Roar Before The Rolex 24: Corvettes dominam primeiro dia de treinos

marshallpruett_roar_before_the_524887

RIO DE JANEIRO – Como previsto, os antigos Daytona Prototypes da Rolex Sports Car Series deram as cartas no Daytona International Speedway durante o primeiro dia de treinos para o Roar Before The Rolex 24, preparatórios para a abertura da temporada 2014 do Tudor United SportsCar Championship.

Mais cedo, o Corvette DP #5 da Action Express foi o mais veloz da sessão inaugural, com a marca de 1’38″630 – tempo que não foi superado à tarde, quando a melhor marca foi de outro Corvette DP – no caso o #90 da Spirit of Daytona, que já tem confirmados três pilotos para a corrida inaugural – Michael Valiante, Richard Westbrook e o campeão de 2013 no DTM Mike Rockenfeller.

O carro azul fechou o treino virando em 1’38″898, apenas trinta milésimos abaixo do #5 da AXR. A terceira marca da sessão da tarde foi do #99 da Gainsco-Bob Stallings Racing, que não disputará toda a temporada, concentrando-se somente nos eventos de Endurance. Partilhado por Memo Gidley/Darren Law/Alex Gurney/Jon Fogarty, o Corvette DP fez 1’39″286.

A boa surpresa foi o quarto tempo do HPD ARX-03b LMP2 da Extreme Speed Motorsports, graças a um excelente trabalho do experiente David Brabham. O filho do velho tricampeão de F-1 Jack Brabham cravou a melhor volta do carro em 1’40″006. O parâmetro entre o DP mais rápido e os protótipos do regulamento IMSA/ACO melhorou favoravelmente em um segundo de um treino para outro. A priori, parece que as diferenças não serão tão gritantes quanto se pensava – mas isso também depende do potencial do piloto que estiver a bordo, claro.

marshallpruett_roar_before_the_524763

Após o carro de Brabham/Sharp/Dalziel, o segundo LMP2 na folha de tempos veio com o 9º tempo – no caso, o Morgan Nissan de Olivier Pla/Roman Rusinov/Gustavo Yacamán. Esse protótipo veio logo depois do Riley Ford EcoBoost da equipe Chip Ganassi Racing que teve Tony Kanaan a bordo. A equipe anunciou hoje, de forma oficial, as tripulações de seus dois carros para as 24 Horas – Scott Pruett e Memo Rojas terão a companhia de Jamie McMurray e da revelação Sage Karam, campeão da Indy Lights. O brasileiro dividirá o #02 com Marino Franchitti, Scott Dixon e Kyle Larson.

O #60 da Mike Shank Racing teve um dia difícil. Com muitos problemas, o Riley Ford EcoBoost de Ozz Negri, John Pew, Justin Wilson e AJ Allmendinger teve que encerrar os trabalhos mais cedo em virtude de problemas com um eixo de transmissão rompido. Pior que eles, só mesmo os protótipos Mazda Skyactiv-D, que ainda precisam de desenvolvimento e pouco andaram: o #07 de Tristan Nunez/Joel Miller/Tom Long foi o último na folha de tempos do segundo treino e o #70, do patrão-piloto Sylvain Tremblay acidentou-se mais cedo e passou toda a segunda sessão de treinos na garagem, sendo reconstruído para regressar à pista sábado.

marshallpruett_roar_before_the_524631

Entre os carros da divisão Prototype Challenge, a honra do melhor tempo do segundo treino coube ao #87 da BAR1 Motorsports partilhado por Chapman Ducote, Doug Bielefeld e pelo novo contratado de Brian Alder, o promissor Sean Rayhall. O carro ficou com o 15º tempo geral à tarde – 1’43″322, pouco mais de quatro segundos pior que o Corvette líder.

