. Max Angelelli só disputará as provas do North American Endurance Challenge (NAEC) com os filhos do proprietário do time.

Chip Ganassi Racing
Carro: Ford EcoBoost Riley DP
Pilotos: Scott Pruett/Memo Rojas Jr. (#01)

A equipe de Chip Ganassi Racing, maior vencedora da história da Rolex Sports Car Series, terá mudanças substanciais em 2014. O time deve anunciar um pacote técnico novo, vindo um protótipo Riley DP remodelado e com o novo motor Ford EcoBoost V6 Turbo. Será mantido o esquema com um protótipo a tempo inteiro para Scott Pruett e Memo Rojas Jr. e um segundo carro deve aparecer nas corridas longas do North American Endurance Challenge.

Spirit of Daytona Racing
Carro: Corvette DP
Pilotos: Richard Westbrook/Michael Valiante (#90)

Troy Flis confirmou a participação de sua escuderia com o Corvette DP atualizado para o novo regulamento e uma nova dupla de pilotos, formada por Richard Westbrook e Michael Valiante. Um terceiro nome será contratado para as corridas de maior duração do USCC.

Action Express Racing
Carro: Corvette DP
Pilotos: João Barbosa/Christian Fittipaldi (#5) e a confirmar (#9)

A Action Express deve voltar em 2014 no USCC, a princípio com dois Corvette DP. Mas não está descartada a possibilidade do time optar por um carro apenas a tempo inteiro e o segundo entrando nos eventos pré-selecionados do NAEC, com os irmãos Brian e Burt Frisselle a bordo. João Barbosa e Christian Fittipaldi formarão mais uma vez a dupla principal. Sébastien Bourdais assinou para competir as provas de Endurance.

Marsh Racing
Carro: Corvette DP
Pilotos: Eric Curran e Boris Said (#31)

Migraram da antiga divisão GT da Rolex Sports Car Series para os DPs da classe Prototypes do novo USCC, adquirindo um chassi Corvette DP (Coyote) da equipe Spirit of Daytona. O time de Ted Marsh terá Eric Curran e Boris Said a bordo, com um terceiro nome a ser definido para os eventos de longa duração do certame.

Extreme Speed Motorsports
Carro: HPD ARX-03b LMP2
Pilotos: Ryan Dalziel/Scott Sharp (#1) e Johannes van Overbeek/Ed Brown (#2)

Única equipe até aqui confirmada com protótipos LMP2, a ESM apresenta como novidade a contratação de Ryan Dalziel, que deixa de colaborar com a Starworks e a SRT Motorsports, como aconteceu neste ano. O escocês formará dupla com Scott Sharp no primeiro dos dois HPDs do time – que segue com o apoio da Tequila Patrón em 2014. Ed Brown e Johannes van Overbeek seguem no segundo carro. Três pilotos já assinaram para as corridas longas: o australiano David Brabham, o francês Simon Pagenaud e o veterano estadunidense Anthony Lazzaro.

Mike Shank Racing
Carro: Ford EcoBoost Riley DP
Pilotos: Oswaldo Negri/John Pew (#60)

A questão financeira definiu o futuro da Mike Shank Racing no novo certame USCC. A equipe optou por conter custos e vai com um carro apenas para a temporada 2014, dotado do novo motor Ford EcoBoost V6 Turbo, muito elogiado pelo brasileiro Oswaldo “Ozz” Negri, que permanece tendo como escudeiro o estadunidense John Pew. Outros nomes serão designados para as corridas de longa duração.

DeltaWing Racing Cars
Carro: DeltaWing DW13 Elan Coupé
Pilotos: Katherine Legge/Andy Meyrick (#0)

A equipe liderada por David Price já trabalha no DeltaWing equipado com os pneus Continental, obrigatórios pelo regulamento do USCC. O estranho carro, que ficou mais estranho ainda com a conformação Coupé, poderá ter mais de uma unidade nas pistas em 2014. Por enquanto, será um só – para Katherine Legge/Andy Meyrick.

SpeedSource Engineering
Carro: a definir, com motor Skyactiv-D
Pilotos: a definir

Em 2014, o Tudor United SportsCar Championship verá a volta da Mazda aos protótipos num esquema oficial atrelado à escuderia SpeedSource de Sylvain Tremblay. Serão dois chassis LMP2 – ainda não definidos – com motor Skyactiv-D 2,2 litros turbodiesel. O time não confirmou ainda os pilotos que farão parte da campanha do time no próximo ano.

