Palmer vence e sai líder na GP2

4414720140406142233

RIO DE JANEIRO – Mais uma vez, as expectativas de uma primeira vitória de Felipe Nasr na GP2 Series foram frustradas pela enorme pressão que pelo visto o piloto brasileiro ainda não sabe controlar sobre seus ombros. A cobrança é grande e, em que pese os erros de suas equipes, primeiro da Dams em 2012 e, recentemente da Carlin, ano passado, é notória a dificuldade que o brasiliense tem em lidar com a “síndrome da primeira vitória”.

O efeito disto foi notado na corrida #2 da abertura da rodada dupla da temporada 2014, no circuito barenita de Sakhir. Pole position após a inversão do grid entre os oito primeiros colocados, Felipe largou muito mal e jogou por terra qualquer possibilidade de vitória ou de pódio. O piloto até conseguiu se recuperar para chegar em quarto, mas muito longe de ultrapassar o próprio companheiro de escuderia, o colombiano Julián Leal.

Quem não teve nada a ver com as desventuras de Nasr foi o britânico Jolyon Palmer, que venceu e de quebra saltou para a liderança do campeonato com 38 pontos. Tudo porque o belga Stoffel Vandoorne, o vencedor da véspera logo na corrida de estreia, fez algumas bobagens neste domingo e que prejudicaram sua apresentação. O piloto da ART Grand Prix terminou apenas em 22º lugar, pouco à frente de outro que decepcionou em seu primeiro fim de semana na categoria. Falo, é claro, do italiano Raffaele Marciello.

Diversos pilotos sem muita expressão, caso do já citado Leal e do suíço Simon Trummer se deram bem neste domingo. Os dois, por exemplo, foram ao pódio e Trummer chegou em 2º lugar no melhor resultado dele na categoria. A Rapax, escuderia do helvético, ficou feliz nesta corrida, pois Adrian Quaife-Hobbs chegou em sexto, logo atrás do monegasco Stéphane Richelmi.

Em corrida de recuperação, Mitch Evans chegou em sétimo e Rene Binder voltou a marcar mais um pontinho, com o 8º lugar. Já o companheiro do austríaco, o brasileiro André Negrão, colecionou mais um resultado longe dos pontos. O piloto da Arden foi o décimo-oitavo em mais uma corrida de aprendizado em meio a um exército de pilotos que são verdadeiras “vacas bravas” das pistas, doidos para mostrar serviço. Só resta esperar que a situação melhore para a segunda rodada dupla da categoria, em Barcelona, na Espanha.

O resultado final da corrida #2 da GP2 Series:

1 – Jolyon Palmer – Dams – 23 voltas em 41’02″440
2 – Simon Trummer – Rapax – 0″809
3 – Julian Leal – Carlin – 1″430
4 – Felipe Nasr – Carlin – 8″719
5 – Stephane Richelmi – Dams – 16″416
6 – Adrian Quaife Hobbs – Rapax – 17″680
7 – Mitch Evans – Russian Time – 18″012
8 – Rene Binder – Arden – 19″791
9 – Arthur Pic – Campos – 19″977
10 – Artem Markelov – Russian Time – 20″678
11 – Daniel De Jong – MP – 21”086
12 – Takuya Izawa – ART – 21″713
13 – Daniel Abt – Hilmer – 29″171
14 – Johnny Cecotto – Trident – 33″500
15 – Jon Lancaster – MP – 34″017
16 – Rio Haryanto – Caterham – 35″778
17 – Nathanael Berthon – Lazarus – 38″028
18 – Andre Negrao – Arden – 38”524
19 – Kimiya Sato – Campos – 39″439
20 – Facu Regalia – Hilmer – 44″065
21 – Axcil Jefferies – Trident – 48″583
22 – Stoffel Vandoorne – ART – 49″324
23 – Stefano Coletti – Racing Engineering – 1’20″944
24 – Raffaele Marciello – Racing Engineering – 1 volta
25 – Alexander Rossi – Caterham – 1 volta

Não completou:

Conor Daly – Lazarus

Classificação do campeonato após 2 corridas:

1. Jolyon Palmer – 38 pontos; 2. Julián Leal – 28; 3. Stoffel Vandoorne – 25; 4. Simon Trummer – 18. 5. Felipe Nasr e Stefano Coletti – 12; 7. Arthur Pic – 10; 8. Takuya Izawa – 8; 9. Stéphane Richelmi – 6; 10. Adrian Quaife-Hobbs – 5; 11. Rene Binder – 3; 12. Mitch Evans – 2 pontos.

 

Anúncios

2 respostas em “Palmer vence e sai líder na GP2

  1. Acredito que os resultados do Nasr nessa temporada não irão influenciar em sua carreira na F1. Sua temporada mais importante foi a de 2013. O que conquistar em 2014 não terá lá grande importância. Já assinou como piloto reserva da Williams. O dinheiro já está lá. É uma questão apenas de oportunidade para ser titular, seja lá qual for a equipe.

    • Com todo o respeito Alan, a sina do Nasr já está traçada há muito tempo, vai ser igualzinho ao Antônio Pizzonia, que barbarizou nas categorias de base e depois. . .sendo que o Nasr nem vencer na GP2 consegue!! E guiando para equipe de ponta!! Falasééééério!!
      É só mais um pilotinho pagante com pinta de galã que veio apenas para fazer número, não se iluda não!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s