Bühk e Götz vencem no Blancpain Sprint em Nogaro

4435220140421160301

RIO DE JANEIRO – Após um domingo com vitória brasileira na corrida classificatória da Coupe de Pâques, em Nogaro, a segunda-feira não teve pódio de nenhum piloto do país no Blancpain Sprint Series. Não obstante o Audi de Cesar Ramos/Laurens Vanthoor nem ter conseguido largar, faltou fôlego à BMW de Sérgio Jimenez/Cacá Bueno, que esteve com o pódio nas mãos após Jimenez, um dos melhores pilotos do fim de semana, ter liderado a corrida principal em seu início.

Sem a presença dos vencedores do domingo, fora de combate graças a um enrosco nas voltas de formação com o Audi de Niki Mayr-Melnhof/Markus Winkelhock, a corrida, disputada com frio e pista seca, foi ganha pela Mercedes SLS AMG GT3 da  HTP Motorsport, guiada pelos alemães Maximilian Bühk/Maximilian Götz. A dupla do carro #84 alcançou a ponta logo na quarta volta, quando Bühk superou Jimenez. No pit stop, Götz assumiu e consolidou a liderança da “Gaivotinha”, embora o carro #3 da G-Drive Racing, guiado por Grégory Gulivert e Stéphane Ortelli tenha dado muito trabalho. Ao fim de 41 voltas, a dupla chegou menos de dois segundos atrás dos alemães.

221159_398079_caca_jimenez

Cacá Bueno assumiu o posto de Jimenez após a parada obrigatória, mas nos últimos momentos da disputa sua BMW já não estava tão competitiva quanto no início. O pentacampeão da Stock Car perdeu o pódio ao ser ultrapassado pelo Audi de Mateusz Lisovski/Vincent Abril – que realizaram ótima corrida – e pela outra Mercedes da HTP Motorsport, guiada por Stef Dusseldorp/Sergey Afanasiev.

“Nosso carro não estava bom hoje. Esperávamos ser superados pelos Audis, mas não pela Mercedes. Resistimos bravamente o quanto pudemos. Paramos logo para a troca de pilotos, saí rápido com pneu zero, mas os pneus não aguentaram até o final e o carro ficou bastante desequilibrado. Quando o Audi chegou, faltando 1min40 para o final da prova, eu não tinha o que fazer. Forcei o ritmo, mas com o pneu gasto eu tinha pouca aderência e não conseguia frear direito e não deu para segurar. Quase beliscamos o pódio, mas no geral deu pra perceber que a temporada promete ser melhor e estamos evoluindo”, analisou Bueno.

Após os problemas da véspera, o Lamborghini de Hari Proczyk/Jeroen Bleekemolen avançou da 17ª e antepenúltima posição do grid para chegar em sexto (com direito à melhor volta da prova), adiante de Enzo Ide/René Rast, que por terem sido excluídos do resultado final da primeira prova também largaram do fim do pelotão. A dupla do carro #2 acabou em sétimo, seguida por Fabio Onidi/Giorgio Pantano, Alessandro Latif/Marc Basseng e Filip Salaquarda/Andrea Montermini.

Já Nelsinho Piquet/Matheus Stumpf não tiveram sorte: a dupla ocupava a 7ª posição após o revezamento obrigatório, com Piquet a bordo da BMW #21, quando um dos pneus do carro começou a esvaziar. O jeito foi levar como dava e eles chegaram num distante 15º lugar.

Com a vitória, Bühk/Götz começam na liderança do Blancpain Sprint Series, somando 27 pontos contra 21 de Gulivert/Ortelli e 15 de Abril/Lisovski. Sérgio Jimenez e Cacá Bueno ocupam o 4º lugar com 14 pontos. Cesar Ramos é o sétimo, com oito.

