Direto do túnel do tempo (188)

Stock-Car - Tarumã - 1979 - Primeira CorridaRIO DE JANEIRO –  A foto acima pode não ser um primor, mas é histórica. É o registro da quadriculada para Affonso Giaffone, o primeiro vencedor da Stock Car em todos os tempos, no dia 22 de abril de 1979, em prova realizada no Autódromo de Tarumã, no Rio Grande do Sul.

A categoria surgiu, com o apoio da General Motors do Brasil, com os modelos Chevrolet Opala, já uma lenda das pistas brasileiras por conta do domínio nas provas de Divisão 1 a partir de 1976. Partindo do regulamento daquele campeonato, mas diminuindo o peso do carro, aumentando a taxa de compressão do motor e a potência do 250-S, mesmo com pneus radiais, a Stock Car atingia, já no começo do campeonato, respeitáveis 225 km/h de velocidade máxima.

14028343

Na primeira prova, o grid foi modesto. Apenas 10 carros competiram, aumentando para onze com a chegada de ninguém menos que Ingo Hoffmann, que por lá permaneceria até se aposentar das pistas, com quase uma centena de triunfos e 12 títulos, um recorde bem difícil de ser batido. A categoria começou a mostrar sua força ainda naquele ano de 1979 e hoje, entre idas e vindas, altos e baixos, tornou-se uma das principais do automobilismo brasileiro.

A Stock Car está longe de ser comparada às referências do Turismo internacional, como quer fazer crer a Globo, que dá espaço à categoria em sua grade desde 2000 e divide as transmissões com o canal a cabo SporTV. Não há parâmetro de comparação com o DTM, com o V8 Supercars Australiano e, principalmente, com a Nascar, mesmo com os motores derivados da categoria estadunidense. Cada uma tem suas características, conceitos e regulamento. E tentar fazer paralelos entre elas é descabido.

A Stock Car é, sim, relevante, mas precisa deixar de ser refém de muitas coisas para que consiga, apesar de tanto tempo de existência, se consolidar como referência do esporte a motor.

Há 35 anos, direto do túnel do tempo.

5 respostas em “Direto do túnel do tempo (188)

  1. Perfeito texto, Mattar!
    A Stock Car tem um potencial enorme para ser uma das principais categorias de turismo do mundo…e mostrou isso ao longo do tempo…mas precisa se desatar de algo que os organizadores acreditam ser excencial para que a categoria se consolide junto ao público: A Stock Car não é – e nem deve ser – uma atração “global” como o Fantástico…ou ainda a novela das 8. A Stock Car deve almejar ser a maior e melhor categoria do automobilismo brasileiro…tem estrada para isso…tem história para isso…tem de querer que as arquibancadas estejam lotadas (como a Truck faz…), tem que largar em um horário descente para o automobilismo, 12 ou 13h (como a Truck faz…e até a GT fazia…), se o canal de tv não lhe dá este espaço, tem que procurar outro canal que dê (e se procurar, acha…) . Pois já disse uma vez em outro post e repito: O espectador da Stock, em sua maioria, é o mesmo que assiste a Truck, e é o mesmo que assistia o GT Brasil, porém estas duas últimas nasceram e cresceram sem jamais figurar na tela do plim-plin. No caso do (finado) GT Brasil, não fosse as cagadas e jogos de interesses dos vários promotores e se houvesse continuidade do trabalho feito nas temporadas 2010/11, esta roubaria facilmente da Stock o posto de maior do automobilismo brasileiro.
    Espero que um dia a Stock se liberte de tudo que a bloqueia!!!

  2. Concordo com o comentário ! Potencial ela tem. Vale lembrar que teve grandes pilotos de renome internacional aqui na abertura em Interlagos, se fosse uma categoria sem nenhum potencial com certeza eles não viriam correr aqui, vamos torcer para um futuro bom para a categoria.
    Abraço a todos !!

  3. Jeito tem pois a Truck tá na pista faz tempo,agora tem quê ver se quem tá lá quer sair de sua zona de conforto.

    • A Truck está em sua 16ª temporada, levando no mínimo, o dobro de público aos autódromos, se compararmos com a Stock Car…como conseqência, obtem parceiros e patrocinadores mais firmes e duradouros (Bridgestone, Petrobras, Crystal…) e tem um pacote de mídia muito mais interessante…tudo isso sem jamais existir para a “toda poderosa”. O dia em que os organizadores da Stock Car perceberem e reconhecerem isso, com certeza a categoria vai melhorar.

      • É realmente a Truck é incrível,e um modelo de gestão.Tomara quê a Globo nem chegue perto para não estragar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s