Duas poles para a Red Bull na Clipsal 500; Volvo impressiona

Jamie WhincupRIO DE JANEIRO – A Red Bull (ou melhor, a Triple 8 Race Engineering) começou bem a temporada 2014 do International V8 Supercars. Nos dois primeiros treinos classificatórios para as corridas de 39 voltas que serão disputadas neste sábado, abrindo a Clipsal 500 no circuito urbano de Adelaide, os dois Holden VF Commodore ficaram à frente no pelotão de 25 carros inscritos.

Jamie Whincup, o atual campeão, foi o mais veloz para a corrida #1 e seu companheiro de equipe Craig Lowndes acabou como o pole position da corrida #2. Sendo que, no grid da prova inaugural, os dois carros com o touro vermelho estarão monopolizando a primeira fila.

Whincup marcou o tempo de 1’20″584, abaixo do melhor tempo dos treinos livres, cortesia de Fabian Coulthard num outro Holden, inscrito pela Brad Jones Racing. Ele superou Lowndes por 0″151 e a terceira posição, a 0″235, ficou com Mark “Frosty” Winterbottom, do time oficial da Ford.

James Courtney, totalmente recuperado das fraturas sofridas num acidente fortíssimo ano passado em Phillip Island, colocou-se em quarto. A surpresa veio a seguir: o jovem Scott McLaughlin, revelação de 2013, classificou o estreante Volvo S60 da Garry Rogers Motorsport/Polestar Race na quinta colocação do grid. Um tremendo resultado, considerando que Robert Dahlgren, no segundo carro do time, ficou apenas em 21º.

O melhor Nissan Altima L33 ficou em 7º lugar com Todd Kelly, da equipe Jack Daniel’s. Já o Mercedes-Benz Erebus mais bem colocado foi o de Lee Holdsworth, qualificando-se na décima-sexta posição. Cabe observar que 20 dos 25 pilotos ficaram dentro do mesmo segundo no primeiro treino classificatório.

Scott McLaughlin

Na segunda bateria classificatória, que definiu o grid da corrida #2, McLaughlin voltou a surpreender com seu Volvo e fez o segundo melhor tempo, numa performance extraordinária do kiwi, imiscuindo-se entre os dois carros da Red Bull. O experiente Jason Bright foi bem e conseguiu a quarta posição, batendo o Ford de Mark Winterbottom, a Mercedes de Lee Holdsworth e o Nissan de Michael Caruso. As cinco marcas presentes no campeonato ficaram nas sete primeiras posições do grid. Nada mal.

Nas demais posições, destaque negativo para o 15º posto de Shane Van Gisbergen e o 16º posto de Fabian Coulthard, pois sempre espera-se muito de ambos os pilotos. O veterano Russell Ingall também não alcançou um bom tempo de classificação: foi o penúltimo, com Robert Dahlgren fechando a raia.

Anúncios

3 respostas em “Duas poles para a Red Bull na Clipsal 500; Volvo impressiona

  1. Será que neste ano terá algum piloto capaz de enfrentar Wincup…porque atualmente reina absoluto.

  2. Se houvesse um Honda Civic acho que não tinha pra ninguém. Acho que o Civic é o melhor turismo do momento. O hatch, não o Tourer, que fique claro. O Tourer é só para publicidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s