Resultado da Main Race do Blancpain Sprint Series em Nogaro:

1 – Buhk-Gotz (Mercedes SLS) – HTP – 41 voltas
2 – Guilvert-Ortelli (Audi R8 LMS) – G-Drive – 1″721
3 – Lisowski-Abril (Audi R8 LMS) – WRT – 29″602
4 – Afanasiev-Dusseldorp (Mercedes SLS) – HTP – 30″677
5 – Bueno-Jimenez (BMW Z4) – Team Brasil – 32″513
6 – Proczyk-Bleekemolen (Lamborghini) – Grässer – 33″589
7 – Ide-Rast (Audi R8 LMS) – WRT – 34″031
8 – Onidi-Pantano (McLaren MP4-12C) – BhaiTech – 37″858
9 – Latif-Basseng (Audi R8 LMS) – Phoenix – 52″727
10 – Salaquarda-Montermini (Ferrari 458) – Villorba – 1’00″637

Classificação do campeonato:

1. Maximilian Bühk/Maximilian Götz – 27 pontos; 2. Grégory Gulivert/Stéphane Ortelli – 21; 3. Vincent Abril/Mateusz Lisovski – 15; 4. Cacá Bueno/Sérgio Jimenez – 14; 5. Sergey Afanasiev/Stef Dusseldorp – 13; 6. Hari Proczyk/Jeroen Bleekemolen – 9; 7. Cesar Ramos/Laurens Vanthoor – 8; 8. Niki Mayr-Melnhof/Markus Winkelhock e Rene Rast/Enzo Ide – 6; 10. Fabio Onidi/Giorgio Pantano – 4; 11. Alessandro Latif/Marc Basseng – 2; 12. Filip Salaquarda/Andrea Montermini – 1.

Domingo de Ramos e Vanthoor em Nogaro

221143_398033_20140420180517_3c1a0aab

RIO DE JANEIRO – Não poderia ter sido melhor o início da campanha do brasileiro Cesar Ramos no Blancpain Sprint Series. O piloto gaúcho de 24 anos, que compete pela equipe Belgian Audi Club Team WRT, venceu neste domingo a corrida classificatória que abriu a temporada 2014 no circuito Paul Armagnac, em Nogaro.

A prova, denominada Coupe de Pâques, atrai ótimo público ao circuito no interior da França e é realizada domingo e segunda-feira, porque naquele país existe um feriado chamado “Lundi de Pâques”. Aproveitando que a escuderia dirigida por Yves Weerts e Pierre Dieudonné tem a mão da pista, Ramos e Vanthoor venceram com relativa facilidade, beneficiados por uma rodada de Hari Proczyk, companheiro do pole position Jeroen Bleekemolen a bordo do Lamborghini FLII da Grässer Racing Team.

Essa rodada, todavia, foi provocada pelo contato com o Audi número #2 do time belga que, guiado por Enzo Ide/René Rast, acabou desclassificado do resultado final, beneficiando a dupla formada por Niki Mayr-Melnhof/Markus Winkelhock, que subiram para segundo e os brasileiros Cacá Bueno/Sérgio Jimenez, com a BMW da equipe de Antonio Hermann e Washington Bezerra. Aliás, Jimenez mostrou muito espírito de luta, sendo um dos melhores pilotos da pista neste domingo.

Ramos e Vanthoor sobraram em relação aos adversários, colocando quase 20 segundos sobre a dupla que chegou em 2º. O resultado, que confere à dupla o direito da pole position na prova de amanhã empolgou Cesar Ramos. “Incrível!!! Melhor impossível para começar a temporada! O Laurens fez um stint perfeito e me entregou o carro em primeiro, com bastante vantagem, então só me preocupei em não cometer erros e principalmente ser paciente para passar os retardatários que atrapalharam muito. A equipe fez um trabalho perfeito e um pit stop muito bom. Na verdade, trabalhamos muito para isso. Na pré-temporada realizamos um dia de testes em Nogaro e sob chuva, acredito que isso certamente ajudou muito também a nossa performance hoje. Amanhã largamos na pole na Main Race e nosso objetivo é a vitória”, comemorou Cesar.

