WEC: Porsche confirma mecânica 2 litros V4 em seu 919 Hybrid

4348120140218125351RIO DE JANEIRO – Os colegas italianos da Autosprint não estavam errados no que tinham dito em dezembro do ano passado e que o blog também já comentara: o Porsche 919 Hybrid, novo protótipo LMP1 do construtor alemão, vem com motor 2 litros V4 turbo, movido a gasolina, para a disputa do Campeonato Mundial de Endurance (WEC) deste ano.

O raciocínio da turma da Autosprint não estava errado, quando diziam que um motor com arquitetura em V é capaz de suportar melhor um sistema híbrido, enquanto a opção por uma arquitetura em linha não seria a escolha mais adequada. Quem confirmou isso foi o engenheiro Alex Hitzinger, o diretor técnico do projeto Porsche LMP1.

“Num carro como este, conceber um motor quatro cilindros em linha nos traria desvantagens óbvias de peso. Por isso, optamos pela estrutura em V, por ser também mais funcional e nos trazer mais facilidades”, explicou Hitzinger.

O diretor técnico confirma que a Porsche escolheu, dentro da tabela do Automobile Club de l’Ouest (ACO) para recuperação de energia, a categoria de recuperação máxima com 8 MJ. Para o armazenamento dessa energia, o 919 Hybrid será equipado com baterias de lítio, abandonando o sistema de volante desenvolvido pela Williams e introduzido no Porsche 911 GT3 Hybrid – informação que o blog também já trouxera em dezembro último.

Uma turbina híbrida, conectada ao sistema de exaustão do protótipo, funcionará como o segundo sistema de recuperação de energia. É um sistema diferente, por exemplo, em relação ao que a Audi, que aproveitará os mesmos gases que alimentarão a turbina do motor V6 para fazer funcionar uma espécie de super capacitor – um segundo ERS-H (Energy Recovery System Heat).

Anúncios

9 respostas em “WEC: Porsche confirma mecânica 2 litros V4 em seu 919 Hybrid

  1. Rodrigo hoje li que os LMP1 L correm o risco de não estarem prontos para a os testes em Paul Ricard, o fato de não alinhar pelo menos 1 carro nos treinos pode prejudicar a Rebellion e a Lotus, há alguma penalização já que esse treino e para fazer a equalização dos carros ?

    • É, eu fiquei sabendo que a Rebellion corre contra o tempo porque pelo menos um R-One tem que estar pronto para os testes. Como o Lotus T129 é um T128 mexido, de repente o prejuízo é menor.

      • Só que o ACO permite que os LMP1 do ano passado alinhem no WEC e em Le Mans, mas o BoP será diferente em relação a 2013. Tanto que a Rebellion considera ir para Silverstone com os seus dois Lola B12/60.

  2. Enquanto a F1 patina com um regulamento confuso, a WEC vai assumindo a posição de vanguarda no desenvolvimento de novas tecnologias…

  3. A muito tempo eu escrevi que achava muito difícil a Porsche usar um motor em linha,ou seria boxer ou em V,motores em linha nunca foram tradição na Porsche,Só Herr Ferdinand usou um de 16 cilindros ,más nos Auto Union tipo A.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s