Primeira coluna

RIO DE JANEIRO – Desculpem o atraso, por citar a estreia da minha coluna no Grande Prêmio apenas na madrugada desta segunda-feira. Mas o blogueiro pode – e deve – curtir uns momentos de folga no fim de semana. Então, mesmo com tudo isso, aí vai o link para a coluna Parabólica, que fala da vida dos pilotos brasileiros fora da Fórmula 1 e os mercados que foram abertos para que outros nomes do nosso automobilismo possam seguir fazendo bonito no esporte.

Espero que leiam e comentem.

Anúncios

4 respostas em “Primeira coluna

  1. Rodrigo,

    Excelente a coluna. E muito oportuna: com a F1 deixando cada vez mais de ser um Campeonato Mundial de Pilotos para se tornar um campeonato de tecnologia aplicada, tá mesmo na hora de lançar um olhar mais atento sobre outros meios de esporte a motor com 4 rodas.

    Os campeonatos de GT’s e Prototipos – dispensando as “siglas estranhas” que os nomeiam – estão ficando muito interessantes, especialmente o DTM oferecendo corridas fortíssimas, e voce já vem mantendo os teus leitores atualizados a algum tempo sobre essas competições. Pessoalmente gosto muito do DTM, gosto dos Protótipos e dos GT’s, e me interesso muito pouco pela NASCAR, pelo menos enquanto a prioridade dos americanos continuar focada nos ovais.

    Tenho percebido através do teu Blog que o brasileiro apaixonado por corridas de automóveis tem se inteirado e tem acompanhado cada vez mais o que voce muito adequadamente chamou de “vida inteligente além da F1”. Só posso te cumprimentar e agradecer por essa vertente que voce adotou, de cobrir automobilismo em toda a sua “variação cromatica”.

    Desejo sucesso e continuidade da coluna no Grande Premio, e aproveito pra propor muito pensamento positivo e muita torcida pra que o Augusto venha a ser Campeão do DTM nesse 2014, que começa com boas esperanças para os brasileiros que gostam de barulho de motor e cheiro de gasolina de alta octanagem.

    Abraço

    Antonio

  2. Excelente texto, Mattar.
    Embora eu considere árdua a missão de fazer o brasileiro, em greal, entender que a F1 de 25 a 30 anos atras não existe mais e que há mundo afora diversas outras categorias com outras filosofias.
    Seu blog, além da nova coluna sem dúvida ajudam o público a conhecer e entender melhor outras categorias.

  3. Muito boa a coluna Rodrigo. Mas como é que a gente faz pra comentar lá ? Qualquer coisa eu comento o que achei por aqui mesmo.

  4. Muito boa a coluna, Rodrigo. E gostei do nome, “Parabólica” foi um achado!
    Acho que além da boa análise, é provocadora de uma mudança de cultura e de mentalidade quanto à forma como a grande maioria dos brasileiros enxerga o automobilismo. Como a presença de pilotos nacionais é importante para que as pessoas continuem a seguir o esporte, a citação dos exemplos é didática e fundamental.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s