MR03: demorou, mas apareceu

t_105280_marussia-demorou-para-conseguir-preparar-o-carros-para-primeiros-testes-foto-marussia

RIO DE JANEIRO – Foi apresentado enfim nesta quinta-feira o último dos 11 novos carros para a temporada 2014 do Mundial de Fórmula 1. O MR03 da Marussia chegou para os treinos coletivos em Jerez de la Frontera, na Espanha, com dois dias de atraso em relação ao previsto. A equipe era aguardada na pista para começar os testes já na terça-feira, mas o caminhão com o único carro do time só pegou a estrada ontem e chegou ao circuito hoje. Max Chilton foi o primeiro a andar com o bólido novo, equipado com motor Ferrari V6 Turbo.

A equipe não fez nenhuma apresentação formal do MR03 e o carro deu apenas cinco giros na Andaluzia, todos em voltas de instalação e checagem dos sistemas gerais do bólido.

À primeira vista, o novo Marussia tem um entre-eixos relativamente longo e um desenho sem muitas invencionices em relação às adversárias. Nem o bico tem muita ousadia: a pintura preta usada na dianteira disfarça a proeminência, que não é tão grande assim em relação aos projetos de McLaren, Toro Rosso, Caterham e Force India, por exemplo. Vamos ver se o time chefiado por John Booth consegue resultados mais aceitáveis com motor Ferrari substituindo o Cosworth para os pilotos Jules Bianchi e Max Chilton neste início de campeonato.

Anúncios

2 respostas em “MR03: demorou, mas apareceu

  1. Rodrigo vamos lá, um dos mais discretos no meio de tanta feiura. Nem os carros da década de 70 eram tão feios com aqueles bicos tipo rastelo, pá, parachoque de trem ?, sei lá o que mais. Os carros de hoje são horrorosos, se vão andar bem aí é outra conversa.

  2. O Marussia 2014 dá um salto enorme em relaçao ao carro de 2013. É simples, mas deve ser dos carros que mais vai evoluir em termos de colocação no grid em relação ao ano passado. A Marussia só tem a ganhar. O novo regulamente reduz razoávelmente a carga aerodinâmica ( e a Marussia já tinha uma das mais baixas cargas do pelotão), e com o novo motor Ferrari tudo tende a fazer com que a diferença entre os tempos do pelotão da frente e os tempos da Marussia caiam significativamente. Além de terem um piloto bastante forte. Parece que se preocuparam bastante em refrigerar o power train com entradas de ar generosas. A solução do nariz permite uma fluidez do ar de forma tranquila. Falta alguma complicação ao carro como era esperado, já que o orçamento da equipe é pequeno. Tem tudo para marcar pontos este ano e podem ser mais que 10 pontos. É esperar para ver.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s