Nascar confirma mudanças no Chase: 16 pilotos e mata-mata com quatro na decisão

original

RIO DE JANEIRO – Pela segunda vez desde sua criação, o Chase For The Championship da Sprint Cup Series é modificado pela alta direção da Nascar. E desta vez, radicalmente. O formato de disputa de título da principal categoria do certame terá 16 pilotos – sendo quinze vencedores em pelo menos uma etapa e o piloto com o maior número de pontos após a 26ª etapa e sistemas eliminatórios, avançando automaticamente os vencedores de cada corrida e eliminando os piores na pontuação a cada três corridas do playoff, sucessivamente, até sobrar quatro nomes para a última corrida do ano em Homestead. E quem chegar na frente, leva, independentemente da pontuação anterior no campeonato.

É algo que criará polêmica? Não restam dúvidas. O formato de qualificação já foi detestado por alguns pilotos (Kyle Busch, principalmente) e esse Chase, da forma como foi desenhado pela Nascar, vai provocar infindas discussões entre os fãs. E Jimmie Johnson, vencedor de seis dos últimos oito campeonatos, certamente não terá gostado da novidade anunciada nesta quinta-feira.

Esta é a quarta mudança nas regras do Chase, desde a criação do mesmo em 2004. Até 2006, eram classificados os dez melhores pilotos, obedecendo uma pontuação a partir de 5.050 pontos, decrescendo até o último dos qualificados. Em 2007, o total de pilotos subiu para 12 e a base de pontuação ficou em 5.000, mais bônus por vitórias conquistadas na chamada ‘temporada regular’ de 26 etapas.

A direção da Nascar modificou o formato mais uma vez em 2011: os doze classificados do Chase seriam conhecidos da seguinte forma – os dez melhores pilotos na pontuação do campeonato e mais dois wild-cards, entre a 11ª e 20ª posições, desde que tivessem conquistado uma ou mais vitórias no campeonato. Ano passado, por conta do escândalo da Michael Waltrip Racing, no chamado Richmondgate, o total de pilotos foi de 13 porque a Nascar decidiu não deixar de fora o tetracampeão Jeff Gordon por considerá-lo prejudicado pelo jogo de equipe que beneficiara Martin Truex Jr., posteriormente eliminado do Chase para que Ryan Newman pudesse brigar pelo título.

Em linhas gerais, se o formato do Chase que será adotado em 2014 tivesse sido aplicado ano passado, o campeão seria, pasmem, Dale Earnhardt Júnior. Os seis títulos de Jimmie Johnson seriam reduzidos pela metade e seu último campeonato teria sido o de 2010. Denny Hamlin teria sido campeão em 2006, Jeff Gordon em 2007, Kevin Harvick em 2008 e Kurt Busch em 2009.

A discussão está em aberto. Leitores, agora é com vocês.

Anúncios

16 respostas em “Nascar confirma mudanças no Chase: 16 pilotos e mata-mata com quatro na decisão

  1. A NASCAR está dando uma de FIA….. O formato do chase era perfeito! Agora virou uma confusão só! Creio que por causa dos fãs não terá vida longa.

  2. Esse negócio de sempre que muda o regulamento ficar trazendo a tona “a se fosse desse jeito nos últimos 10 anos o piloto tal só teria ganho 5 campeonatos” ou coisa do tipo eu acho que é completamente sem nexo porque não existe. O “se” não existe então não adianta ficar remoendo. Se é pra fazer que façam de todos os anos da NASCAR. Sobre o novo sistema: não gostei, ainda pior do que já é. Isso é uma besteira enorme. É só pra trazer audiência e pra fazer com os pilotos se matem na pista por uma vaga ou por vitória a qualquer custo. Aí o cara vai ficar puto manda o outro pro muro e aí vai ter que o trailer da NASCAR, aquela bobagem de sempre. chega com essa besteira. Toque é uma coisa, sair na porrada é outra. Pra mim tem que ser pontos corridos mesmo e pronto nada desse negócio de classifica 16, elimina 4, eleva ao quadrado, divide por raiz de 2, tira 7, olha uma carta do baralho, tira uma bolinha da caixa e depois o Silvio Santos vai ligar pra sua casa dizendo quem ganhou. Basta o cara fazer um campeonato ali se classificando e terminar a última corrida na frente.

      • Também concordo e acho que vai mesmo ter muita gente sendo estampada no muro. Na hora do sufoco…
        Já imaginaram a última corrida? Decide tudo, quem está atrás vai dar um toque, sem dúvida.

  3. Opa Rodrigo!

    O pessoal no Twitter ta falando que esse formato de chase tivesse sido aplicado em 2013, os 4 finalistas seriam Johnson, Harvick, Dale Jr., Logano.

    Com o Dale Jr sendo campeão!

    Ou seja, mesmo sem vitórias, ainda é possivel ser campeão neste formato!

    Dale Jr campeão moral ;)

    • O campeão da Nationwide de 2013 Austin Dillon não teve nenhuma vitória e por la seguem o formato de pontos corridos. Sou mais o chase velho este novo é uma piada!

  4. Gostei desse formato, vai deixar as corridas mais divertidas.

    Espero que a Claro acerte logo o Fox Sports 2, a temporada da Nascar está chegando daqui a algumas semanas.

    • Estou sendo irônico. Realmente, sou fã de pontos corridos e penso ser besteira tanto essa ideia do Chase, como dobrar pontos…

  5. A ideia do novo Chase é injusta, mas é no estilo mata-mata que americano adora. Vai provocar injustiças, mas é certeza de sucesso de público e audiência.

  6. Vai ser tipo um Campeonato Paulista, um monte de corridas que não valerão quase nada e uma final que beneficia quem só fez o mínimo necessário para chegar na final, enquanto quem der show o ano inteiro ficará chupando dedo

  7. Interessante esse novo Chase, parece como futebol, a cada três corridas,quatro corredores são eliminados.

    • Mas é parecido. O primeiro round seria oitavas de final, o segundo quartas, o terceiro, semifinais e o último, final.

      Agora, bem que eles poderiam fazer esse Chase como o mata-mata da Libertadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s