Nelsinho Piquet e Matheus Stumpf, que formam a segunda dupla da equipe brasileira da BMW, tiveram uma série de problemas ao longo da prova e acabaram apenas na 18ª posição entre os carros que largaram – apesar dos pesares, marcaram a melhor volta em 1’35″523. Havia 20 inscritos no total, mas a Mercedes de Armaan Ebrahim/Benji Hetterington não alinhou neste domingo. Outra grande atração do Blancpain Sprint Series, o italiano Alessandro Zanardi, regressou às pistas com um modesto 14º posto. O píloto de 47 anos corre sozinho por usar próteses nas pernas e ter uma BMW totalmente adaptada às suas necessidades.

A corrida desta segunda-feira será disputada às 9h15 da manhã, pelo horário de Brasília.

1 – Ramos-Vanthoor (Audi R8 LMS) – WRT – 36 giri
2 – Ide-Rast (Audi R8 LMS) – WRT – 17″677
2 – MayerMenhof-Winkelhock (Audi R8 LMS) – Phoenix – 19″967
3 – Bueno-Jimenez (BMW Z4) – Team Brasil – 21″797
4 – Guilvert-Ortelli (Audi R8 LMS) – G Drive – 25″550
5 – Buhk-Gotz (Mercedes SLS) – HTP – 39″984
6 – Afanasiev-Dusseldorp (Mercedes SLS) – HTP – 50″851
7 – Lisowski-Abril (Audi R8 LMS) – WRT – 1’01″600
8 – Salaquarda-Montermini (Ferrari 458) – Villorba – 1’01″966
9 – Enge-Halek (Lamborghini) – Grasser – 1’32″250
10 – Latif-Basseng (Audi R8 LMS) – Phoenix – 1 volta
11 – Onidi-Pantano (McLaren MP4-12C) – BhaiTech – 1 volta
12 – Hayek-Kox (Lamborghini) – Blancpain – 1 volta
13 – Toril-Bastian (Mercedes SLS) – Fortec – 1 volta
14 – Alex Zanardi (BMW Z4) – ROAL – 1 volta
15 – Fumanelli-Colombo (BMW Z4) – ROAL – 1 volta
16 – Pentus-Lloyd (McLaren MP4-12C) – BhaiTech – 1 volta
17 – Proczyk-Bleekemolen (Lamborghini) – Grasser – 1 volta
18 – Stumpf-Piquet (BMW Z4) – Team Brasil – 2 voltas
19 – Ide-Rast (Audi R8 LMS) – WRT – desclassificados

Holandês voador: Bleekemolen é pole no Blancpain Sprint Series

IMG_6081

RIO DE JANEIRO – O holandês Jeroen Bleekemolen voltou a mostrar as credenciais que o fazem ser um dos melhores pilotos de Grã-Turismo da atualidade. Com o Lamborghini da Grässer Racing Team, o piloto cravou a pole position da rodada inaugural do Blancpain Sprint Series, que acontece amanhã e segunda-feira em Nogaro, no Circuit Paul Armagnac.

A bordo do carro #28 que divide com Hari Proczyk, Bleekemolen cravou 1’25″046 na sua melhor volta durante o Q3, um décimo abaixo do Audi #1 da equipe Belgian Audi Club WRT, atual campeã da categoria. O carro é do brasileiro Cesar Ramos, mas quem colocou-o na primeira fila foi o belga Laurens Vanthoor. O resultado foi muito comemorado pelo gaúcho de 24 anos.

????????????????????????????????????????????????????????????????

“Excelente resultado, usei meu primeiro jogo de pneus do fim de semana e consegui aproveitar bem, terminando em P2 no Q1. Então o Vanthoor foi para o Q2 e virou praticamente o mesmo tempo que eu e como o programado foi para a Super Pole, fez uma ótima volta e nos colocou em P2, o primeiro Audi do grid. Na corrida de amanhã ele vai largar e temos tudo para fazer um ótimo resultado. O carro se comporta muito bem com pneus novos e também com usados”, comentou Cesar.