marshallpruett_roar_before_the_524691

Com três brasileiros – Júlio Campos, Gabriel Casagrande e Raphael Matos – se revezando com Jon Brownson e Ryan Booth, o #38 da Performance Tech conseguiu a segunda marca da subclasse, apenas 0″020 pior que o bólido da BAR1 e um décimo abaixo do #25 da 8Star Motorsports, que foi conduzido por Tom Kimber-Smith e Enzo Potolicchio. Em quarto ficou o #54 da CORE Autosport e o #52 da PR1 Mathiasen marcou o quinto melhor tempo do treino. As equipes RSR e Level 5 Motorsports, embora inscritas, não apareceram no Roar Before The Rolex 24, cabendo os últimos tempos da divisão à Starworks de Peter Baron.

marshallpruett_roar_before_the_524747

Entre os bólidos da GTLM, o Corvette C7-R começou muito bem de manhã, mas quem fechou à frente foi um dos Porsche oficiais de fábrica da Porsche North America, com a supervisão da CORE Autosport. O #911 figurou no topo da folha de tempos com um convincente 1’45″564, deixando para trás não só os Vettes como também os dois SRT Viper. O #91 de Dominik Farnbacher/Marc Gossens/Ryan Hunter-Reay ficou quase meio segundo acima do tempo do Porsche, enquanto o #93 de Kuno Wittmer/Jonathan Bomarito/Rob Bell veio logo a seguir. Os dois Vettes viraram na casa de 1’46” e ficaram respectivamente em quarto e quinto.

marshallpruett_roar_before_the_524655

Por fim, na numerosa classe GTD, quem riu por último hoje foi o Audi #45 da Flying Lizard Motorsports. O carro que será conduzido por Nelson Canache Jr./Spencer Pumpelly/Markus Winkelhock/Tim Pappas registrou 1’47″981, quase meio segundo abaixo do Porsche #71 de Craig Stanton/Jim Norman/Norbert Siedler. Outros dois Audi R8 LMS, das escuderias GMG e Fall-Line vieram logo a seguir, com o SRT Viper GT3-R em quinto e o Porsche #28 da Dempsey-Konrad em sexto. Ainda em busca de quilometragem, a BMW Z4 GT3 da Turner Motorsport que terá o brasileiro Augusto Farfus na tripulação ficou com o 25º tempo do grupo, 55º na geral.

marshallpruett_roar_before_the_524759

Neste sábado, os carros voltam ao Daytona International Speedway para quatro períodos de treinos coletivos das máquinas do Tudor United SportsCar Championship. A última sessão, inclusive, terá um trecho noturno.

Os tempos da segunda sessão de treinos estão aqui.

Fotos: Marshall Pruett/Racer Magazine

Anúncios

13 respostas em “Roar Before The Rolex 24: Corvettes dominam primeiro dia de treinos

  1. Cara, a Turner tem que aproveitar o máximo a presença do Farfus! Colher todo tipo de informação, acerto… Deixar ele sentar o dia inteiro de sábado pra acertar esse Z4! Não dá pra ficar tomando mais de 1 segundo como tá tomando! No mais to feliz com a competitividade entre DP´s e LMP2´s! Temos que dar o braço a torcer a IMSA (tá de parabéns mesmo), apesar de ainda preferir que as categorias deveriam ser separadas!

  2. Até que está equilibrado, na medida do possível, a perfórmance entre os DP’s e os LMP2. Boto fé na melhora deles, e também nos Ford Riley novos, apesar de estarem tomando tempo dos Corvettes, acho que vão evoluir e na corrida vão incomodar bastante…principalmente o #02 com Kanaan.

    • Hoje, no primeiro treino livre, os LMP2 melhoraram ainda mais e a diferença foi ainda menor. O que me chama a atenção é o número 5 da Action Express: foi bem em todos os treinos.

  3. Será que não é o caso de após o Roar a IMSA liberar um pouco mais o restritor de ar dos LMP2 para poderem disputar pau a pau com os DP em Daytona ? Li em um gráfico que os DP nas retas estão até 10 milhas mais rápidos que os LMP2.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s