Fernando Rees é o novo piloto da Aston Martin no WEC

_fr1

RIO DE JANEIRO – O piloto brasileiro Fernando Rees, de 29 anos, é o novo piloto da Aston Martin para a temporada 2014 do Mundial de Endurance (WEC). Após duas temporadas a bordo da escuderia francesa Larbre Competition com o Corvette C6-R na divisão LMGTE-AM, ele desligou-se do time de Jack Lecomte em janeiro deste ano e rapidamente iniciou negociações para permanecer na competição. O desfecho foi o mais feliz possível para ele, que correrá agora na LMGTE-PRO.

Fernando guiará o Aston Martin Vantage V8 spec 2014 número #99, inscrito em parceria com a Bamboo Engineering, antiga escuderia do Campeonato Mundial de Carros de Turismo, o WTCC. Inclusive, seus companheiros de pilotagem vêm deste certame: serão o britânico Alex MacDowall, de apenas 23 anos e o representante de Hong Kong Darryll O’Young, que faz 34 no próximo dia 26 de março.

“Tornar-me um piloto de fábrica, em uma das marcas mais prestigiosas do FIA WEC, representa uma conquista enorme na minha carreira. Realmente é uma continuação da progressão que tenho feito nos últimos anos, passo a passo. Sei que será um desafio muito grande, mas estou muito motivado para sair da zona de conforto que eu tinha na LMGTE-AM. Será um ano especial, com um mix de novos desafios e novas lições. Estou preparado!”, afirmou Fernando em mensagem a este blogueiro.

MOTORSPORT : FIA WEC WORLD ENDURANCE CHAMPIONSHIP 6 HOURS OF BAHRAIN ROUND 8 11/28-30/2013

Será, também, a primeira vez em que Rees vai disputar as 24 Horas de Le Mans. Nas duas participações anteriores do carro da Larbre em Sarthe, ele foi substituído. Em 2012, por Pedro Lamy. Ano passado, por Ricky Taylor. Nessa prova, a AMR terá seis bólidos, pois além dos quatro fixos do WEC, foram inscritos mais dois. Num deles, estará outro brasileiro: Bruno Senna desta vez optou por não dar continuidade à sua participação full season no Mundial e por enquanto só participa da prova francesa no carro #89. O #96, da LMGTE-AM, teoricamente apresentava Richie Stanaway como único piloto confirmado, mas no comunicado oficial da equipe não consta o nome de ninguém.

O construtor britânico anunciou também as demais formações para a temporada do Mundial de Endurance. No carro #97, estará a velha dupla de sempre, formada pelo britânico Darren Turner e o alemão Stefan Mücke, parceiros desde a primeira temporada do WEC há duas temporadas. Os carros spec 2013, da classe LMGTE-AM, não estão 100% definidos. O #98, por exemplo, tem apenas o canadense Paul Dalla Lana confirmado. Em contrapartida, o #95 que vem novamente com o suporte da Young Driver, é todo de dinamarqueses: Kristian Poulsen, Christoffer Nygaard, Nicki Thiim e a novidade David Heinemeier-Hänsson. Os quatro vão se revezar ao volante do carro ao longo do campeonato.

A Aston Martin Racing confirmou também que estará presente nas 24 Horas de Nürburgring, com um Vantage V12 GT3 preparado para Pedro Lamy/Stefan Mücke/Darren Turner. Aparições esporádicas no Blancpain Endurance Series, a exemplo do ano passado, quando venceram em Silverstone e estiveram nas 24 Horas de Spa-Francorchamps, estão na pauta e não devem ser descartadas.

Anúncios

WEC, 6h do Bahrein: Toyota vence a última, como prêmio de consolação

MOTORSPORT : FIA WEC WORLD ENDURANCE CHAMPIONSHIP 6 HOURS OF BAHRAIN ROUND 8 11/28-30/2013

RIO DE JANEIRO – Antes tarde do que nunca: a Toyota não passou o Mundial de Endurance (WEC) em branco e venceu enfim uma corrida de verdade, já que as 16 voltas das 6 Horas de Fuji foram todas em regime de Safety Car. Neste sábado, nas 6 Horas do Bahrein, que encerraram a temporada 2013 do campeonato, o trio formado por Sébastien Buemi/Stéphane Sarrazin/Anthony Davidson venceu a corrida sem sustos, confirmando o 3º lugar no Mundial de Pilotos para a trinca do carro #8.