René Rast, outro dos ótimos pilotos do Blancpain Sprint Series, não conseguiu alcançar o tempo do holandês, mas obteve a 3ª posição com o carro #2 da WRT, partilhado com Enzo Ide. O veterano Peter Kox, no único carro inscrito na Pro-Am Trophy, brilhou com o Lamborghini da equipe Blancpain-Reiter: 4º tempo e segunda fila para o holandês, deixando mais três Audi R8 LMS Ultra atrás de si, guiados por Markus Winkelhock (Phoenix Racing), Grégory Gulivert (G-Drive Racing) e Marc Basseng (Phoenix Racing). Coincidentemente, estes dois últimos cravaram o mesmíssimo tempo.

O melhor dos Mercedes SLS AMG GT3 inscritos ficou em oitavo, graças à dupla formada por Maximilian Götz e seu xará Buhk, atual campeão do Blancpain Endurance Series. Já a equipe brasileira alinha na quinta fila com as BMW Z4 pintadas de amarelo – Cacá Bueno à frente de Nelsinho Piquet, virando meio segundo acima dos tempos obtidos anteriormente no Q1 e no Q2 e ainda poupando pneus para a Superpole. Uma mudança no acerto pelo visto não foi bem-sucedida…

Alessandro Zanardi, único piloto que compete sozinho – por motivos óbvios, não conseguiu avançar para a Superpole. O piloto da ROAL Motorsport larga da 14ª posição, na sétima fila do grid.

As provas do Blancpain Sprint Series, ambas com 60 minutos de duração, terão largada às 9h15 da manhã neste domingo e segunda-feira, pelo horário de Brasília.

O grid:

1ª fila:

#28 Jeroen Bleekemolen/Hari Proczyk (Grässer Racing Team Lamborghini Gallardo) – 1’25″046 – Q3
#1 Laurens Vanthoor/Cesar Ramos (Belgian Audi Club WRT Audi R8 LMS) – 1’25″178 – Q3

2ª fila:

#2 René Rast/Enzo Ide (Belgian Audi Club WRT Audi R8 LMS) – 1’25″455 – Q3
#24 Peter Kox/Marc A. Hayek (Blancpain-Reiter Lamborghini Gallardo) – 1’25″487 – Q3

3ª fila:

#6 Markus Winkelhock/Niki Mayr-Melnhof (Phoenix Racing Audi R8 LMS) – 1’25″601 – Q3
#3 Grégory Gulivert/Stéphane Ortelli (G-Drive Racing Audi R8 LMS) – 1’25″788 – Q3

4ª fila:

#5 Marc Basseng/Alessandro Latif (Phoenix Racing Audi R8 LMS) – 1’25″788 – Q3
#85 Maximilian Buhk/Maximilian Götz (HTP Motorsport Mercedes SLS AMG GT3) – 1’26″012 – Q3

5ª fila:

#0 Cacá Bueno/Sérgio Jimenez (AH Motorsport BMW Z4 GT3) – 1’26″038 – Q3
#21 Nelsinho Piquet/Matheus Stumpf (AH Motorsport BMW Z4 GT3) – 1’26″122 – Q3

6ª fila:

#85 Stef Dusseldorp/Sergey Afanasiev (HTP Motorsport Mercedes SLS AMG GT3) – 1’26″317
#90 Andrea Montermini/Filip Salaquarda (Scuderia Villorba Corse Ferrari F458 GT3) – 1’26″391

7ª fila:

#4 Mateusz Lisowski/Vincent Abril (Belgian Audi Club WRT Audi R8 LMS) – 1’26″393
#33 Alex Zanardi (ROAL Motorsport BMW Z4 GT3) – 1’26″401

8ª fila:

#34 Davide Fumanelli/Stefano Colombo (ROAL Motorsport BMW Z4 GT3) – 1’26″595
#27 Tomas Enge/Sascha Halek (Grässer Racing Team Lamborghini Gallardo) – 1’26″719

9ª fila:

#63 Miguel Toril/Nico Bastian (Fortec Motorsport Mercedes SLS AMG GT3) – 1’26″751
#62 Armaan Ebrahim/Benji Hetterington (Fortec Motorsport Mercedes SLS AMG GT3) – 1’26″761