Equipes a confirmar:

Conquest Endurance
Carro: a definir
Pilotos: a definir

Forçada a deixar as pistas em 2013 após competir com um Morgan LMP2 na ALMS durante o ano passado, a Conquest Racing do belga Eric Bachelart planeja seu regresso às pistas na próxima temporada. Têm como opções os chassis Oreca, Morgan ou Zytek para andar com um motor Nissan V8. Como “plano B”, a equipe poderá só aparecer nos eventos pré-selecionados do NAEC.

Pecom Racing
Carro: Oreca 03 Nissan LMP2
Pilotos: a definir

O time do argentino Luis Perez-Companc pode optar por disputar o USCC inteiro ou apenas as principais provas longas (Daytona, Sebring e Petit Le Mans) do NAEC. A decisão de trocar o WEC pelo certame estadunidense ainda não foi tomada.

8Star Motorsports
Carro: Corvette DP ou um protótipo LMP2 a definir
Pilotos: a definir

A escuderia do venezuelano Enzo Potolicchio deve rever seus esforços no USCC por questão de custos. O time estuda a possibilidade de se concentrar só na categoria PC ou então alinhar um carro apenas – e não dois – na divisão Prototypes, podendo ser um Corvette DP apenas ou um carro dentro do regulamento técnico LMP2. No teste em Daytona, a brasileira Bia Figueiredo conheceu o carro do time sediado em Pompano Beach, dividindo-o com o colombiano Gustavo Yacamán, com bom desempenho.

Starworks Motorsport
Carro: a definir
Pilotos: a definir

Outra escuderia cuja participação está em dúvida pela questão financeira e pelo custo alto de transformação dos atuais DPs dentro do novo Balance of Performance para o USCC, a Starworks de Peter Baron cogita a hipótese de executar o seu programa com um protótipo LMP2, de custo menos elevado. E não está descartada a passagem para os Oreca da classe PC, a tempo inteiro.

Dyson Racing
Carro: a definir
Pilotos: a definir

O time de Rob e Chris Dyson gostaria de efetuar uma associação com uma escuderia e competir no USCC com um protótipo LMP2. Por enquanto, tudo isso não passa de especulação e as dúvidas acerca da participação da equipe em 2014 continuam grandes.

Project Libra
Carro: Radical SR9 Ford Roush Yates
Pilotos: Robbie Kerr/Nicolas de Crem (#15)

Mais uma vez a perserverante equipe Project Libra reaparece para mais uma tentativa de oferecer um mínimo de competitividade ao chassi Radical SR9 construído na Inglaterra e montado com um motor Ford Yates V6 3,2 litros biturbo. O carro esteve presente aos testes em Sebring e Daytona, com resultados dentro das pífias expectativas de um conjunto até hoje fraco. Os pilotos foram Robbie Kerr e o belga Nicolas de Crem.

Delta-ADR
Carro: Oreca 03 Nissan LMP2
Pilotos: a confirmar

Após fechar um acordo com o fundo Millenium Development, do Oriente Médio, a Delta-ADR garantiu sua participação no WEC em 2014 com dois carros, além de apresentar um ambicioso plano de expansão de atividades, com a presença da equipe em algumas provas pré-selecionadas do Tudor United SportsCar Championship – alinhando, claro, um Oreca Nissan LMP2. Contudo, poderão correr somente em Daytona, na abertura do NAEC e da temporada completa, em parceria com a Action Express, dando suporte e pilotos para o Corvette DP #9 do time estadunidense. A conferir.

Equipes que vão disputar apenas o NAEC:

Gainsco/Bob Stallings Racing
Carro: Corvette DP
Pilotos: Alex Gurney/Jon Fogarty (#99)

Para tristeza dos fãs do “Red Dragon”,  o carro da Gainsco/Bob Stallings não participará de toda a temporada do USCC em 2014. A equipe decidiu por um calendário reduzido de provas, concentrando nas etapas do NAEC – Daytona, Sebring, Watkins Glen e Petit Le Mans. Considera-se a presença na corrida “caseira” do time de Bob Stallings em Austin, no Texas. Jon Fogarty e Alex Gurney estão confirmados ao volante do Corvette DP. Darren Law e Memo Gidley vão colaborar com o time, pelo menos na abertura do campeonato.

