Kawasaki é tricampeã do Bol d’Or de Magny-Cours

14054019633_afecc9062e_o

RIO DE JANEIRO – Começou neste fim de semana o FIM World Endurance Championship, o Campeonato Mundial de Endurance de Motociclismo. A primeira das cinco provas do calendário foi o tradicional Bol d’Or, que durante mais de 20 anos foi em Paul Ricard e transferiu-se para Magny-Cours desde 2000.

A equipe SRC Kawasaki conquistou o tricampeonato da clássica prova francesa, com a ZX-10R Ninja número #11, guiada por Nicolas Salchaud, Grégory Leblanc e Matthieu Lagrive. Este último sofreu um violento acidente durante os treinos, fraturou uma vértebra e, mesmo lesionado, contribuiu para a grande vitória na abertura do Mundial.

O começo não foi dos melhores: um novo acidente, em decorrência da pista muito molhada, deixou a dupla fora dos 20 primeiros na classificação. Lagrive, mesmo com a lesão, fez um excelente trabalho e a trinca não só venceu, como abriu cinco voltas de vantagem sobre a Yamaha da equipe GMT94 conduzida por David Checa/Kenny Foray/Mathieu Gines.

Com três marcas diferentes nas três primeiras posições no pódio, a Suzuki festejou o 3º lugar de Baptiste Guittet/Etienne Masson/Gregg Black, que chegaram a onze voltas dos vencedores com uma moto dentro do regulamento Superstock. Já o trio pole position com a Honda CBR1000RR oficial de fábrica guiada por Sébastien Gimbert/Freddy Foray/Julien da Costa acabou apenas em 29º lugar, com 691 voltas completadas.

Entre as equipes, a SRC Kawasaki começa na frente neste Mundial de Endurance com 55 pontos, cinco à frente da Yamaha Racing GMT94 e dezoito a mais que o Team Bollinger-Switzerland. A próxima etapa será as 8 Horas de Suzuka, no dia 27 de julho.

O resultado final do Bol d’Or:

1. SRC Kawasaki (Gregory Leblanc/Mathieu Lagrive/Nicolas Salchaud), Kawasaki ZX-10R, Superbike, 743 voltas, 24:01:16.395

2. Yamaha Racing GMT 94 Michelin (David Checa/Kenny Foray/Mathieu Gines), Yamaha YZF-R1, Superbike, 738 voltas

3. Junior Team LMS Suzuki (Baptiste Guittet/Etienne Masson/Gregg Black), Suzuki GSX-R1000, Superstock, 732 voltas

4. Team Bolliger Switzerland 8 (Horst Saiger/Roman Stamm/Daniel Sutter), Kawasaki ZX-10R, Superbike, 731 voltas

5. Team Motors Events April Moto (Gregory Fastre/Michael Savary/Jimmy Storrar), Suzuki GSX-R1000, Superbike, 730 voltas

6. National Motos (Arturo Tizon/Olivier Four/Gregory Junod), Honda CBR1000RR, Superbike, 725 voltas

7. Team R2CL (Gareth Jones/Guy Martin/Gwen Giabbani), Suzuki GSX-R1000, Superbike, 722 voltas

8. Yamaha Viltais Experience (Loic Bardet/Cyril Carrillo/Johan Nigon), Yamaha YZF-R1, Superstock, 714 voltas

9. METISS JLC MOTO (Holub/Ayer/Cheron), METISS 1000, Open, 709 voltas

10. AM Moto Racing Competition (Anthony Loiseau/Romain Maitre/Dylan Buisson), Suzuki GSX-R1000, Superstock, 703 voltas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s