10ª fila:

#60 Fabio Onidi/Giorgio Pantano (BhaiTech Racing McLaren MP4-12C GT3) – 1’27″180
#61 Sten Pentus/Daniel Lloyd (BhaiTech Racing McLaren MP4-12C GT3) – 1’27″216

Canarinho

220746_397093_carro_frente_bbRIO DE JANEIRO – Aí está a pintura definitiva dos carros da equipe brasileira que disputará a partir do próximo fim de semana o Blancpain Sprint Series, campeonato com sete rodadas duplas na Europa e Ásia. Sai o branco do BMG e entra o amarelo de outra instituição financeira – o Banco do Brasil.

O carro #0, que ilustra o post, será partilhado por Cacá Bueno e Sérgio Jimenez. O #21 é de Nelsinho Piquet e Matheus Stumpf. Por sinal, aí está o capacete com que o filho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet vai competir na categoria. Canarinho como a cor da BMW Z4 GT3.220747_397097_np14_fiagtacapacete1

O piloto testou no Algarve, em Portugal, antes do embarque para conhecer o Circuit Paul Armagnac, com seus 3,636 km de extensão e 13 curvas. Ele não está sozinho como um dos nomes com passagem pela Fórmula 1. Alessandro Zanardi correrá com uma BMW adaptada às suas necessidades. Andrea Montermini vai de Ferrari da Scuderia Villorba Corse e Giorgio Pantano foi confirmado para mais uma temporada pela BhaiTech Racing. Ano passado, o italiano sagrou-se campeão do International GT Open por esta escuderia.

Outros dois nomes confirmados, como bem lembrou um leitor do blog, são do tcheco Tomas Enge, pela Grässer Racing e Markus Winkelhock, com Audi da Phoenix Racing. No total, seis pilotos que estiveram na categoria máxima vão andar no Blancpain GT Series em Nogaro.

Sprint Series com 22 carros “full season”

10003990_658201634215820_1078439289_n

RIO DE JANEIRO (atualizado às 16h45) – Ao mesmo tempo em que divulgava o plantel do Blancpain Endurance Series (BES), a SRO de Stéphane Ratel fazia o mesmo com a série Sprint, que sucede o FIA GT no formato de provas mais curtas com 60 minutos de duração. O campeonato de 2014 começa com 22 inscritos na prova que acontece no fim de semana da Páscoa (Lundi de Pâques), em Nogaro, na França, aproveitando o feriado naquele país.

O Circuit Paul Armagnac verá a estreia de Nelsinho Piquet, sacramentada pela presença do filho do tricampeão mundial de F-1 Nelson Piquet no carro #21 da AH Competições Team Brasil, equipe dirigida por Washington Bezerra e Antonio Hermann. Matheus Stumpf está de volta à equipe e será o companheiro de Nelsinho no Blancpain Sprint Series. Cacá Bueno também foi confirmado e seu companheiro de equipe deverá ser Sérgio Jimenez – ainda não anunciado pela equipe. Felipe Fraga será o reserva imediato de Nelsinho nas datas que coincidirem com outros compromissos do piloto e não Allam Khodair, como haviam me afirmado. Quem traz essa novidade é o Luc Monteiro, aqui.

Entre as demais novidades estão o saudado regresso de Alex Zanardi ao automobilismo, com uma BMW Z4 GT3 da ROAL Motorsport especialmente preparada somente para o piloto de 47 anos, em razão das evidentes dificuldades do italiano, que se locomove com próteses desde o gravíssimo acidente numa prova de Fórmula Indy na Alemanha, no qual perdeu ambas as pernas.

A temporada 2014 do Blancpain Sprint Series terá também a estreia de diversas equipes, entre as quais a italiana BhaiTech Racing, cujo engenheiro principal é o brasileiro Roberto Costa. Rafael Suzuki e Luiz Razia, que tomaram rumos distintos em suas carreiras neste ano, competiram por lá ano passado, no International GT Open. Assim como a referida equipe, Scuderia Villorba Corse, a Fortec e a JMB Racing tomam parte do certame pela primeira vez.

