Asian Le Mans Series prometendo muito para 2014

RIO DE JANEIRO – Após um início tímido no ano passado, o certame Asian Le Mans Series (AsLMS) parece vir em 2014 com boas perspectivas. Neste ano, o campeonato traz algumas mudanças significativas no formato, porém mantendo seu atrativo principal: o oferecimento de vagas diretas para as 24 Horas de Le Mans.

1907973_623493107739553_7158831497672768102_n

Será uma temporada importante, pois o AsLMS será uma espécie de laboratório para a nova subclasse LMP3, com os protótipos CN equipados com motores 2 litros, que também fará parte do ELMS a partir de 2015, com chassis totalmente construídos em carbono. Essa divisão já tem duas equipes e quatro carros quase certos: a Atlantic Racing, que assinou uma parceria com a Wolf, vai com dois GB08 para o certame e a Craft Racing, agora em parceria com a Bamboo Engineering, pretende inscrever dois Ligier CN.

1926944_615152431906954_389204796_n

Entre os protótipos LMP2, pelo menos dois estão confirmados – podendo haver até quatro carros em 2014. A OAK Racing mantém seu empenho na competição, confirmando a inscrição de um Morgan Judd. O sino-holandês Ho-Pin Tung e David Cheng já estão garantidos neste carro. A Craft-Bamboo deve alinhar um segundo Morgan na competição e a Murphy Prototypes revelou que tem planos de competir com um Oreca 03 Nissan.

1506826_580087328746798_1828314385_n

A divisão GT agora reúne, num único pacote, as classes GTE do ano passado, os modelos homologados no regulamento GT3 FIA e os GT300 do Super GT japonês, para tornar a competição mais atrativa. Até agora, somente a AAI Motorsport fechou o pacote técnico para 2014, substituindo os carros que alinhou ano passado por duas BMW Z4 GT3 e uma Mercedes-Benz SLS AMG GT3.

O time de Taiwan terá no carro #36 (Mercedes) os pilotos Yu Lam/Takamitsu Matsui/Takeshi Tsuchiya; no #91 (BMW) Ollie Milroy/Tatsuya Tanigawa/Jun San Chen e no #92 (BMW) somente Morris Chen e Ryohei Sakaguchi estão garantidos. Um terceiro nome será eventualmente confirmado.

A segunda classe de Grã-Turismo é a GT-AM, com os seguintes modelos homologados: Lotus Cup Asia, Audi R8 LMS Cup Asia, Super Trofeo Lamborghini, Ferrari Challenge Asia e Porsche Cup Asia, com as devidas adaptações para suportar provas de até 3 horas de duração.

Eis o novo HPD LMP2

arx04bRIO DE JANEIRO – Sem previsão de desenvolvimento de um novo protótipo para a classe LMP1, a HPD (leia-se Honda Performance Development) concentra esforços no desenvolvimento e produção de um esporte-protótipo para a divisão LMP2. Quem trouxe o croqui do novo carro foi o competente e bem-informado jornalista John Dagys, no excelente site Sportscar365, com link aqui no lado direito do blog.

Batizado HPD ARX-04b, o novo carro é o segundo LMP2 de uma nova leva de modelos Coupé para esta subclasse. Será concorrente direto do Ligier JS P2 produzido pela Onroak Automotive e do Oreca 05 Coupe, cuja estreia acontece também em 2015, assim como o modelo do fabricante nipônico.

O protótipo é o primeiro carro novo construído pela Wirth Research a pedido da Honda em cinco anos, desde o lançamento do HPD ARX-01 que, por força de regulamento foi ‘transmutado’ em HPD ARX-03. O desenvolvimento está em andamento e até o fim do ano, espera-se que o HPD ARX-04b – que terá o motor 2,8 litros V-6 biturbo a impulsioná-lo – esteja em testes visando a estreia nas 24 Horas de Daytona.

A Honda Racing não deverá ter dificuldades de obter clientes interessadas neste novo projeto. Já existem negociações com possíveis times para comprar o carro e usá-lo no Tudor United SportsCar Championship e, lógico, o construtor mira os mercados europeu, mundial e asiático com as séries ELMS, FIA WEC e AsLMS.

Prontos para a estreia

JS-P2-ONROAK002RIO DE JANEIRO – Um novo protótipo estará nas pistas e nas disputas de diferentes competições de Endurance a partir deste ano. Desenvolvido pela OAK Racing e comercializado pela Onroak Automotive, o Ligier JS P2 marca a volta do lendário nome da equipe de Fórmula 1 fundada por Guy Ligier.