AUTO - WEC 6 HOURS OF BAHRAIN 2013

A vitória foi conquistada numa prova atípica, onde dos cinco LMP1 presentes, três quebraram. O primeiro a desistir foi o Lola B12/60 Toyota da Rebellion Racing, com uma monumental explosão de motor. Logo depois, quem deu adeus foi o Toyota #7, que largou da pole position e chegou a ocupar a liderança da corrida no início. E mais tarde, quando a noite já se fazia presente em Sakhir, quebrou o câmbio do Audi R18 e-tron quattro #2 com Loïc Duval a bordo. Foi o primeiro abandono por falha mecânica de qualquer carro do construtor de Ingolstadt desde 2011.

AUTO - WEC 6 HOURS OF BAHRAIN 2013

Com tantos rivais fora do caminho, o Audi #1 de Marcel Fässler/Andre Lotterer/Bénoit Tréluyer, mesmo com uma penalização drive through por ultrapassar um adversário numa zona de bandeiras amarelas, acabou em segundo lugar. E em 3º na geral, algo que também não acontecia havia algum tempo – precisamente desde as 12h de Sebring, quando o WEC fez sua primeira corrida ano passado – um LMP2: o #26 da G-Drive Racing, com Roman Rusinov/Mike Conway/John Martin.

O pódio na segunda divisão de protótipos teve ainda Alex Brundle/Olivier Pla/David Heinemeier-Hänsson e a trinca da Greaves Motorsport formada por Björn Wirdheim/Wolfgang Reip/Jon Lancaster, que por sinal fez ótima corrida. A tripulação do #35 da OAK Racing fez o suficiente para levar o carro ao final em 4º na divisão e sétimo na geral. E com o resultado, Martin Plowman/Bertrand Baguette/Ricardo Gonzalez deram à equipe o título de 2013 entre as escuderias, vencendo também o World Endurance Trophy na divisão.

2013-6-Heures-de-Bahrein-6-HEURES-DE-BAHREIN-02113812-386.JPG_hd

Na LMGTE-PRO, o panorama deu uma guinada de 180º a favor da Ferrari e da AF Corse na última corrida da temporada. Justamente quando não podia e não devia, o modelo Vantage V8 da Aston Martin teve problemas de confiabilidade, deitando por terra o esforço do construtor britânico – que ambicionava vencer o WEC na classe de Grã-Turismo no centenário da marca.

O carro #97 dos então líderes do campeonato Darren Turner/Stefan Mücke começou a corrida enfrentando problemas de pneus e depois, uma repentina perda de potência atrapalhou o trabalho dos dois pilotos. O carro foi levado à garagem e de lá não saiu mais, após 109 voltas completadas. Também o #99, que poderia roubar pontos importantes dos rivais, sucumbiu: Bruno Senna e seus companheiros de equipe Pedro Lamy e Richie Stanaway abandonaram após 145 voltas percorridas.

Ferrari

Sem os britânicos no caminho, a AF Corse conquistou mais um título entre as equipes e a Ferrari virou o jogo na competição entre as marcas, levando a taça para Maranello. E com a modificação proposta por Amato Ferrari para a última corrida do ano, Gimmi Bruni levou o troféu de campeão da LMGTE sozinho, vencendo no Bahrein com Toni Vilander, resultado que rendeu à dupla o 9º lugar na classificação geral. Patrick Pilet/Jörg Bergmeister chegaram em segundo e Kamui Kobayashi/Giancarlo Fisichella completaram o pódio.

