Pole a 220 km/h!

0095

RIO DE JANEIRO – Enquanto em Interlagos a Stock Car comemora a presença de vários pilotos estrangeiros para a corrida de abertura do campeonato, com vários argentinos – e um deles, Pato Silva, fez a pole position formando dupla com o pentacampeão Cacá Bueno – a Super TC2000 faz neste fim de semana sua primeira prova de 2014 no circuito de Rafaela.

O Autódromo Ingeniero Juan R. Báscolo é o mesmo no qual a Fórmula Indy fez uma corrida em 1971 e que, inclusive, foi mais rápida que as 500 Milhas de Indianápolis daquele mesmo ano. Também pudera. O traçado é um oval com 4,624 km de extensão. Mas a Super TC2000 vai usar o circuito com 4,662 km, por conta do uso de chicanes para frear as alucinantes velocidades dos carros da categoria.

Durante os treinos livres, Néstor Girolami atingiu a impressionante máxima de 294 km/h com seu Peugeot 408. A média horária do mesmo piloto durante a segunda sessão foi de 221,859 km/h. Um bólido!

Explica-se tamanho desempenho destes carros, hoje, no automobilismo argentino. Com a mudança de conceito da categoria e a criação da Super TC2000, os carros passaram a receber desde 2011 motores V-8 oriundos da Inglaterra. Construídas pela Radical Performance Engineering, essas unidades com potência de 430 HP são, na verdade, dois motores Suzuki Hayabusa de 1.350cc, formando um motor em V com capacidade cúbica de 2.770 cc.

Entre as montadoras envolvidas no automobilismo argentino, a única a se rebelar de fato contra mudança tão profunda de regulamento foi a Ford, que parou com o investimento. As demais marcas continuam, como a Toyota, campeã ano passado com Matías Rossi.

Vinte e seis pilotos estão em Rafaela para a primeira rodada do Campeonato Argentino de Super TC2000. Agustín Canapino foi o autor da pole position na rodada decisiva de qualificação na qual participaram os dez mais rápidos. O tempo do piloto foi 1’16″024, média horária de 220,761 km/h!

Parabéns aos envolvidos!

Anúncios

9 respostas em “Pole a 220 km/h!

  1. Está aí uma belíssima categoria. Sempre achei muito bacana como os argentinos tratam suas categorias de turismo. Só não entendi o que mudou na categoria.

  2. Até iria lá hoje, para ver alguns caras como Ozzy Negri, Chico Serra e Augusto Farfus Jr em ação…mas a chuva e a (péssima) cerveja do evento acabaram com a idéia…então vi pelo canal que se diz “campeão” o narrador errar quase todos os nomes dos pilotos e uma corrida que só mostrou a disputa pelos primeiros lugares.
    Dai vemos que os argentinos, além de promover e administrar muito bem seu automobilismo, ainda se mostram plenamente aptos a pilotar nossas bolhas da Stock Cacá.

  3. Quer dizer que usamos em nossas categorias motores BERTA (ARG) e os Argentinos levam motores Europeus para o campeonato deles ?

    Como lá e todo estranho esse automobilismo, quanto a Stock hoje em Interlagos a corrida foi boa uma pena a chuva que para variar prejudicou a corrida, quanto a transmissão sempre será mostrado os carros da ponta, que na Stock não muda muito das Duplas RBR, SHELL, EUROFARMA e Ipiranga. Mattheis e Meinha e suas equipes satélites

    As vezes aparece alguém de outra equipe como Vogel, Full Time ou outra equipe mais acho que não vamos ter surpresas nesse ano não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s