Três desses novos protótipos com desenho Coupé estarão nas pistas no European Le Mans Series, no Asian Le Mans Series e também nas 24 Horas de Le Mans. A Thiriet by TDS Racing, vice-campeã europeia na classe LMP2 em 2013, entra na disputa neste ano com um carro novo equipado com motor Nissan para Pierre Thiriet/Ludovic Badey/Tristan Gommendy, para recuperar a hegemonia perdida na competição europeia e aumentar o leque de construtores que terá ainda Oreca, Zytek e a própria Morgan.

A OAK Racing Team Asia, representando o time francês no Asian Le Mans Series, terá um Ligier JS P2 com motor HPD 2,8 litros biturbo, guiado por pilotos do Oriente. David Cheng e Ho-Pin Tung já estão confirmados para as 24 Horas de Le Mans, faltando o terceiro piloto apenas. Esse carro vai disputar toda a temporada do AsLMS a partir do segundo semestre.

Jacques Nicolet também alinhará um dos novos carros em Sarthe com a sua OAK Racing, embora na lista de inscritos o #35 ainda seja um Morgan Nissan sem capota. Esse carro terá o britânico Alex Brundle e outros dois pilotos que ainda não foram definidos.

É provável que outro modelo Ligier esteja presente nas pistas do AsLMS em 2014: com a criação da classe LMP3 para modelos CN, protótipos como o Ligier JS53 poderão engrossar o grid que já contará de saída com dois Wolf GB08.

Regulamento do AsLMS é modificado para 2014

Dagys_-2013_214936RIO DE JANEIRO – Visando conquistar mais equipes e carros, o Asian Le Mans Series terá novo regulamento para a temporada 2014, que começa apenas no segundo semestre, precisamente em 20 de julho com uma corrida no Inje Autopia, na Coreia do Sul. A categoria contemplará três classes em disputa: LMP2, LMP3 e GT.

Os LMP2 obedecem ao mesmo regulamento do ACO/FIA. São os protótipos cost capped, que tanto na Ásia como na Europa são a categoria principal dos dois certames. Ano passado foram poucos os carros que competiram – dois no ano inteiro e três na última etapa em Sepang. Mas espera-se mais para este ano, até como prêmio pelo título, a equipe vencedora conquista uma vaga direta nas 24 Horas de Le Mans em 2015.

A LMP3 é composta pelos protótipos CN com mecânica 2 litros. A Wolf, da Itália, ganhou a primeira cliente – a Atlantic Racing foi a primeira escuderia a mostrar interesse em alinhar os novos carros, que também entrarão no campeonato europeu a partir do próximo ano. Já a GT será desmembrada, reunindo os diversos modelos de Grã-Turismo homologados para competição – GTE, GT3 e GT300 (do Super GT japonês) – além dos certames monomarca (Porsche Cup Asia, Ferrari Challenge Asia, Super Trofeo Lamborghini, Audi R8 LMS Cup Asia e Lotus Cup Asia), que formarão a divisão GT-AM. Os dois primeiros da categoria GT ganham acesso direto às 24 Horas de Le Mans.

As equipes têm até 31 de maio como data-limite para a inscrição do campeonato. Cada carro poderá ter de dois a três pilotos, desde que respeitando a regra de que um dos integrantes da tripulação tem que ser da Ásia ou da Australásia. A Michelin será a fornecedora exclusiva de pneus do AsLMS, com quatro jogos à disposição para os protótipos e cinco para os carros Grã-Turismo. Todas as corridas terão, como no ano passado, duração de 3 horas.

KCMG escolhe Oreca para campanha de 2014 no WEC

2014_ORECA_KCMG

RIO DE JANEIRO – Após a parceria com a Onroak Automotive, usando um protótipo Morgan durante grande parte do ano de 2013 em duas provas do WEC (Le Mans inclusive) e do Asian Le Mans Series, com direito a duas vitórias, a escuderia KCMG, de Hong Kong, optou por outra alternativa para o Mundial deste ano, do qual tomarão parte a tempo inteiro na divisão LMP2.

O carro será um Oreca 03 com motor Nissan, que já não é tão desconhecido assim de Paul Ip e seus comandados: na etapa de Zhuhai do AsLMS, a equipe alinhou o antigo carro da Murphy Prototypes para James Winslow/Jordan Oon/Gary Thompson, chegando em 2º lugar.

