Buschão na Indy 500

10300084_10153140834592699_4311874600477905357_nRIO DE JANEIRO – Todo mundo já sabe: Kurt Busch vai disputar as 500 Milhas de Indianápolis pela primeira vez, com um monoposto Dallara DW12-Honda da Andretti Autosport. É o carro #26 da foto acima, com layout hoje revelado e patrocínio da Suretone, uma gravadora de discos.

Buschão é o primeiro piloto desde 2004 a fazer o chamado Double Duty, que consiste em correr as 500 Milhas de Indianápolis e a Charlotte 600 da Nascar. Ambas as provas são no mesmo dia e, somadas, dão 1.100 milhas, mais de 1.600 km de percurso. “Flash Gordon” completou as duas corridas em 2002, mas foi Tony Stewart, um ano antes, o único da história a completar as 200 voltas em Indianápolis (6º colocado) e as 400 em Charlotte, onde foi terceiro.

Outro piloto que fez o Double Duty foi John Andretti. O sobrinho do campeão de Fórmula 1 e Fórmula Indy Mario Andretti disputou as duas provas em 1994. Davy Jones foi outro que tentou a façanha – mas não se classificou para a Charlotte 600 – no ano seguinte. Assim, Buschão é apenas o quarto piloto nos últimos 20 anos a tentar fazer as duas corridas.

29 pilotos confirmados em Indianápolis

A edição 2014 da Indy 500 tem, por enquanto, 29 carros confirmados para a principal prova da temporada. Além das inscrições usuais, algumas equipes têm carros adicionais. Martin Plowman, que correrá na etapa de circuito misto no sábado, 10 de maio, também está inscrito para a prova do dia 25, no carro #41 da equipe do veterano A.J. Foyt. Na Ed Carpenter Racing, o pole position do ano passado Ed Carpenter, que só correrá em ovais, volta a bordo do #20, enquanto JR Hildebrand (ele mesmo!) correrá no #21.

Sage Karam estará num quinto carro da Chip Ganassi Racing e Towsend Bell volta com um terceiro bólido da KV Racing Technology. Oriol Serviá estará num carro extra da Rahal Letterman e Alexandre Tagliani vem com um segundo carro do time de Sarah Fisher. Campeão da prova em 1996, Buddy Lazier regressa para tentar a qualificação. O piloto tem 46 anos.

E, é claro, teremos Jacques Villeneuve, pela Schmidt Peterson Motorsports. O blog já falou disso, inclusive, em fevereiro último. Isso faz com que a Indy 500 tenha seis campeões da prova na pista: Dixon, Castroneves, Kanaan, Montoya, Lazier e, por fim, Villeneuve.

4 respostas em “Buschão na Indy 500

  1. Ancioso para assistir as “1100 milhas” ! Já pensou o Kurt vencendo as duas corridas, seria fantástico. Um grande feito na carreira de qualquer piloto.

  2. De quebra, vai “morder” uma boa grana, pois na Indy 500, todos levam uma graninha, ainda que sejam “míseros” 50 mil dólares por alinhar o carro…
    O Buschão pode até ser meio carrancudo, encrenqueiro e tal, mas não podemos nos esquecer que ele faz parte da galeria de campeões da Sprint Cup, título conquistado ainda pela Roush, em 2004. Kyle, mais novo e considerado mais talentoso, ainda não…logo, o Buschão merece respeito e não deve ser menosprezado.

  3. As 500 milhas deste ano prometem ótimas emoções. Uma boa mescla de veteranos e novatos além da abertura com a corrida no misto.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s