Os inscritos do Blancpain Sprint Series:

PRO CUP

#0 AH COMPETIÇÕES TEAM BRASIL BRA
BMW Z4 GT3
Cacá Bueno/Sérgio Jimenez

#1 BELGIAN AUDI CLUB TEAM WRT BEL
Audi R8 LMS Ultra
Cesar Ramos/Laurens Vanthoor

#2 BELGIAN AUDI CLUB TEAM WRT BEL
Audi R8 LMS Ultra
Rene Rast/Enzo Ide

#3 G-DRIVE RACING RUS
Audi R8 LMS Ultra
Stéphane Ortelli/Roman Rusinov

#5 PHOENIX RACING DEU
Audi R8 LMS Ultra
Markus Winkelhock/Niki Mayr-Melnhof

#6 PHOENIX RACING DEU
Audi R8 LMS Ultra
Alessandro Latif/Marc Basseng

#21 AH COMPETIÇÕES TEAM BRASIL BRA
BMW Z4 GT3
Nelsinho Piquet/Matheus Stumpf

#28 GRÂSSER RACING TEAM AUT
Lamborghini Gallardo LFII
Hari Proczyk/Jeroen Bleekemolen

#33 ROAL MOTORSPORT ITA
BMW Z4 GT3
Alessandro Zanardi

#40 TEAM NOVADRIVER POR
Audi R8 LMS Ultra
César Campaniço/piloto a confirmar

#60 BHAITECH RACING ITA
McLaren MP4-12C GT3
pilotos a confirmar

#84 HTP MOTORSPORT DEU
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Maximilian Buhk/Maximilian Götz

#85 HTP MOTORSPORT DEU
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Stef Dusseldorp/Sergey Afanasiev

#90 SCUDERIA VILLORBA CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Andrea Montermini/Filip Salaquarda

SILVER CUP

#4 BELGIAN AUDI CLUB TEAM WRT BEL
Audi R8 LMS Ultra
Vincent Abril/Mateusz Lisowski

#27 GRÄSSER RACING TEAM AUT
Lamborghini Gallardo FLII
Sascha Halek/Tomas Enge

#61 BHAITECH RACING ITA
McLaren MP4-12C GT3
pilotos a confirmar

#62 FORTEC MOTORSPORT GBR
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Armaan Ebrahim/piloto a confirmar

#63 FORTEC MOTORSPORT GBR
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Miguel Toril/piloto a confirmar

#555 JMB RACING MCO
Nissan GT-R Nismo GT3
Alon Day/Mathieu Jaminet

PRO-AM TROPHY

#24 BLANCPAIN RACING CHE
Lamborghini Gallardo FLII
Marc A. Hayek/Peter Kox

#34 ROAL MOTORSPORT ITA
BMW Z4 GT3
Davide Fumanelli/Stefano Colombo

Mais uma equipe confirmada no Blancpain Sprint Series

timthumb

RIO DE JANEIRO – Dirigida por Ernst Moser, a Phoenix Racing está confirmada na temporada 2014 do Blancpain Sprint Series. Ao contrário do ano passado, quando disputaram o FIA GT com apenas um carro – e inclusive se ausentaram de duas rodadas, os alemães vão encarar o próximo desafio, marcado para começar em Nogaro no dia 21 de abril, com dois bólidos.

Tradicional equipe cliente da Audi, a Phoenix aumenta o contingente de modelos “quatrargólicos”, como costuma chamar o camarada Flavio Gomes, para seis. Já havia os quatro confirmados pela WRT da Bélgica e agora vêm os dois R8 LMS Ultra da turma germânica – todos com pilotos confirmados.

O experiente Marc Basseng, que pilotou em Daytona e Sebring nas primeiras provas do Tudor United SportsCar Championship, lidera o carro #5 ao lado do britânico Alessandro Latif. No #6, o alemão Markus Winkelhock – único que permanece no time – terá um novo colega: o austríaco Niki Mayr-Melnhof, no que pareceu um troca-troca com Enzo Ide, agora na WRT.