“A equipe tem bastante ambição”, disse Hughes de Chaunac, diretor geral da Oreca. “Nossos primeiros encontros foram muito construtivos e positivos”, afiançou o francês, que vendeu o segundo protótipo de sua fabricação para fora do continente europeu – o primeiro está com a Muscle Milk Pickett Racing.

Até agora, nada foi dito sobre os pilotos da KCMG para a campanha de 2014 do WEC. E nem sobre uma participação no Asian Le Mans Series.

A aguardar…

Atlantic Racing confirma primeiro LMP3 na AsLMS

wolfgb08

RIO DE JANEIRO – Após ficar ausente da temporada de reestreia do Asian Le Mans Series (AsLMS), na qual estariam participando com um protótipo LMP2, a Atlantic Racing, escuderia chefiada por Ingo Strackerjan, será a primeira a ter um modelo LMP3 na nova classe programada para estrear em 2014 no certame asiático de Endurance.

O dirigente do time que foi fundado no fim dos anos 80 na Nova Escócia, no Canadá, confirmou o acordo com a Wolf Racing Cars para o suporte técnico, o desenvolvimento  e a comercialização dos protótipos do construtor italiano no continente.

Neste ano, enquanto o novo projeto LMP3 com chassi totalmente em carbono não é construído, o paliativo para a estreia da nova divisão será o Wolf GB08 CN com motor 2 litros. Dois carros serão usados pela Atlantic na temporada do AsLMS que inicia em julho na Coreia do Sul. Em 2015, os construtores serão obrigados a alinhar carros novos, com mais tecnologia, no ano em que a subclasse estreia no European Le Mans Series.

AsLMS: OAK Racing leva o título da LMP2

Dagys_-2013_214936

SÃO PAULO – Na única disputa de título ainda pendente no Asian Le Mans Series (AsLMS), a OAK Racing levou a melhor diante da KCMG na última etapa da temporada de regresso do certame, realizada neste fim de semana em Sepang, na Malásia. A bordo do Morgan Judd número #24, os chineses David Cheng e Ho-Pin Tung fizeram uma corrida perfeita, derrotando o #18 de James Winslow/Tsugio Matsuda. O triunfo deu o título à equipe de Jacques Nicolet, cabendo o troféu de campeão de pilotos a David Cheng.

A corrida teve ainda a excelente participação – na primeira hora de prova – de Richard Bradley a bordo do #27 da Craft Racing. A equipe dirigida por Frank Yu ficou muito contente com o desempenho do carro, que teve ainda Jun Jin Pu e Dan Polley a bordo, o que pode levar a escuderia a disputar a competição em 2014 também na classe LMP2.

Na LMGTE, nenhuma surpresa: o Team Taisan Ken Endless levou mais uma vez a melhor e terminou na frente. Contudo, a escuderia de Ricky Chiba não obteve a vaga automática para as 24 Horas de Le Mans de 2014 por falta de competidores nas demais provas da temporada – exceto na última, onde o Porsche inscrito pela AAI-Rstrada teve uma série de problemas mecânicos e não foi páreo para a Ferrari F458 Italia número #70.

A classe LMGTC teve o triunfo do #33 da Clearwater Racing. O time local contou com o concurso de Mok Weng Sum e de Toni Vilander nesta corrida, para derrotar a AF Corse, com os já campeões Steve Wyatt/Michele Rugolo/Andrea Bertolini. O pódio foi completado por Stefan Mücke/Keita Sawa, num dos dois Aston Martin V12 Vantage da Craft Racing. A equipe conquistou uma vaga direta nas 24 Horas de Le Mans na classe LMGTE-AM, assim como a AF Corse.

Na novata divisão LMGTC-AM, onde competiram três Lamborghini Gallardo, levou a melhor o Team Primemantle Aylezo. Contudo, como esta divisão estreou somente neste fim de semana, não houve disputa de título – somente um estudo de viabilidade para que esta categoria seja incorporada na próxima temporada do Asian Le Mans Series, que já contará com a recém-criada LMP3.

Organizadores confirmam cinco datas para 2014

A temporada do próximo ano terá uma data a mais do que neste ano de 2013. Com o certame já estabelecido, os organizadores esperam obter um maior retorno de participação dos times – tanto que a temporada que vem começará no segundo semestre, dando tempo às escuderias para se prepararem.

Eis as datas:

06/07 – Inje, Coreia do Sul
10/08 – Fuji, Japão
12/10 – Xangai, China
26/10 – Zhuhai, China
07/12 – Sepang, Malásia