Koba-San de volta à Fórmula 1

_51651640_kobayashi466

RIO DE JANEIRO – A Fórmula 1 está cada vez mais próxima de fechar o lineup de 22 pilotos para a temporada 2014. Falta só uma vaga porque, segundo os italianos da Autosprint, a Caterham fechou a contratação do japonês Kamui Kobayashi. O piloto de 27 anos ficou fora da última temporada e estava no Mundial de Endurance, correndo de Ferrari F458 Italia pela AF Corse na subcategoria LMGTE-PRO. E para alegria dos fãs que o chamam de “Mito”, ele está de volta.

Sacramentada a contratação de Kobayashi, isto significa que a última vaga será disputada a tapa por dois pilotos, o titular de 2013 Giedo Van der Garde e o sueco Marcus Ericsson, oriundo da GP2 Series. Um deles deve fazer parte da escuderia hoje dirigida por Cyril Abiteboul e Riad Asmat, na base do have money, I will race.

Um fator que pode ter influenciado na contratação de Kobayashi é a estreia de um novo regulamento, onde o favoritismo para o GP da Austrália, abertura do campeonato, será definido através dos testes de pré-temporada, uma vez que há anos a Fórmula 1 não usa motores turbo e os carros não serão tão semelhantes aos vistos nos últimos anos. E a equipe receberá os propulsores Renault – o que é uma garantia de confiabilidade, se os franceses mantiverem o nível de excelência demonstrado na construção dos propulsores de aspiração normal.

O novo CT04, projeto do designer Mark Smith, que já trabalhou nas equipes Jordan, Renault, Red Bull e Force India, deve ser apresentado a tempo de participar dos treinos de pré-temporada. Um piloto do naipe de Kobayashi, que tem 60 GPs no currículo e fez boas apresentações pela Toyota e principalmente na Sauber, não pode ser desprezado na atual conjuntura da Fórmula 1. Com certeza, ele acrescentará mais do que Charles Pic ou que qualquer outro piloto endinheirado que pudesse aspirar a um posto na categoria máxima.

Quem sabe aí a Caterham dá o grande salto, tira o pé da lama e marca o seu primeiro ponto no Mundial de Construtores?

A conferir.

Anúncios

8 respostas em “Koba-San de volta à Fórmula 1

  1. Esse cara sintetiza bem a atual(?) F1.O que importa é o dinheiro e influencia de padrinho.Talentos pra quê?Um pouquinho de habilidade e não fazer bobagem com um carro de outro planeta, ja é suficiente pra ser chamado de gênio.Mas o mundo não é perfeito e nem todos ganham um Redbull pra pilotar e se consagrar.Esse é um dos que se salva num mar de mediocres incensados.Pena que será num ¨poney maldito¨.Boa sorte Koba!

  2. Rodrigo,

    Concordo, e espero que ele já tenha algo amarrado para continuar em 2015, ano da volta dos motores Honda. Talvez na própria Caterham, que seria (apenas um chute) a segunda equipe empurrada pelos propulsores nipônicos…

    Abraço!

    Celso

  3. Bom retorno, lembro até hoje do X que ele deu no Jenson Button em uma das primeiras provas dele (não lembro qual era a etapa).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s