WRC no Brasil em 2015? Quem sabe…

tn_600703_474738845934368_457858739_n

RIO DE JANEIRO – Informa o FlatOut, parceiro dos confrades do site Grande Prêmio que o Brasil trabalha para voltar ao WRC em 2015. O objetivo é fazer do Rali Internacional de Erechim, hoje válido pelos campeonatos Sul-Americano, Gaúcho e Brasileiro, a prova que marcaria o retorno do país ao calendário da competição após mais de 30 anos ausente.

O Rali de Erechim é sucesso absoluto de público. Noventa mil pessoas acompanharam a prova do ano passado e tudo indica que estes números se repetirão na 17ª edição do evento, que acontece no fim de maio e início de junho.

A boa notícia: os promotores do WRC e os delegados da FIA vêm acompanhar a prova para avaliar as condições de organização e da cidade, para sediar uma etapa do Mundial. O Brasil já está, desde o ano passado, na mira para voltar ao calendário. A China também faz parte dos planos.

Vamos aguardar, com expectativa e esperançosos. O problema é que os organizadores do Rali de Erechim foram buscar apoio no Ministério dos Esportes, o mesmo que nunca aproveitou o potencial do automobilismo como gerador de divisas e turismo para o país – uma vez que jamais tentamos pleitear a participação no Rali Dakar, tudo isso com a prova acontecendo agora em território sul-americano. Se o ministro Aldo Rebelo não for refratário ao investimento, poderemos comemorar o tão aguardado retorno do WRC ao Brasil.

6 respostas em “WRC no Brasil em 2015? Quem sabe…

  1. um dos problemas é que os ministros não são das áreas que ocupam, o do esporte não
    entende do assunto, o da saúde não é médico e por ai vai…não entendem do assunto e não sabem qual importância em cada caso. são cabides de favores políticos. assim ele pode não dar o devido valor que teria uma prova dessa em solo brazuca. eu mesmo sou um que sauo de Floripa pra ir a Erechim se o WRC vier

  2. O lado positivo de irem falar com esse cidadão ministro é que ele esteve lá ano passado.
    Talvez o fato de ter ido conhecer, nem que fosse para se aparecer, pode ser um bom indicativo.

  3. Acho que é um erro trazer o WRC para o Brasil. Ainda não há a tradição de acompanhar o mundial de rallies. Primeiro era preciso plantar a semente com um campeonato nacional bem divulgado atraindo o público passo a passo. No momento a categoria no Brasil é um ET para o grande público. Não há tradição. Seriam ou serão etapas sem grande público, só com uma meia dúzia de interessados e mais uma meia dúzia de curiosos. Talvez uma power stage num local mais emblemático poderia ter uma pequena multidão se fosse bem trabalhada na imprensa, mas no geral seria um “fracasso”. É tão prematuro trazer o WRC para o Brasil como está sendo trazer a Copa ou a Olimpíada. Falta aquela “loucura” que há em Fafe, na zona do Colins Crest, ou no Col de Turini.

    • “Não há tradição. Seriam ou serão etapas sem grande público, só com uma meia dúzia de interessados e mais uma meia dúzia de curiosos.”

      Se nota que nunca foi pra Erechim acompanhar o evento…Vá pra lá esse ano e depois me diz se não tem aquela “loucura”. O pessoal de lá espera o ano inteiro pra ver o rali.

      O problema no Brasil é a mania de centralizar tudo, se não for em São Paulo, Rio, ou qualquer capital, não presta…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s