Até agora, quinze carros estão confirmados para a temporada 2014. Aguarda-se para o mais breve possível, inclusive, a formação das duplas do BMW Team Brasil, no qual o Luc Monteiro garante ter ouvido de Antonio Hermann, que esteve in loco nos boxes de Interlagos, a confirmação de Nelsinho Piquet como um dos quatro pilotos do time. Cacá Bueno está garantido e Matheus Stumpf, que correu pelo time aqui no Brasil há uns dois anos, volta.

Eu também fiquei sabendo de um possível nome, que poderia ser o de Daniel Serra. Vamos ver se é por aí…

Bentley imbatível nos testes das séries Blancpain

file396369BRD_5452

RIO DE JANEIRO – O modelo Continental GT3 da britânica Bentley, marca hoje comandada pelo Volkswagen Auto Group (VAG), foi o mais veloz entre os carros que participaram nesta terça e quarta-feira dos treinos coletivos das séries Blancpain, congregando os carros da Sprint Series e da Endurance Series.

Quarenta e sete carros marcaram tempo e o #7 da M-Sport, que estreou nas 12h de Abu Dhabi no começo do ano com um convincente pódio, registrou 1’56″584, média de 180,395 km/h, no combinado dos dois dias. A surpresa foi o 2º mais rápido: o novo Chevrolet Camaro da Reiter Engineering – só que meio segundo mais lento que o Bentley.

O carro #1 da WRT, equipe que representa a Audi nas duas série Blancpain, ficou com a terceira colocação no agregado, seguido pelo #6 e pelo #5 da Phoenix Racing. A TDS Racing fechou o bloco das seis primeiras com sua BMW Z4 GT3 número #12, já a mais de um segundo do tempo do Bentley. Cinco marcas diferentes ficaram entre os dez primeiros, com a melhor Ferrari F458 Italia – a #11 da Kessel Racing – ocupando justamente a décima colocação.

217422_387017_img_4464

O BMW Sports Trophy Team Brasil, equipe dirigida por Washington Bezerra e Antonio Hermann, participou dos treinos em Paul Ricard com Cacá Bueno e Nelsinho Piquet. O tetracampeão da Stock Car não conhecia a pista e ficou satisfeito com o trabalho realizado pela equipe na pré-temporada do Blancpain Sprint Series. O carro #21 ficou em 20º lugar no somatório dos dois dias, com o tempo de 1’58″407.

“O balanço foi positivo. Em Nogaro, descobrimos algumas novidades, que não aumentaram a velocidade do carro, mas o deixaram com mais ritmo do que no ano passado. E foi importante também, pois nunca tínhamos realizado um teste particular na Europa”, afirmou Cacá.

217422_387015_img_1514

Nelsinho Piquet, que tem grande chance de disputar a temporada 2014 pela equipe brasileira, também gostou muito do primeiro contato com a BMW Z4 GT3 do time verde-e-amarelo. “Tirando os monopostos, nunca tinha andado num carro com tanta tecnologia, então estou aprendendo a usar a eletrônica de ajuda para o piloto que o carro proporciona. É bem diferente do que eu imaginava”, disse – arrancando elogios do chefe de equipe Washington Bezerra.

 “Ele fez um trabalho muito bom e todos na equipe tivemos um retorno muito positivo deste seu primeiro contato com o carro”, destacou. “Foram testes importantes e que nos ajudaram a trabalhar melhor o carro, visando a abertura da temporada. Os tempos do BOP em Paul Ricard não refletem muito a realidade, pois alguns carros ainda não estão com os restritores. Vamos aguardar o resultado da equalização no final do mês”, completou Bezerra.

Tempos completos aqui.

Fotos: Bentley Continental GT3 (Brecht Decancq), BMW Z4 (Tony Hermann), Nelsinho Piquet e Cacá Bueno (Tony Hermann)

Nelsinho no Blancpain Sprint Series

Nelsinho-Piquet

RIO DE JANEIRO – O site Italiaracing.net soltou a bomba: Nelsinho Piquet participará do Blancpain Sprint Series em 2014, pela equipe BMW Team Brasil. O filho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet pelo visto dá adeus ao sonho de fazer uma longa carreira na Nascar, como anteriormente previsto e planejado, para regressar ao continente europeu e fazer as sete provas do calendário do certame que compreende corridas em rodada dupla com duração de 60 minutos em cada bateria.

