Despres fatura 12ª etapa; Coma se preserva e Barreda sofre acidente

14-b

RIO DE JANEIRO (atualizado 16h33) – A penúltima etapa do Rali Dakar trouxe mudanças profundas na classificação geral entre os motociclistas, pelo menos até o momento desta postagem. Com 349 km cronometrados entre El Salvador e La Serena, o percurso com muitas variações de altitude e dentro do Deserto do Atacama, foi mais um dos desafios propostos pelo ASO para a competição em 2014.

O francês Cyril Despres reinou absoluto na trilha. Venceu a especial com o tempo de 3h58min18seg, pouco mais de dois minutos adiante de Marc Coma. O espanhol, inclusive, optou pela troca do motor usado desde o início da competição para evitar uma quebra desnecessária. Acabou punido com um acréscimo de tempo de 15 minutos, o que diante dos 52 que tinha de vantagem para Joan Barreda, não se revelou uma desvantagem. O piloto da KTM continua com a situação sob controle: chegou em segundo na penúltima etapa, a 2min17seg do vencedor.

Para melhorar ainda mais a situação de Coma, o espanhol Joan Barreda Bort, que venceu quatro especiais e vinha numa sólida vice-liderança, sofreu uma queda durante a etapa de hoje e destruiu sua Honda CRF450. A muito custo, o piloto conseguiu chegar ao fim da especial: chegou a 2h29min15seg do vencedor. Com este resultado, ele cai da vice-liderança para o sétimo posto na geral. Após tantos acidentes sofridos no Rali Dakar, este lhe custou caro. Muito caro.

Voltando à etapa, o português Hélder Rodrigues chegou em 4º a 7min21seg de Despres. Como sua vantagem para o rival da Yamaha não era tão grande, o francês superou o piloto da Honda e ainda pode sonhar com um lugar no pódio – isto se Joan Barreda Bort perder mais horas a caminho de La Serena. Despres sobe por enquanto para 4º na geral.

Jordi Viladoms fechou em 5º e com a etapa ruim de Barreda, pode fechar o dia como o novo vice-líder geral, mas a quase duas horas de Coma. O chileno Daniel Gouet fez uma excelente etapa, chegando em 6º lugar a 9min52seg de Despres. Kuba Przygonski foi o 7º colocado, seguido por David Casteu, Ivan Jakes e Javier Pizzolito.

A espanhola Laia Sanz foi novamente muito bem: ela chegou em 12º lugar na etapa e está em 16º na classificação geral.

Classificação na 12ª etapa El Salvador-La Serena:

1º Cyril Despres (Yamaha) – 3h58min18seg
2º Marc Coma (KTM) – 4h00min35seg
3º Olivier Pain (Yamaha) – 4h04min11seg
4º Hélder Rodrigues (Honda) – 4h05min39seg
5º Jordi Viladoms (KTM) – 4h07min28seg
6º Daniel Gouet (Honda) – 4h08min10seg
7º Kuba Przygonski (KTM) – 4h09min03seg
8º David Casteu (KTM) – 4h09min21seg
9º Ivan Jakes (KTM) – 4h10min22seg
10º Javier Pizzolito (Honda) – 4h11min07seg

Classificação Geral:

1º Marc Coma – 52h40min16seg
2º Jordi Viladoms – 54h40min05seg
3º Olivier Pain – 54h50min32seg
4º Cyril Despres – 54h54min17seg
5º Hélder Rodrigues – 55h00min55seg
6º Kuba Przygonski – 55h17min39seg
7º Joan Barreda Bort – 55h45min10seg
8º Daniel Gouet – 55h57min26seg
9º Stefan Svitko – 56h33min01seg
10º David Casteu – 56h41min58seg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s