Fim do sonho: GP do Brasil é oficialmente retirado do calendário da MotoGP

motogp_s1d4593_slideshow_169

RIO DE JANEIRO – Vou ser chato, mas eu avisei e muitos não deram a menor pelota. Era arriscado demais apostar na volta do GP do Brasil de Motovelocidade para este ano de 2014, principalmente por ter Copa do Mundo – ainda mais em Brasília. As obras prometidas e previstas sequer saíram do papel e, como efeito, a Dorna anunciou oficialmente o que já se sabia: não teremos corrida neste ano, válida pelas classes MotoGP, Moto2 e Moto3, na data prevista – 28 de setembro.

Os organizadores confirmaram o remanejamento do GP de Aragão para a data que seria da corrida brasileira e um calendário, agora definitivo, com 18 etapas. As demais corridas permanecem do jeito como estavam e o Mundial de Motovelocidade começa no próximo dia 23 em Losail, com o noturno GP do Catar.

Eis as datas definitivas:

23 Mar – Qatar* – Doha/Losail
13 Abr – Americas – Austin
27 Abr – Argentina – Termas de Rio Hondo
04 Mai – Spain – Jerez de la Frontera
18 Mai – France – Le Mans
01 Jun – Italy – Mugello
15 Jun – Catalunya – Barcelona-Catalunya
28 Jun – Netherlands** – TT Assen
13 Jul – Germany – Sachsenring
10 Ago – Indianapolis GP – Indianapolis
17 Ago – Czech Republic – Brno
31 Ago – Great Britain – Silverstone
14 Set – San Marino & Riviera di Rimini – Marco Simoncelli Misano
28 Set – Aragon – MotorLand Aragon
12 Out – Japan – Motegi
19 Out – Australia – Phillip Island
26 Out – Malaysia – Sepang
09 Nov – Valencia – Ricardo Tormo-Valencia

(*) corrida noturna (**) corrida num sábado

Foto: Dorna

Anúncios

3 respostas em “Fim do sonho: GP do Brasil é oficialmente retirado do calendário da MotoGP

  1. Conhecendo mais ou menos como a banda toca aqui em Brasília não me espanta a notícia desse cancelamento. A ordem natural dos acontecimentos seria primeiramente promover as reformas no autódromo e depois pensar em sediar eventos internacionais. Esse tipo de atitude dos políticos desmoraliza ainda mais nós tupiniquins frente ao mundo. Ainda quero viver pra descobrir o enfiaram 1,5 bilhão para o estádio (orçado inicialmente em 750mi).

    O governador daqui só quer aparecer pois fez a mesma fanfarrice com os organizadores da Indycar, e nada de corrida aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s