Mais uma para a conta do Team Black Falcon

11354823814_15f2bc0e52_o

RIO DE JANEIRO – O Team Black Falcon é um dos mais vitoriosos em provas de Endurance neste ano de 2013. Campeões em Dubai e em Nürburgring, os alemães ganharam mais uma para a conta: o trio formado por Jeroen Bleekemolen/Khaled Al Qubaisi/Bernd Schneider venceu nesta sexta-feira mais uma edição das 12h de Abu Dhabi, realizadas no circuito de Yas Marina, nos Emirados Árabes Unidos.

Vinte e um carros deram a largada hoje para a corrida, disputada em duas séries de seis horas, com um intervalo de três horas entre um trecho e outro, para reparos. Na primeira parte, quem levou a melhor foi a Ferrari F458 número #1 da atual campeã das 12h de Abu Dhabi, a AF Corse. Steve Wyatt/Michele Rugolo/Marco Cioci fecharam a primeira bateria com vantagem de 53 segundos sobre o trio da “Merça” número #3.

O Bentley Continental GT3 da equipe M-Sport fez ótima prova na primeira parte da corrida e chegou em terceiro, seguido da Ferrari #11 da Kessel Racing, tripulada por Daniel Zampieri, Michael Bronizsewski e pelo brasileiro Cesar Ramos.

Na classe GTX, o Ginetta G50 da Nova Race, capitaneado pelo italiano Matteo Cressoni, conseguiu fechar as primeiras seis horas no top 10, melhor que qualquer um dos Wolf GB08 inscritos – o mais bem-colocado deles terminou em 15º lugar.

Para a segunda fase da disputa, 19 carros alinharam. Não largaram o #97 da BF Motorsport e a Ferrari F458 GT3 #8 da Dragon Racing. E mais outros competidores ficariam pelo caminho.

Com uma resistência insuspeita, a “Merça” sobressaiu-se diante da Ferrari da AF Corse e liderou toda a segunda parte das 12h de Dubai sem ser incomodada em momento algum. Schneider/Bleekemolen/Al Qubaisi venceram com um minuto e 42 segundos de vantagem sobre Wyatt/Cioci/Rugolo.

11349066843_2a96fb8804_c

A Ferrari #11 da Kessel reverteu a vantagem inicial do Bentley Continental da M-Sport e assim o trio formado por Zampieri, Bronizsewski e Cesar Ramos conquistou o pódio geral com o 3º lugar, deixando Guy Smith, Steven Kane e Andy Meyrick com a quarta colocação.

Com um McLaren MP4-12C GT3, Michael Wainwright/Rob Bell/Adam Carroll mantiveram a quinta posição que já tinham conquistado na primeira parte da disputa, cabendo o sexto posto a Eric Dermont/Franck Perera/Grégory Gulivert, com o Porsche da Pro GT by Almeras.

11350739333_16d23d2f9a_c

A Nova Race confirmou ao fim da disputa o 10º lugar geral e a vitória na divisão GX, com o carro guiado por Matteo Cressoni/Tommy Lindroth/Tiziano Cappelletti/Giampiero Cristoni, seguido pelo #92 da Optimum Motorsport e o #90 da Nova Race. Todos Ginetta G50 GT4. Nenhuma alteração também entre os protótipos CN, com o Wolf GB08 #95 da Avelon Formula recebendo a quadriculada em 15º lugar, sessenta e oito voltas atrasado em relação aos vencedores.

O resultado final das 12h de Abu Dhabi:

1º #3 Jeroen Bleekemolen/Khaled Al Qubaisi/Bernd Schneider
Team Abu Dhabi by Black Falcon Mercedes SLS AMG GT3
308 voltas

2º #1 Marco Cioci/Steve Wyatt/Michele Rugolo
AF Corse Ferrari F458 Italia GT3
a 1’41″985

3º #11 Daniel Zampieri/Michael Bronizsewski/Cesar Ramos
Kessel Racing Ferrari F458 Italia GT3
307 voltas

4º #7 Guy Smith/Andy Meyrick/Steven Kane
Team M-Sport Bentley Continental GT3
306 voltas

5º #9 Michael Wainwright/Adam Carroll/Rob Bell
Gulf Racing UK McLaren MP4-12C GT3
305 voltas

6º #34 Franck Perera/Eric Dermont/Grégory Gulivert
Pro GT by Almeras Porsche 911 (997) GT3-R
301 voltas

7º #69 Stuart Hall/Fréderic Fatien/Roald Goethe
Gulf Racing UK Lamborghini Gallardo LP600+ GT3
295 voltas

8º #44 Daniel Allemann/Ralf Böhn/Ilya Melknov
MRS-GT Racing Porsche 911 (997) GT3 Cup
293 voltas

9º #15 Aleksandr Skyrabin/Alessandro Pier Guidi/Matteo Bobbi
Kessel Racing/Slam Stop Motorsport Ferrari F458 GT3
277 voltas

10º #91 Giampiero Cristoni/Matteo Cressoni/Tiziano Cappelletti/Tommy Lindroth
Nova Race Ginetta G50 GT4 GTX
277 voltas

Anúncios

Uma resposta em “Mais uma para a conta do Team Black Falcon

  1. Pra variar né ? Quando se tem Bernd Schneider no carro aí agrega muito a equipe. E ainda por cima você tem o Jeroen Bleekemolen que é muito rápido em qualquer carro que anda. Pra fechar tudo, o DESbalanço de Performance esse ano foi todo em prol das Mercedes que a gente viu que tem uma força muito grande mundialmente falando fazendo a FIA punir até a Ferrari na F1 pra favorecer a Mercedes. De positivo, o Bentley terminou sua primeira corrida o que é sempre bom pra poder desenvolver mais o carro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s