Tudor United SportsCar Championship: como são os carros

RIO DE JANEIRO – Continuando as postagens sobre o Tudor United SportsCar Championship, vamos mostrar no blog as especificações técnicas dos carros de cada uma das quatro categorias homologadas para o certame estadunidense de Endurance, para que os leitores entendam as diferenças existentes entre cada uma delas, no que compete à construção de chassis, potência, parte mecânica, dimensões, pneus e et cetera.

Vamos lá.

Classe Prototype

14_dp_rolex9

Velocidade máxima: estimada em 190 mph (306 km/h)
Potência: entre 450 e 600 HP
Distância entre-eixos: variável, com base na concepção dos protótipos
Peso: entre 900 e 1035 kg
Altura: variável, com base na concepção dos protótipos
Largura minima: 1,87 metro
Carros: Corvette DP, Riley DP, HPD ARX-03b, DeltaWing DWC13, Oreca 03, Morgan LMP2, Mazda SDR-14 (Lola B12/80)
Motores: Chevrolet V8 5 litros, Dinan-BMW V8 5 litros, Ford EcoBoost V6 Turbo 3,5 litros, Honda V6 Turbo 2,8 litros, Nissan V8 4,5 litros, Elan 4 cilindros Turbo 1,9 litros, Mazda Skyactiv-D 4 cilindros Turbo 2,2 litros
Combustível: Racing Fuel VP E-10 e Diesel
Câmbio: Livre procedência, de 6 marchas com acionamento paddleshift
Pneus: Continental
Chassis: Monocoque em fibra de carbono ou Tubos de aço com gaiola de proteção integral
Suspensão: Dianteira e traseira com molas independentes e braço oscilante superior e inferior
Controle de tração: autorizado

Classe Prototype Challenge

14_dpc_rolex38

Velocidade máxima: estimada em 175 mph (282 km/h)
Potência: 430 HP
Distância entre-eixos: variável, com base na concepção dos protótipos
Peso: 900 kg
Altura mínima: 1,01 metro
Largura mínima: 1,87 metro
Carro: Oreca FLM09
Motor: Chevrolet LS3 V8 6,2 litros
Combustível: Racing Fuel VP E-10
Câmbio: X-Trac, de 6 marchas com acionamento paddleshift
Pneus: Continental
Chassis: Fibra de carbono
Suspensão: dianteira e traseira com molas independentes e braço oscilante superior e inferior
Controle de tração: não autorizado

Classe GT Le Mans (GTLM)

14_gt_rolex57

Velocidade máxima: estimada em 180 mph (285 km/h)
Potência: 500 HP
Distância entre-eixos: variável, com base na concepção dos carros de série
Peso: 1.245 kg
Altura mínima: variável, com base na concepção dos carros de série
Largura mínima: 2 metros
Carros: Aston Martin Vantage V8, BMW Z4 GTE, Chevrolet Corvette C7-R, Ferrari F458 Italia, Porsche 911 (991) GT3 RSR, SRT Viper GT-R
Motores: Aston Martin V8 4,5 litros, BMW V8 4 litros, Chevrolet Small Block V8 5,5 litros, Ferrari V8 4,5 litros, Porsche Flat-6 4 litros, Viper V10 8,4 litros
Combustível: Racing Fuel VF E-85C
Câmbio: Livre procedência, de 5 ou 6 marchas com acionamento paddleshift ou sequencial
Pneus: Livre escolha (atualmente, Michelin e Falken)
Chassis: Tubos de aço com gaiola de segurança integral ou monobloco de série com gaiola de segurança integral, baseados nos modelos disponíveis à venda nas concessionárias
Suspensâo: dianteira e traseira com molas independentes e braço oscilante superior e inferior
Controle de tração: não autorizado

Classe GT Daytona (GTD)

14_gtd_rolex94

Velocidade máxima: estimada em 180 mph (285 km/h)
Potência: 450 HP
Distância entre-eixos: variável, com base na concepção dos carros de série
Peso: 1.215 kg
Altura mínima: variável, com base na concepção dos carros de série
Largura mínima: 2 metros
Carros: Aston Martin V12 Vantage, Audi R8 LMS, BMW Z4, Ferrari F458 Italia, Porsche 911 GT America, SRT Viper GT3-R
Motores: Aston Martin V12 6 litros, Audi V10 5,2 litros, BMW V8 4 litros, Ferrari V8 4,5 litros, Porsche Flat 6 4 litros, Viper V10 8,4 litros
Combustível: Racing Fuel VF E-10
Câmbio: Livre escolha, de 5 ou 6 marchas, com acionamento sequencial
Pneus: Continental
Chassis: Tubos de aço com gaiola de proteção integral ou monobloco de série com gaiola de proteção integral, baseados nos modelos disponíveis à venda nas concessionárias
Suspensão: Dianteira e traseira com molas independentes e braço oscilante superior e inferior
Controle de tração: não autorizado

Anúncios

7 respostas em “Tudor United SportsCar Championship: como são os carros

  1. Absoluta certeza Rodrigo que não pode controle de tração nos GTLM e nos GTD ? porque na Europa pode. Aliás dependendo do carro tem vários níveis de configuração pra se ajustar. Só pergunto, porque pode ser uma regra para este campeonato em particular e na ALMS os GT andavam com controle de tração.

      • Então tá falado. Valeu o esclarecimento. Só perguntei porque na Europa é diferente mesmo.

    • Estranho não liberarem o controle de tração nos GTE. Até o ano passado na ALMS e em todas as categorias do ACO é liberado.

      • Olha, eu também achei estranho, mas faz sentido para deixar teoricamente os GTD mais próximos dos GTLM. Eles já levam vantagem no pneu, que é de fornecimento livre. Se tivessem o traction control, seria ainda pior e talvez os GTLM se aproximassem dos PC em termos de desempenho por volta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s