WRC: Ogier recupera liderança em Portugal

470120140405190324

RIO DE JANEIRO – Segundo dia de Rali de Portugal e o francês Sébastien Ogier volta a dar as cartas na quarta etapa do Mundial. Favorito absoluto a mais uma vitória, o piloto da Volkswagen mudou o foco e teve um sábado perfeito nas trilhas de Malhão, Santa Clara e Santana da Serra, sendo o mais rápido em cinco dos seis trechos cronometrados do dia. Como efeito, Ogier abriu vantagem confortável para o líder do primeiro dia, Mikko Hirvönen: mais de 30 segundos. Restando apenas três especiais, incluindo o Power Stage, tudo indica que Ogier vencerá pela terceira vez em quatro etapas no WRC.

O maior perdedor do dia, claro, foi o finlandês da M-Sport que tinha a ponta nas mãos e acabou superado de forma incontestável, sem nenhuma atenuante. Aliás, não foi um bom dia para o então líder e para o antigo vice-líder do Rali de Portugal: Ött Tanak acidentou-se durante a SS10 em Malhão, destruindo seu Ford Fiesta e pondo por terra qualquer possibilidade de um bom resultado neste evento.

Com os problemas do estoniano, Mads Östberg sobe para 3º na geral, mas já a quase um minuto e meio da liderança a bordo de seu Citroën DS3. Quem continua forte nas trilhas é a Hyundai, graças a Dani Sordo, quarto colocado na soma dos tempos. Thierry Neuville vinha em sétimo, mas levou um pênalti de 10 segundos e baixou para nono na geral, ultrapassado inclusive pelo terceiro piloto da marca sul-coreana, Juho Hänninen.

Quem melhorou muito no segundo dia de provas foi o norueguês Henning Solberg, que alcançou a quinta posição geral, com direito ao sexto melhor tempo na segunda passagem por Santa Clara. O compatriota Andreas Mikkelsen, com um terceiro Volkswagen Polo oficial, é a única ameaça à posição do piloto do Ford Fiesta RS WRC número #16.

Entre os pilotos do WRC2, a liderança está com Nasser Al-Attiyah e seu navegador Giovanni Bernacchini. Eles ocupam um honroso 10º posto na classificação geral e o piloto do Catar tem vantagem de 11 segundos para o finlandês Jari Ketomäa. Pontus Tidemand está em terceiro na categoria e Karl Kruuda é o quarto. Melhor piloto português nas trilhas, Bernardo Sousa é quinto na divisão e 15º na geral.

Classificação do Rali de Portugal, após o dia #2:

1. Ogier-Ingrassia (VW Polo Wrc) em 3.03’39”8
2. Hirvonen-Lehtinen (Ford Fiesta RS Wrc) a 38”1
3. Ostberg-Andersson (Citroen DS3 Wrc) a 1’26”7
4. Sordo-Marti (Hyundai i20 Wrc) a 1’46”7
5. Solberg-Minor (Ford Fiesta RS Wrc) a 4’29”9
6. Mikkelsen-Markkula (VW Polo Wrc) a 4’44”8
7. Prokop-Tomanek (Ford Fiesta RS Wrc) a 7’21”5
8. Hanninen-Tuominen (Hyundai i20 Wrc) a 7’30”6
9. Neuville-Gilsoul (Hyundai i20 Wrc) a 7’31″4
10. Al Attiyah-Bernacchini (Ford Fiesta R5) a 9’24”7

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s