Vitória da Tumiate Racing nas 500 Milhas de Londrina

13870664183494

RIO DE JANEIRO –  Os favoritos sucumbiram. E a Tumiate Racing riu por último na 22ª edição das 500 Milhas de Londrina, que acabaram na noite deste sábado. Após 263 voltas e 6h26min de disputa, venceu o protótipo Spyder Race número #38 pilotado por Oswaldo Ferreira e Aloysio Moreira – que é um dos que organizam a corrida e desempenhou duplo papel, fechando de forma positiva um evento marcado pela morte de Robson Kölling num dos treinos livres de ontem.

A corrida teve 30 carros na largada, às 16h de Brasília. E logo a disputa começou atribulada. O Volkswagen Gol 2 litros de Beto Cazuni/Algacir Sermann/Beto Baú vazou óleo logo após a bandeira verde, melecando o asfalto a ponto do Safety Car ser convocado para liderar o pelotão nas primeiras voltas. O carro perdeu várias voltas nos boxes e, após um longo reparo, voltou à disputa, abandonando mais tarde.

Pole position, o protótipo MRX #65 de Nilson Cintra/José Ribeiro liderou nas voltas inciais. Mas logo o carro foi alijado da disputa pela vitória em razão de um problema com o tanque de combustível. A dupla perdeu 42 voltas e depois sucumbiu a outra quebra, abandonando a disputa também.

13870566856755

Outro protótipo MRX, desta feita o #80 de Alexandre Finardi/Nelson Silva Jr., herdou a primeira colocação, seguido por Oswaldo Ferreira/Aloysio Moreira. E teria sido assim até a quadriculada, se a dupla líder não enfrentasse uma quebra na suspensão traseira. O carro parou nos boxes para reparos e aí a corrida – que estava praticamente ganha pelo time chefiado por Ubiratan Jacobsen, ficou à feição pro #38 chegar na frente.

No fim da corrida, Finardi e Nelsinho conseguiram descontar uma das quatro voltas perdidas e acabaram em 2º lugar, três voltas atrás. A 3ª colocação foi de mais um protótipo Spyder Race, guiado por Cláudio Simão/Vinícius Simão/Bley Júnior, que completaram 251 voltas no total.

O piloto de Fórmula Truck Jansen Bueno teve boa participação a bordo de um Spyder Race dividido com o catarinense Leomar Fendrich Jr,, chegando na quarta posição, primeira na categoria III, onde Peter Feter/Leo Yoshi vieram logo na sequência.

1387059650541

Com oito protótipos entre os dez primeiros na geral, o melhor – e único – carro Grã-Turismo na quadriculada foi a Ferrari #81 de Marcos Ramos/José Córdova/Marcelo Karam, que apesar de problemas enfrentados ao longo da disputa, chegaram em oitavo lugar na geral. O valente Volkswagen Gol de Rodrigo Bonora/Fernando Miranda/Rodrigo Gil fechou a disputa em 9º e levou o título na categoria IV.

Na categoria V, o Gol de Márcio Yamagawa/Lucas Inoue/Eduardo Aguida/Rodrigo Pfeiffer confirmou o favoritismo após o melhor tempo do grupo na classificação e chegou à frente ao fim da disputa, com 230 voltas e a décima-primeira posição na geral.

O índice técnico da corrida foi bastante bom em 2013. Apenas oito dos 30 que largaram não receberam a quadriculada. Mesmo após uma batida durante a disputa, o MR-1 que tinha entre os pilotos o governador do Paraná Beto Richa superou as dificuldades e terminou em 25º lugar.

O resultado final das 500 Milhas de Londrina:

1º #38 Oswaldo Ferreira/Aloysio Moreira
Protótipo Spyder Race – categoria II
263 voltas em 6h26’02″522

2º #80 Alexandre Finardi/Nelson Silva Jr.
Protótipo MRX – Categoria I
260 voltas

3º #58 Cláudio Simão/Vinícius Simão/Bley Jr.
Protótipo Spyder Race – categoria II
251 voltas

4º #77 Leomar Fendrich Jr./Jansen Bueno
Protótipo Spyder Race – categoria III
248 voltas

5º #44 Peter Feter/Leo Yoshi
Protótipo Spyder Race – categoria III
246 voltas

6º #55 Beto Borghesi/Pipo Cardoso
Protótipo Spyder Race – categoria II
241 voltas

7º #3 Marcos Marcondes/Cláudio Leoni
Protótipo Spyder Race – categoria III
240 voltas

8º #81 Marcos Ramos/José Córdova/Marcelo Karam
Ferrari F430 Challenge – categoria I
236 voltas

9º #46 Rodrigo Bonora/Fernando Miranda/Rodrigo Gil
Volkswagen Gol – categoria IV
233 voltas

10º #73 Paulo Totaro/Ralf Pufleb
Protótipo Spyder Race – categoria III
231 voltas

Fotos: Divulgação

Anúncios

3 respostas em “Vitória da Tumiate Racing nas 500 Milhas de Londrina

  1. Não entendi o porquê do Chico Longo ter tirado a Ferrari 458 de cena devido ao acidente de sábado… A corrida não teve contratempos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s