Direto do túnel do tempo (184)

10174849_652264094829495_333025274_nRIO DE JANEIRO – Isso é que é um grid colorido e com diversidade de carros. Aí está a largada do GP de Pau de Fórmula 2 em 1973. À frente, em primeiro plano, Jean-Ierre Beltoise num March 732 BMW. No carro #33, o britânico Gerry Birrell, prematuramente falecido naquele mesmo ano, num Chevron B25 Ford Hart. O March alaranjado – inconfundível, aliás – é de um dos irmãos Brambilla. Não dá para saber se é Vittorio ou Tino. E no carro #5, Reine Wisell com um GRD 273 Cosworth FVC.

Em tempo: nenhum dos citados venceu a corrida ou sequer foi ao pódio. A vitória foi de François Cevert num Elf 2 da equipe de John Coombs, seguido por Jean-Pierre Jarier de March BMW e Tim Schenken a bordo de um Rondel-Motul M1.

Há 41 anos, direto do túnel do tempo.

Anúncios

4 respostas em “Direto do túnel do tempo (184)

  1. O March da Beta parece ser o nº 19. se for mesmo, é o Ernesto “Tino” Brambilla. O Vittorio correu com o nº 18. O Tino bateu na primeira volta. O outro irmão abandonou na 15ª volta, devido a problemas com a pressão do óleo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s