WRC: 44 entradas para o Rali da Suécia

1838_Eyvind-Brynildsen-Sweden2014_101_592x333

RIO DE JANEIRO – Segunda etapa do Campeonato Mundial de Rali (WRC), o Rali da Suécia apresenta um número de inscritos bem mais baixo em relação ao da etapa inaugural da temporada, o Rali de Monte-Carlo. Serão apenas 44 carros na disputa da prova nórdica, que deve acontecer, pelo rigor do inverno na Escandinávia, debaixo de muito frio e neve.

Será a ocasião perfeita para os pilotos da região se recuperarem do fracasso perpetrado nas estradas dos Alpes Franceses, onde os representantes ‘da casa’ brilharam, caso de Bryan Bouffier, que chegou em segundo e de Sébastien Ogier, o grande vencedor da prova de abertura. Dentre ambos, apenas Ogier vai comparecer à prova sueca: Bouffier não estará a bordo do Ford #11 da equipe M-Sport, cuja pilotagem caberá ao estoniano Ott Tanak, ao lado do navegador Raigo Molder.

Outra novidade será a presença de Juho Hänninen e de seu copiloto Tomi Tuominen, ambos finlandeses, para guiar o Hyundai i20 que foi conduzido por Dani Sordo na primeira etapa. A montadora sul-coreana, ainda em fase inicial do campeonato, já teve algum trabalho: o carro de Thierry Neuville precisou de reparos após o acidente sofrido logo na primeira especial em Monte-Carlo, mas estará apto a competir na Suécia, assim como o Ford Fiesta WRC do polonês Robert Kubica, que promete ser uma atração à parte.

Entre os competidores não frequentes no WRC e também entre os independentes, destaque para as participações de Khalid Al Qassimi/Chris Patterson a bordo de um Citröen DS3, bem como de Henning Solberg e Craig Breen, ambos de Ford Fiesta. O norueguês Eyvind Brynildsen, de quem se esperava bastante noutro Citröen, embora ainda conste da lista de entradas, terá que abdicar de sua participação: faltou dindim para conseguir alinhar seu carro. Uma pena.

A divisão WRC2 conta com 12 duplas inscritas e o ucraniano Yuriy Protasov, que começou vencendo no Rali de Monte-Carlo, é o favorito natural, contra um bom lote de pilotos especialistas no gelo. Jari Ketomaa, da Finlândia, está entre os que podem incomodar. Os italianos aparecem com algum destaque e Lorenzo Bertelli terá a companhia dos compatriotas Massimiliano Rendina, Gianluca Linari e Giuseppe Dettori. Rendina e Dettori vão de Mitsubishi e Linari de Subaru.

Os demais inscritos do Rali da Suécia compõem as classes R2, R3, R3T, R5, Grupo N e S2000, mas sem qualquer possibilidade de figurar na linha de frente na classificação final.

A lista completa está aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s