2013-6-Heures-de-Bahrein-6-HEURES-DE-BAHREIN-02113812-494_hd

Na LMGTE-AM, a Aston Martin se recompôs da frustração pela perda dos títulos relativos à divisão principal de Grã-Turismo: o carro #95 venceu mais uma vez com Nicki Thiim/Christoffer Nygaard/Kristian Poulsen e, com o 5º lugar no Bahrein, Stuart Hall e Jamie Campbell-Walter levaram o título do World Endurance Trophy na divisão, por um suado pontinho de vantagem. O pódio teve ainda Enzo Potolicchio/Rui Águas/Davide Rigon com o segundo posto e François Perrodo/Matt Griffin/Emmanuel Collard – ambas as trincas com Ferrari F458 – em segundo e terceiro, respectivamente.

O brasileiro Fernando Rees, da Larbre Competition, conseguiu um bom resultado na última corrida do ano – marcando talvez a despedida do Chevrolet Corvette C6-R do WEC. Ele e seus companheiros Patrick Bornhauser e Julien Canal acabaram em 4º lugar na classe e 17º na geral.

Confira a classificação final:

World Endurance Drivers Championship:

1. Loïc Duval/Tom Kristensen/Allan McNish – 162 pontos
2. Andre Lotterer/Marcel Fässler/Bénoit Tréluyer – 149,25
3. Anthony Davidson/Stéphane Sarrazin/Sébastien Buemi – 106,25
4. Alexander Wurz/Nicolas Lapierre – 69,5
5. Mathias Beche – 63,5
6. Nicolas Prost – 60
7. John Martin/Roman Rusinov/Mike Conway – 53
8. Nick Heidfeld – 48
9. Lucas Di Grassi/Marc Gené/Oliver Jarvis – 45
10. Bertrand Baguette/Martin Plowman/Ricardo González – 44,5

FIA Endurance Trophy for LMP2 Drivers:

1. Bertrand Baguette/Martin Plowman/Ricardo González – 141,5 pontos
2. Alex Brundle/David Heinemeier-Hänsson/Olivier Pla – 132,5
3. John Martin/Roman Rusinov/Mike Conway – 132
4. Luis Perez-Companc/Pierre Kaffer/Nicolas Minassian – 110
5. Tor Graves – 56
6. Jacques Nicolet – 51
7. James Walker – 44
8. Tom Kimber-Smith – 40
9. Björn Wirdheim – 37
10. Keiko Ihara – 35

World Endurance Cup for GT Drivers:

1. Gianmaria Bruni – 145 pontos
2. Giancarlo Fisichella – 135
3. Darren Turner/Stefan Mücke – 125,5
4. Marc Lieb/Richard Lietz – 123
5. Toni Vilander – 108
6. Patrick Pilet/Jörg Bergmeister – 99,5
7. Kamui Kobayashi – 98
8. Bruno Senna – 94
9. Fréderic Makowiecki – 73,5
10. Romain Dumas – 72

FIA Endurance Trophy for GTE-AM Drivers:

1. Jamie Campbell-Walter/Stuart Hall – 129
2. Enzo Potolicchio/Rui Águas – 128
3. Jean-Karl Vernay/Raymond Narac – 122
4. Christoffer Nygaard/Kristian Poulsen – 104,5
5. Patrick Bornhauser/Julien Canal – 97
6. Christian Ried/Gianluca Roda/Paolo Ruberti – 76,5
7. Fernando Rees – 73
8. Christophe Bourret e Matt Griffin – 68
10. Davide Rigon – 67

WEC, 6h do Bahrein: Toyota em dobradinha no último treino de 2013

MOTORSPORT : FIA WEC WORLD ENDURANCE CHAMPIONSHIP 6 HOURS OF BAHRAIN ROUND 8 11/28-30/2013

RIO DE JANEIRO – A Toyota monopoliza a primeira fila para as 6 Horas do Bahrein, última etapa do Campeonato Mundial de Endurance (WEC), que acontece neste sábado no circuito de Sakhir. Alex Wurz e Kazuki Nakajima foram os responsáveis por classificar o TS030 Hybrid #7, que levou a pole position com a média de melhores voltas dos dois pilotos em 1’42″449. Stéphane Sarrazin e Anthony Davidson qualificaram o #8 e ficaram com o 2º tempo, a 0″332 da média da pole.