O companheiro de Nelsinho será Cacá Bueno, que continuará dividido entre a Stock Car e as provas internacionais do Blancpain Sprint Series. A equipe dirigida por Antonio Hermann e Washington Bezerra, que mudou sua base da Espanha para Portugal, fará um treino no Circuit Paul Armagnac, em Nogaro, nesta segunda-feira, para que Nelsinho trave seu primeiro contato com o carro – o modelo Z4 GT3. A equipe segue para Paul Ricard, também na França, onde no dia 12 acontece o teste coletivo dos times do Blancpain Sprint Series e do Blancpain Endurance Series, para definir o Balance of Performance (BoP) dos dois certames para a temporada 2014.

Confesso que estou surpreso com a mudança radical na carreira de Nelsinho Piquet. Acreditava ainda que ele pudesse voltar à Nascar e fazer algumas corridas de Truck, Nationwide ou mesmo de Sprint Cup, quer fossem nos ovais ou nos mistos. Não esperava que isso fosse acontecer – no caso a mudança para o Blancpain Sprint Series. Mas bem que haviam me avisado que a equipe brasileira teria uma “surpresa” neste ano.

Não podia imaginar que a surpresa era essa.

Adendo: após uma breve troca de mensagens com a assessoria de imprensa do piloto, fui informado que Nelsinho continuará morando em Charlotte e ainda tem planos de dar continuidade à sua carreira nos EUA. Como não conseguiu uma vaga full season para 2014, não estão descartadas outras opções no horizonte e o Blancpain Sprint Series, com calendário reduzido de provas, é um caminho.

Cesar Ramos em dose dupla pela WRT

146520_211690_cesar_ramos_rosto

RIO DE JANEIRO – O piloto gaúcho Cesar Ramos, de 24 anos, é o novo piloto da equipe belga WRT, que representa a Audi nas competições de Grã-Turismo na Europa. Após defender a Kessel Racing no Blancpain Endurance Series, ele vai continuar neste certame e também competirá no Blancpain Sprint Series, que sucede neste ano o FIA GT Series.

Cesar, nascido em Novo Hamburgo, terá como companheiro de equipe no carro #1 do time de Yves Weerts e Vincent Vosse o belga Laurens Vanthoor, uma das sensações do FIA GT Series no ano passado. Os dois também competirão juntos no BES, no qual terão o reforço do alemão Marc Basseng, um especialista em provas de Endurance.

A escuderia apresentou hoje o seu programa de motorsport para 2014, contemplando Blancpain Sprint Series, Blancpain Endurance Series e 24 Horas de Nürburgring. Nesta, vão alinhar um carro apenas, para Stéphane Ortelli/Edward Sändström/Roman Rusinov e um quarto piloto a ser ainda designado.

No Blancpain Sprint Series, além do carro de Ramos/Vanthoor, o time terá no Audi R8 LMS #2 a volta de Enzo Ide ao lado de René Rast. No carro #3, sob a égide da G-Drive Racing, Stéphane Ortelli e Roman Rusinov formam parceria. E no #4, uma dupla de novatos, formada pelo franco-polonês Mateusz Lisovski e por Vincent Abril, que vão competir na divisão Pro-Am.

A WRT vem com três carros no BES. O #1 com Ramos/Vanthoor/Basseng, o #3 terá Frank Stippler/Christopher Mies/James Nash – este último vindo do WTCC e o #4, que será inscrito na divisão Gentlemen Trophy, virá com Yves Weerts/Jean-Luc Blanchemain/Christian Kelders. Um quarto carro está certo para a disputa das 24 Horas de Spa-Francorchamps, a principal prova do campeonato.

Foto: arquivo (Correio do Povo)