Highway To Help
Carro: BMW Dinan Riley DP
Pilotos: Jim Pace/Byron Defoor (#50)

A equipe apadrinhada pelo roqueiro Brian Johnson, vocalista da lendária banda AC/DC, deve aparecer pelo menos nas corridas do North American Endurance Challenge, com o suporte da Alegra Motorsports. Nos testes em Daytona, o carro foi visto com Jim Pace e Byron Defoor a bordo. Outros nomes devem participar na abertura do campeonato no fim de janeiro de 2014, caso a inscrição da Highway To Help, que lidera uma campanha de arrecadação de fundos para combater o Mal de Alzheimer, seja aceita.

OAK Racing
Carro: Morgan Nissan LMP2
Pilotos: a confirmar

O time francês capitaneado por Jacques Nicolet apresentou formalmente suas intenções em disputar as 24 Horas de Daytona e as 12 Horas de Sebring, pelo menos, com até dois protótipos Morgan Nissan LMP2. A situação logística do time, uma vez que os carros estão a caminho do Bahrein para a última prova do WEC, deve implicar na decisão de disputar – ou não – as primeiras corridas longas do ano. A IMSA também precisa dar seu aval para que a OAK Racing possa participar em Daytona e Sebring.

Greaves Motorsport
Carro: Zytek Z11SN Nissan LMP2
Pilotos: a definir

O time britânico capitaneado por Jacob Greaves estudava a possibilidade de ingressar no USCC em 2014 com um protótipo LMP2, o Zytek Z11SN com motor Nissan, mas os planos foram por água abaixo, pois os pilotos que cacifariam suas vagas no time não estão satisfeitos com o regulamento técnico do Tudor United SportsCar Championship. A equipe sequer disputará as 24h de Daytona e só será vista, se a IMSA permitir, em Sebring. Por enquanto…

Classe Prototype Challenge

Equipes confirmadas:

CORE Autosport
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: a confirmar (#05)

A escuderia de Jonathan Bennett deve dar continuidade ao seu projeto com os Prototype Challenge, tal qual fazia na ALMS, desta vez no USCC, com um único carro. O próprio Bennett candidata-se para ser um dos pilotos. Tom Kimber-Smith e Colin Braun estão cotados.

PR1/Mathiasen Motorsports
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: a confirmar (#52)

O time de Bobby Oergel tem planos de alinhar dois protótipos Oreca FLM09 no próximo ano, uma vez que após muito esforço, conseguiram adquirir um segundo chassi. Mas com um teto de 10 carros para esta classe em 2014, pode ser que tudo tenha sido em vão. Caso não tenham possibilidade de pôr dois bólidos na pista, permanecerão com um só no ano que vem.

BAR1 Motorsports
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: a confirmar

A BAR1 Motorsports vive a expectativa de tentar repetir em 2014 no USCC o bom desempenho alcançado neste ano na ALMS. O time chefiado por Brian Alder correu com dois carros na extinta LMPC na última temporada e teve ótimo desempenho, especialmente com o duo formado por Chris Cumming e Kyle Marcelli. Contudo, a escuderia já entrará no próximo ano desfalcada: Cumming fechou com a RSR Racing e Marcelli vai andar de Porsche, na Mühlner Motorsports America.

RSR Racing
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: Bruno Junqueira/Duncan Ende (#09) e Chris Cumming/Gustavo Menezes

A RSR Racing, de John e Paul Gentilozzi, confirmou que disputa a próxima temporada do Tudor United SportsCar Championship com dois carros. O brasileiro Bruno Junqueira está mantido ao lado de Duncan Ende e o francês Tristan Vautier, sem lugar – por enquanto – na Fórmula Indy, já assinou para as provas do NAEC. O segundo carro está praticamente certo para Chris Cumming e Gustavo Menezes – que apesar do nome bem tupiniquim é nascido em Coto de Caza, na Califórnia, tendo construído toda sua carreira de kartista e piloto de competição nos EUA. Neste ano, ele chegou em 4º lugar no Campeonato Alemão de Fórmula 3.

