Frosty “on fire”

2014 ITM 500 Auckland

RIO DE JANEIRO – Ninguém foi capaz de segurar Mark “Frosty” Winterbottom na rodada quádrupla do International V8 Supercars, disputada ao longo de todo o fim de semana no circuito de Pukekohe, na região neozelandesa de Auckland. O piloto da Ford Performance Racing venceu duas das quatro baterias realizadas, igualou o número de vitórias (três) de Jamie Whincup e disparou na liderança do campeonato, superando o antigo líder Craig Lowndes. “Frosty” soma 941 pontos, 107 a mais que o piloto da Red Bull (Triple Eight Engineering).

Winterbottom venceu com grande autoridade a primeira prova do sábado e a corrida principal, disputada no domingo com distância dobrada em relação às três primeiras. De quebra, faturou um outro pódio com o 2º lugar na corrida #2 do sábado. Em contrapartida, Lowndes só fez um pódio na prova da sexta-feira, quando chegou em terceiro. De resto, duas performances medíocres e um 10º lugar minaram a dianteira do então líder da competição.

As demais provas do fim de semana foram vencidas por pilotos com carros Holden: Jason Bright chegou ao primeiro triunfo em 2014 na prova da sexta-feira e Shane Van Gisbergen, ídolo local, ganhou a prova #2 do sábado. Outros destaques foram Chaz Mostert, que conquistou dois terceiros lugares com o segundo Ford do time oficial de fábrica e Scott McLaughlin, que com um 3º e um 2º posto nas duas últimas baterias deixa claro que a primeira vitória da Volvo na categoria é questão de tempo. Também Nick Percat, que vem na parte de baixo da tabela, conseguiu três bons resultados, com um sexto e dois sétimos lugares, nas melhores performances do piloto do carro #222 em 2014.

As próximas provas do International V8 Supercars serão disputadas em Perth, no Barbagallo Raceway, nos dias 17 e 18 de maio, em sistema de rodada tripla.

Classificação do campeonato após 13 corridas:

1. Mark Winterbottom (Ford) – 941 pontos
2. Craig Lowndes (Holden) – 834
3. Fabian Coulthard (Holden) – 824
4. James Courtney (Holden) – 781
5. Shane Van Gisbergen (Holden) – 777
6. Jamie Whincup (Holden) – 775
7. Scott McLaughlin (Volvo) – 651
8. Jason Bright (Holden) – 592
9. David Reynolds (Ford) – 592
10. Will Davison (Erebus Mercedes) – 572

Uma resposta em “Frosty “on fire”

  1. A grande derrotada da rodada foi a Volvo. Na 4ª corrida então nem se fala. A derrota foi pesada. O Ford ganhou, em parte, no pit. Foi esperto o Winterbottom. Controlou pelo retrovisor e mandou largarem na frente do Volvo. A vitória do Gisbergen também foi impressionante. A RB e o Whincup se perderam na 4ª corrida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s