Nada feito

F1-ricciardo-australia-2014-domingo-podio730

RIO DE JANEIRO – A equipe Red Bull foi derrotada no tribunal da Corte de Apelação da FIA, o que significa que a desclassificação de Daniel Ricciardo no GP da Austrália, quando o piloto da casa chegou em 2º lugar, está mantida.

A desclassificação do piloto se deveu ao fato de que o fluxômetro de combustível acusou uma medida superior aos 100 kg/hora impostos pelo novo regulamento técnico. A equipe sustentou que não violou o artigo 5.1.4, mas os dados em posse dos homens da FIA provaram que realmente houve violação do limite de fluxo de gasolina.

Um júri formado por cinco integrantes do Conselho Mundial – Philippe Narmino, Jan Stovicek, Rui Botica Santos, Antonio Rigozzi e Harry Dujim analisou o recurso durante seis horas e decidiu-se por manter a desclassificação, assim comunicada pela entidade.

“O Tribunal, ouvidas as partes e analisados os seus comentários, decidiu manter a decisão do Colégio de Comissários Desportivos, que decidiram excluir o carro #3 da Infiniti Red Bull Racing dos resultados do 2014 Australian Grand Prix.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s