Batido o martelo: F-1 com 19 etapas; Brasil é penúltima corrida

formel-1-2013-nuerburgring-start-414

RIO DE JANEIRO – O Conselho Mundial da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) reuniu-se hoje e bateu o martelo: a temporada 2014 do Campeonato Mundial de Fórmula 1 terá 19 etapas, três a menos que as 22 anteriormente anunciadas.

Além da Índia, que já tinha caído fora no primeiro calendário divulgado, saem do mapa a Coreia do Sul (ainda bem), o GP do México e o GP das Américas, que seria nas ruas de Nova Jersey. Os mexicanos alegaram não ter tempo hábil para a preparação do evento e esperam ser incluídos novamente num calendário definitivo em 2015.

Como novidades, a adição do Bahrein ao ciclo de corridas noturnas. A etapa em Sakhir será mais ou menos semelhante ao que foi o WEC nestes dois últimos anos, começando com o sol se pondo e terminando às escuras, com iluminação artificial – como já acontece em Cingapura e Abu Dhabi. Também teremos o regresso da Áustria e a estreia da Rússia, no circuito de Sochi.

O Brasil, como já se sabia, não sediará mais a última etapa do campeonato. O único evento sul-americano do calendário terá vez em 9 de novembro, em Interlagos – que provavelmente não terá a tão prometida reforma de paddock e infra-estrutura, prevista para o ano que vem. O campeonato acaba em Abu Dhabi e terá início no GP da Austrália, em Melbourne, no dia 16 de março.

Eis as datas:

16/03 – GP da Austrália (Melbourne)
30/03 – GP da Malásia (Sepang)
06/04 – GP do Bahrein (Sakhir) (*)
20/04 – GP da China (Xangai)
11/05 – GP da Espanha (Barcelona)
25/05 – GP de Mônaco (Monte-Carlo)
08/06 – GP do Canadá (Montreal)
22/06 – GP da Áustria (Red Bull Ring)
06/07 – GP da Inglaterra (Silverstone)
20/07 – GP da Alemanha (Hockenheim)
27/07 – GP da Hungria (Hungaroring)
24/08 – GP da Bélgica (Spa-Francorchamps)
07/09 – GP da Itália (Monza)
21/09 – GP de Cingapura (Marina Bay) (*)
05/10 – GP do Japão (Suzuka)
12/10 – GP da Rússia (Sochi)
02/11 – GP dos EUA (Austin)
09/11 – GP do Brasil (Interlagos)
23/11 – GP de Abu Dhabi (Yas Marina) (*)

(*) Corridas noturnas

Anúncios

8 respostas em “Batido o martelo: F-1 com 19 etapas; Brasil é penúltima corrida

    • Não. A pista de Valência não reúne mais condições. Procure no google e veja por fotos como está a situação das instalações.

      • Mas o circuito Ricardo Tormo – aquele que é usado na MotoGP – não poderia ser usado na F1?

      • Não sei. Não deve haver interesse da prefeitura de Valência e muito menos do Bernie Ecclestone.

  1. Ótimo ver o retorno da Áustria ao círculo da F1. E essas corridas noturnas são legais de assistir.

    Gostaria de ver o retorno de Ímola e Magny-Cours (ou algum outro circuito francês) ao calendário e a saída de Hungaroring (o circuito mais chato da temporada) e Yas Marina.

  2. Se for pra buscar um circuito francês que seja Paul Ricard, já que Magny-Cours também era enfadonho, assim como Imola pós 1994. Podiam era trazer a Turquia de volta, mas vovô Bernie só pensa em dinheiro, nada mais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s