Performance Tech Motorsports
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: Charlie Shears/a confirmar (#38)

Após uma boa temporada em 2013, a Performance Tech Motorsports tem planos mais ambiciosos para o próximo ano no USCC. A escuderia chefiada por Brent O’Neill permanece com um único carro e apenas Charlie Shears está confirmado. Nos testes de pré-temporada, a equipe deu chance a Jon Brownson e trouxe de volta Jarrett Boon e o brasileiro Rafa Matos, bastante cotado para correr pelo menos nas 24h de Daytona por sua experiência no circuito e pelas boas relações que construiu com o time.

Muscle Milk Pickett Racing
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: Steven Doherty/Brian Heitkötter (#12)

A Muscle Milk Pickett Racing deu uma guinada radical em seus planos para 2014 e vai disputar o Tudor United SportsCar Championship – por enquanto – apenas na divisão Prototype Challenge, com um carro apenas. Brian Heitkötter e Steven Doherty foram os pilotos que treinaram em Sebring, mas podem haver mudanças na formação do time até antes do início do campeonato, em Daytona.

8Star Motorsports
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: Enzo Potolicchio/Sean Rayhall (#25)

Têm planos de fazer a temporada do USCC na divisão principal também, a exemplo da Prototype Challenge, porém se houver problema com relação a orçamento, a chance de concentrarem esforços na PC é bastante grande. Fizeram ótima estreia com o carro Oreca FLM09 na última corrida da ALMS, em Road Atlanta, com participação do brasileiro Oswaldo Negri. O jovem Sean Rayhall deve disputar todo o campeonato em 2014 ao lado do piloto-patrão Enzo Potolicchio.

Level 5 Motorsports
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: a confirmar

Scott Tucker tinha comprado três novos chassis Oreca FLM09 para regressar à classe onde sua escuderia começou as atividades na extinta American Le Mans Series. E mesmo cogitando entrar na LMP1 do WEC em 2014, o piloto-patrão confirmou a intenção de inscrever dois carros para o campeonato completo do Tudor United SportsCar Championship. A equipe entra na competição no próximo ano com o esquema “Customer Client”.

Equipes a confirmar:

Starworks Motorsport
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: Isaac Tutumlu/a definir (#7)

A exemplo da 8Star Motorsports, o time de Peter Baron ressente-se de restrições orçamentárias para definir onde concentrará esforços no USCC em 2014. Caso seja gorada a hipótese de envolvimento na divisão principal do certame, poderão investir pesado na PC. Estrearam com um carro desta divisão no COTA, em Austin, com bom desempenho. O espanhol de origem curda Isaac Tutumlu já é o primeiro piloto confirmado para o ano que vem.

JDC-Miller Motorsports
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: a definir

Oriunda das competições do certame Cooper IMSA Lites Prototype Championship e do estado de Minnesota, a JDC-Miller Motorsports tem planos de disputar a primeira temporada do Tudor United SportsCar Championship com um carro na classe PC. Deverão começar sua campanha no certame de 2014 apenas em março, nas 12 Horas de Sebring.

Woodard Racing Organisation
Carro: Oreca FLM09 Chevrolet
Pilotos: a definir

A escuderia britânica de Daniel Woodard tem pretensões de disputar a temporada completa do USCC com pelo menos um carro. Estão prospectando patrocinadores para fechar o orçamento e devem divulgar os planos de participação no certame muito em breve.

Anúncios

4 respostas em “Silly season USCC 2014: equipes de protótipos (atualizado)

  1. Gostaria muito de ver os carros LMP2 descerem o pau nos DP, mas acho difícil isso acontecer nos usa até porque pelo visto a idéia é que daqui a alguns anos fique cada vez menos competitivos os P2 que é pra todo mundo comprar os DP que eles não são bestas né ? E ainda vão querer levar os DP pra Le Mans então o projeto é longo.

    Se atendo ao comentário das equipes eu acho que o Ganassi vai sentir falta do Montoya e dos pilotos da BMW nas provas de longa duração. Por outro lado, eu acho possível a participação do Tony Kanaan no 2º carro do time.

    • Isso é o de menos. É só botar TK, Dixon e “a confirmar” (normalmente seria o Franchitti) no carro 02 e o Rojas, Pruett e Kimball no 01. Claro que infelizmente iriam perder as tetas de ter dois pilotos BMW como o Dirk Muller e o Joey Hand. Mas nem por isso irão perder em performance.

  2. Depois dos acidentes nos primeiros treinos com os DP’s acho que eles deveriam reconsiderar as equalizações feitas…pois de nada adianta aumentar a performance deles se não garantir a segurança dos pilotos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s