Os Audi R18 e-tron quattro ficaram com a segunda fila do grid: o #1, partilhado por Marcel Fässler e Andre Lotterer na qualificação, ficou com o tempo médio de 1’42″976, mais de meio segundo acima da pole, enquanto o #2 de Loïc Duval e Allan McNish, que se revezaram a bordo, foi o quarto a 0″696 de Wurz e Nakajima. Único inscrito entre os LMP1 não-oficiais, o Lola #12 da Rebellion Racing foi partilhado por Mathias Beche e Nicolas Prost, ficando a 4″279 do melhor tempo acumulado.

MOTORSPORT : FIA WEC WORLD ENDURANCE CHAMPIONSHIP 6 HOURS OF BAHRAIN ROUND 8 11/28-30/2013

Na divisão LMP2, o francês Nicolas Minassian e o alemão Pierre Kaffer levaram a melhor com o Oreca 03 Nissan #49 da Pecom Racing. Os dois conseguiram a pole da subclasse e o 6º tempo geral, com 1’50″941, menos de um décimo de segundo abaixo do #26 da G-Drive Racing, partilhado no treino oficial por Mike Conway e John Martin. Olivier Pla e Alex Brundle deixaram o Morgan #24 da OAK Racing na terceira colocação, a mais de sete décimos no tempo acumulado, enquanto a quarta posição foi do Zytek Z11SN Nissan que Björn Wirdheim e Jon Lancaster dividiram na qualificação.

Líderes do campeonato, os pilotos do #35 da OAK Racing não foram além do 6º lugar. Bertrand Baguette e Martin Plowman (Ricardo Gonzalez completa a trinca) acabaram a 1″436 do tempo médio dos poles da classe. Só foram mais velozes que os dois Lotus T128 e que o Morgan #45 de Jacques Nicolet/David Cheng/Keiko Ihara.

Três formações ainda lutam pelo título de pilotos: Baguette/Plowman/Gonzalez somam 129,5 pontos, contra 114,5 de Brundle/Pla/Heinemeier-Hänsson e 107 de Martin/Conway/Rusinov.

MOTORSPORT : FIA WEC WORLD ENDURANCE CHAMPIONSHIP 6 HOURS OF BAHRAIN ROUND 8 11/28-30/2013

A Porsche, que aproveitou o fim de semana barenita para estrear o modelo 2014 – e confirmar a permanência da equipe oficial na divisão LMGTE-PRO, superou Aston Martin e Ferrari, obtendo a dobradinha na classificação. Marc Lieb e Richard Lietz fecharam o treino com o tempo de 1’58″833, contra 1’58″960 de Jörg Bergmeister e Patrick Pilet. Darren Turner e Stefan Mücke ficaram em terceiro, com a média de 1’59″038.

Gimmi Bruni e Toni Vilander puseram a Ferrari #51 da AF Corse em quarto, com 1’59″049, a 0″216 da pole. O carro #99 do brasileiro Bruno Senna, partilhado com Pedro Lamy e Richie Stanaway ficou em quinto, a apenas 0″334 do melhor tempo do grupo, enquanto Giancarlo Fisichella e Kamui Kobayashi fecharam o treino oficial a 0″626 de Lieb/Lietz.

Com a pole, a dupla do Porsche #92 começa a etapa do Bahrein com 111 pontos e em 3º lugar no campeonato, com chances de ainda conquistar o título. Correndo separados, Giancarlo Fisichella e Gianmaria Bruni estão em segundo com 120 e a liderança é de Darren Turner/Stefan Mücke, com 125,5 pontos. Bruno Senna é o quarto colocado, com 94.

MOTORSPORT : FIA WEC WORLD ENDURANCE CHAMPIONSHIP 6 HOURS OF BAHRAIN ROUND 8 11/28-30/2013

A Aston Martin teve que se contentar com a pole position da LMGTE-AM, graças a Nicki Thiim e Christoffer Nygaard, que se revezaram a bordo do #95 e marcaram a média de 2’00″303, apenas 0″034 melhor que a Ferrari #81 revezada pelo português Rui Águas e pelo italiano Davide Rigon. Stuart Hall e Jamie Campbell-Walter conduziram o outro Aston ao terceiro tempo do grupo, seguidos pela Ferrari #61 de Matt Griffin e Manu Collard, com o Porsche #76 da IMSA Performance Matmut em quinto.

