12h de Sebring, qualificação: pole de Bourdais para a AXR

axrpole

RIO DE JANEIRO – De nada adiantou aos protótipos com motor Ford EcoBoost o domínio em todos os quatro treinos livres. Na qualificação para a 62ª edição das 12h de Sebring, a Action Express Racing riu por último – e como riu. Sébastien Bourdais, sempre veloz, cravou a pole position com o Corvette DP #5 vencedor nas 24 Horas de Daytona, prova de abertura do Tudor United SportsCar Championship.

“Tião” fez o tempo de 1’51″917, longos oito segundos distante da pole position do ano passado. Aliás, chega a ser covardia comparar os protótipos da antiga Rolex Sports Car Series com o suprassumo da tecnologia, caso do Audi R18 e-tron quattro que venceu de lavada a corrida ano passado, na última aparição dos LMP1 em Sebring.

Como gratíssima surpresa, outro francês brilhou no treino oficial: Olivier Pla foi muito eficiente a bordo do #24 da OAK Racing e conquistou um lugar na primeira fila, ao marcar 1’52″086, a 0″169 do compatriota. Ricky Taylor também fez um bom trabalho a bordo do #10 da Wayne Taylor Racing e ficou com a 3ª posição do grid de 63 carros.

Mais dois LMP2 figuraram bem: o HPD ARX-03b #1 guiado por Ryan Dalziel obteve a quarta marca do treino classificatório e Klaus Graf, no Oreca Nissan 03 #6 da Muscle Milk Pickett Racing, abocanhou o quinto posto. Scott Dixon, treinando no carro #02 que terá ainda Tony Kanaan, colocou o melhor carro com motor Ford EcoBoost na sexta posição.

Autor da volta mais rápida no último treino livre, Scott Pruett não foi além da 9ª colocação, enquanto Oswaldo “Ozz” Negri não conseguiu uma boa volta com o carro da Mike Shank Racing. Acabou muito atrás do que a equipe chegou a obter nas sessões livres – 11º lugar, mais de dois segundos mais lento que a pole position.

Em contrapartida, Bruno Junqueira teve um desempenho de sonho no qualifying da Prototype Challenge. O piloto do #09 da RSR Racing fez o tempo de 1’54″839, um pouco acima da pole no ano passado, é verdade. Mas o suficiente para assegurar ao mineiro a P1 em sua categoria. Junqueira ainda conseguiu colocar três carros da classe Prototype, a principal, entre ele e Tom Kimber-Smith, que foi o segundo mais veloz de sua divisão no #25 da 8Star Motorsports.

O mineiro Raphael Matos, que se destacou nos treinos livres, também teve bom desempenho: ficou em 3º, com a marca de 1’55″603. Colin Braun, pole no ano passado, desta vez só ficou em quarto, à frente do holandês Renger Van der Zande, que reclamou do desempenho do motor de seu protótipo.

Dagys_-2014_251408

Entre os carros da classe GT Le Mans (GTLM), a grande surpresa foi a pole position do dinamarquês Michael Christensen. O piloto do time oficial da Porsche fez uma volta perfeita a bordo do #912 da Porsche North America – 1’58″933, poucos milésimos de segundo pior que o tempo da pole da então LMGT da American Le Mans Series – que serve de parâmetro, até porque esta é uma divisão com poucas mudanças de regulamento.

A BMW, que promete desempenhar um bom papel neste sábado, destacou-se com o 2º tempo de Dirk Muller, a 0″091 de Michael Christensen e a terceira posição de Bill Auberlen, superado pelo companheiro de time por apenas 0″070. Oliver Gavin fez o quarto tempo da divisão com o melhor dos dois Corvette, seguido pelo espanhol Antonio Garcia e por Richard Lietz, no outro Porsche oficial. A melhor Ferrari – da Risi Competizione – ficou em 7º e os SRT Viper decepcionaram com a oitava e décima colocações.

Na GT Daytona (GTD), um dado impressionante: cinco das seis  marcas presentes na competição ficaram com as cinco primeiras posições da categoria. Na pole, surpresa absoluta: Dane Cameron, sempre veloz, cravou todo mundo com a BMW #94 da Turner Motorsport e fez o tempo de 2’04″258 – diferença ínfima de 0″010 para Leh Keen, que larga em segundo no Porsche #22 da Alex Job Racing.

Jeroen Bleekemolen também se destacou com o SRT Viper GT3-R #33. O holandês, que vem para a corrida de duplas da Stock Car, alcançou o terceiro lugar do grupo, seguido por James Davison num dos Aston Martin da TRG e por Alessandro Balzan na Ferrari da Scuderia Corsa. O melhor Audi R8 LMS Ultra ficou num distantíssimo 16º lugar, com Marc Basseng a bordo do #32 da GMG Racing.

Três dos inscritos ficaram sem tempo, sendo que o #81 da GB Autosport foi punido pela IMSA e teve suas voltas excluídas. O Mazda SDR-14 número #70 da Speedsource e o Porsche GT America #18 da Mülhner Motorsports não marcaram tempo.

O Fox Sports 2 transmite ao vivo a largada e a chegada da 62ª edição das 12 Horas de Sebring, a partir de 11h da manhã na primeira entrada e de 22h30 à noite, com a última hora de corrida. Estarei ao lado de Hamilton Rodrigues nesta jornada. Torcemos juntos!

O grid completo (não oficial) das 12 Horas de Sebring está aqui.

Fotos: John Dagys (Sportscar365.net)

Anúncios

3 respostas em “12h de Sebring, qualificação: pole de Bourdais para a AXR

  1. A GTLM manteve o regulamento da FIA/ACO inalterado só mexendo no BoP como acontece anualmente. Então as comparações com o ano passado e os outros anos são totalmente aceitas.

  2. Na P, o pessoal utilizou os últimos treinos livres para fazer acertos de corrida ou testar o carro em ritmo de corrida, porque pelo visto os motores Ford ainda não tem como competir com os Corvette. Aliás parabéns a ARX que está muito bem acertada. Os carros da P2 me surpreenderam positivamente, mas sendo realista o OAK #24 tem o Yacaman, e o Honda e o Nissan já ficaram a +0.7s. Em 12 horas tudo pode acontecer, mas vai ser bem difícil para esses carros. Na PC acho que vai ser mais apertado do que eu pensei. Na GTLM e na GTD o qualyfing foi sensacional. Na LM, vai ser difícil e deve ficar entre Porsche, BMW e Corvette com a Ferrari correndo bem por fora porque eles vem com um carro consertado de Daytona e reparado depois de um toque lá mesmo em Sebring com um Audi da GTD. Na GTD, aí vai ficar ainda mais apertado, acho que tirando o Audi que está bem fora de ritmo, tudo mundo tem chance. Mas vou cravar aqui os meus palpites:

    P: ARX #5
    PC: Core Autosport #54
    GTLM: Porsche #912
    GTD: Porsche #22

    Minha torcida:
    P: LMP2
    PC: tanto faz.
    GTLM: BMW preta
    GTD: Aston Martin #007

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s