Roar Before The Rolex 24: McMurray coloca Ganassi na ponta

1517679_214198335432196_934316830_n

RIO DE JANEIRO – Sábado com quatro sessões de treinos livres no Roar Before The Rolex 24 no Daytona International Speedway. Será um dia de intensas atividades e os carros continuam seu desenvolvimento numa pista menos fria que na véspera. Ontem, os treinos começaram com 4º C de temperatura, melhorando progressivamente. Neste dia de hoje, equipes e pilotos estão trabalhando sob uma temperatura ambiente de 15º C, bem mais agradável.

Ontem os Corvettes DP andaram muito bem, mas hoje quem começa a pôr as manguinhas de fora são os protótipos Riley com motor EcoBoost V6 que, na opinião do brasileiro Oswaldo “Ozz” Negri, é um foguete. Aliás, a Mike Shank Racing tem preferido correr o risco de ver quebras agora do que na corrida – logicamente – para poder sanar os defeitos agora e trabalhar durabilidade e confiabilidade ao longo do fim de semana da corrida inaugural do Tudor United SportsCar Championship.

Após as duas primeiras sessões de hoje, o melhor tempo é do #01 da Chip Ganassi Racing, graças a Jamie McMurray, que cravou 1’38″980 em sua melhor volta, à tarde. O #90 da Spirit of Daytona tem, por enquanto, a segunda marca em 1’39″196, enquanto Brian Frisselle, no Corvette DP #9 alinhado pela Action Express Racing em parceria com a Millenium, fica com a terceira posição do dia em 1’39″343.

Mais cedo, o HPD ARX-03b LMP2 de David Brabham/Scott Sharp/Ryan Dalziel impressionou: o carro da Extreme Speed virou finalmente abaixo de 1’40” – 1’39″750, para ser mais exato, sendo meio segundo apenas pior que o Corvette #90. Um resultado animador para os que duvidaram que os carros com regulamento baseado nos preceitos do ACO/FIA ficariam muito atrás dos Daytona Prototypes – que realmente tiveram evoluções de mecânica, freios e aerodinâmica para 2014.

No treino à tarde, o melhor LMP2 foi o Morgan Nissan #42 da OAK Racing conduzido por Olivier Pla em sua volta mais rápida – 1’40″285. Sharp marcou 1’41″271 a bordo do #1 e Lucas Luhr, no Oreca Nissan #6 da Muscle Milk virou em 1’41″366. O DeltaWing fez boa figura à tarde, após não ter andado no primeiro treino de hoje: Andy Meyrick fez 1’41″372, 13º tempo geral.

dagys_-2014_222881

Entre os carros da Prototype Challenge, o #25 da 8Star Motorsports foi o mais rápido na parte da tarde, mas a melhor marca do dia – por enquanto, é do #8 da Starworks Motorsports, de Mirco Schultis, Renger Van der Zande e Eric Lux. A equipe de Peter Baron chamou a brasileira Bia Figueiredo para treinar com o #7, que dividirá com Isaac Tutumlu e Pierre Kaffer, visando uma participação com o time em Daytona. O carro #8 virou 1’42″010 mais cedo. Agora à tarde, o #25 cravou 1’42″575 e a terceira posição do grupo é de Colin Braun, com 1’42″861.

O carro #38 dos brasileiros Raphael Matos, Gabriel Casagrande e Júlio Campos, ficou com a 6ª melhor marca da subclasse, em 1’44″083, atrás do #52 da PR1 Mathiasen com James Kovacic e do #87 da BAR1 Motorsports, que teve outro recém-chegado aos testes, o venezuelano EJ Viso, por enquanto a pé na Fórmula Indy.

dagys_-2014_222719

Na GTLM, os dois treinos tiveram o Corvette C7-R número #3 na ponta. O carro de Antonio Garcia/Jan Magnussen/Ryan Briscoe fez sua melhor volta em 1’46″010, contra 1’46″157 do Aston Martin Vantage V8 de Darren Turner/Stefan Mucke/Pedro Lamy/Riche Stanaway/Paul Dalla Lana. O outro Vette, de Tommy Milner/Oliver Gavin/Robin Liddell, ficou em terceiro – 1’46″165.

Mesmo com a quarta e quinta posições por enquanto, os dois SRT Viper GTS-R não estão muito atrás da concorrência, andando constantemente dentro do mesmo segundo. As BMW Z4 GTE da equipe de Bobby Rahal é que começaram os treinos num patamar mais abaixo e hoje os Porsche 991 GT3 RSR da equipe oficial foram claramente poupados após a quebra do semi-eixo do #911 para as atividades do fim do dia, que incluem um treino noturno para melhor acerto dos carros e também um teste de faróis para melhor visibilidade dos pilotos na pista.

marshallpruett_roar_before_the_524639

A classe GTD tem, por enquanto, o Porsche #22 da Alex Job Racing na frente. O carro partilhado por Cooper MacNeil/Leh Keen/LP Dumoulin/Shane Van Gisbergen dominou a primeira sessão, mais cedo, e por enquanto o tempo de 1’48″269 não foi superado. Outro Porsche, o #28 de Rolf Ineichen/Klaus Bachler/Christian Englehart/Lance Willsey/Franz Konrad, apareceu bem também – fizeram o 2º tempo do grupo com 1’48″302, com Jim Norman/Craig Stanton/Norbert Siedler em terceiro.

Mais rápidos da véspera, os Audi ficaram respectivamente em quarto e quinto, com o #45 da Flying Lizard Motorsports adiante do #48 da Paul Miller Racing. Este último foi o carro mais rápido à tarde, com 1’48″535. A BMW #94 da Turner Motorsport, que tem entre seus pilotos o brasileiro Augusto Farfus, ficou com o pior tempo entre os carros da categoria no primeiro treino e na segunda sessão, embora não tenham melhorado o 1’50″550 da parte da manhã, Dane Cameron colocou o carro amarelo em 21º em sua classe.

Os tempos da terceira sessão estão aqui. E da quarta sessão, aqui.

Fotos: Rick Dole, John Dagys e Marshall Pruett

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s