24h de Daytona: começou o Tudor United SportsCar Championship!

Daytona-Start-2014

RIO DE JANEIRO – A temporada do novo Tudor United SportsCar Championship já começou. Está em andamento a 52ª edição das 24 Horas de Daytona, cuja bandeira verde foi dada pelo presidente do Automobile Club de l’Ouest (ACO), Pierre Fillon.

Com tempo bom e sol na Flórida, os pilotos deram a largada para a maratona que começou com 67 carros e o Corvette DP guiado por Alex Gurney assumindo a dianteira logo no início. Antes do que se imaginava, veio a primeira bandeira amarela, com o acidente do Audi R8 LMS #46 da classe GTD, com Charles Putman a bordo. O piloto iniciava a 7ª volta quando um semi-eixo se rompeu, provocando uma batida na curva 1. O carro ficou bem danificado e, por enquanto, está fora da disputa. Putman foi conduzido ao Centro Médico do circuito e está, felizmente, ok.

Também começaram cedo, mas dentro do imaginado, os problemas com alguns carros – especialmente com os Mazda Skyactiv-D SDR-14 da SpeedSource, sempre lentos desde os treinos classificatórios e com insolúveis falhas de motor. E já no começo, a primeira baixa dentre os carros com pilotos brasileiros: o Oreca FLM09 Chevrolet da RSR Racing, que tinha Bruno Junqueira a bordo e estava na dianteira durante o início até ser ultrapassado por Renger Van der Zande, enfrentou problemas e precisou ir para as garagens – de onde até agora não saiu.

Com pouco mais de 1h30min de disputa cumpridas, a dianteira é do Ford EcoBoost Riley DP #02 de Scott Dixon/Tony Kanaan/Marino Franchitti/Kyle Larson, seguido por Alex Gurney/Jon Fogarty/Memo Gidley/Andy Lally e por Richard Westbrook/Michael Valiante/Mike Rockenfeller.

João Barbosa, que começou a corrida no carro #5 do brasileiro Christian Fittipaldi, vem em quarto lugar. Oswaldo Negri, no #60 da Mike Shank Racing, é o sétimo. Na PC, o carro #38 de Gabriel Casagrande, Raphael Matos e Júlio Campos também se atrasou. Os brasileiros estão em 36º na geral.

Na GTD, lidera a SMP Racing graças ao veterano ex-Fórmula 1 Mika Salo, seguido por Frank Stippler num Audi e Lorenzo Casé numa Ferrari. Daniel Serra começou muito bem, mas após seu turno entregou o carro a Chico Longo, que caiu para 19º na divisão neste momento – 52º na geral. Dane Cameron abriu a prova no #94 da Turner Motorsport e segue na pista, em décimo-sexto no grupo.

Entre os modelos da GTLM, muito equilíbrio e um excelente começo de prova para a SRT Viper, que chegou a liderar em dobradinha, mas ainda comanda a disputa na divisão com Marc Goossens adiante de Nick Tandy, Gimmi Bruni e Jonathan Bomarito.

Anúncios

Uma resposta em “24h de Daytona: começou o Tudor United SportsCar Championship!

  1. O acidente mostra de certa forma a insanidade meter perto de 70 carros numa pista de corrida. Imagina em Watkins Glens. Se não tivesse acontecido naquela zona da pista ainda tinha dúvida, mas a insanidade ficou claríssima. Um campeonato que nasce desastroso desde o primeiro teste. Uma mini reta daquelas não cabem em segurança numa categoria com carros com ritmos tão diferentes. Bandeira vermelha em todo o campeonato e que os organizadores repensem a loucura de meter carros em becos tão estreitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s