O Corvette da Larbre Competition só conseguiu completar uma volta: com problemas mecânicos, Fernando Rees e Julien Canal não puderam fazer mais nada e o carro #50 larga da 28ª e última posição do grid.

Amanhã, o blog A Mil Por Hora terá o live streaming com a íntegra das 6h do Bahrein. A transmissão começa pouco antes das 10h da manhã, pelo horário de Brasília.

Acompanhe o treino classificatório no vídeo abaixo.

WEC, 6h do Bahrein: Toyota confirma no treino noturno

MOTORSPORT : FIA WEC WORLD ENDURANCE CHAMPIONSHIP 6 HOURS OF BAHRAIN ROUND 8 11/28-30/2013

RIO DE JANEIRO – Os carros do Mundial de Endurance (WEC) voltaram ao circuito de Sakhir nesta quinta-feira para mais uma sessão de treinos livres, desta vez noturna. E novamente a Toyota saiu com o melhor tempo. O carro #8, com o suíço Sébastien Buemi, registrou a melhor volta em 1’44″516 – bem mais lento portanto que o tempo registrado na primeira sessão pelo austríaco Alex Wurz no #7.

Marcel Fässler, no Audi e-tron #1, ficou com a segunda posição – 1’44″721, enquanto Kazuki Nakajima fez a melhor volta a bordo do outro Toyota – que provocou uma bandeira vermelha interrompendo o treino, após uma rodada na curva #15. O japonês virou em 1’44″793 num treino bem mais equilibrado entre japoneses e alemães do que a primeira sessão. A diferença foi inferior a três décimos entre o primeiro e o quarto mais veloz, que foi o dinamarquês Tom Kristensen no e-tron #2. Mathias Beche foi o mais rápido do trio do Lola #12 da Rebellion: o suíço marcou 1’47″323, um tempo bem melhor que na primeira sessão.

Na LMP2, o francês Nicolas Minassian fez a melhor volta do treino com o #49 da Pecom Racing. O piloto virou em 1’51″798 contra 1’51″882 do belga Bertrand Baguette. Os dois melhoraram a marca de Alex Brundle na primeira sessão de treinos livres – assim como o australiano John Martin, 3º mais rápido com o #26 da G-Drive Racing. Björn Wirdheim mais uma vez esteve bem com o Zytek #41 da Greaves e foi o quarto, à frente do #24 da OAK Racing, com Olivier Pla registrando o melhor tempo do Morgan do time de Jacques Nicolet.

Confira no vídeo abaixo a expectativa dos pilotos que brigam pelo título na classe LMP2.

Estreando a versão 2014 do seu modelo 991, a Porsche mandou bem no treino noturno entre os carros da LMGTE-PRO. Richard Lietz também baixou da barreira dos 2 minutos, mas não conseguiu melhorar o tempo registrado por Darren Turner mais cedo: o austríaco cravou 1’59″730, contra 2’00″176 de Stefan Mücke, que foi o mais rápido a bordo do Aston #97 dessa vez. Patrick Pilet ficou em terceiro com 2’00″329 e o português Pedro Lamy foi o quarto, 0″021 apenas atrás do francês.

Bruno Senna, que já conhece a pista de suas participações na Fórmula 1, andou pouco no treino noturno. Deu apenas cinco voltas – a melhor delas em 2’02″894.

Na divisão LMGTE-AM, quem reapareceu – e muito bem – foi o veterano francês Manu Collard. A bordo da Ferrari #61 da AF Corse, o piloto da terra da Bastilha ficou com o melhor tempo da sessão noturna – 2’00″631, melhor do que Nicki Thiim no primeiro treino. O dinamarquês foi o segundo a bordo do Aston Martin #95, com 2’01″329, quase três décimos abaixo do tempo de Fernando Rees, terceiro mais veloz do treino com o Corvette #50 da Larbre Competition.

Maurizio Mediani fez o 4º tempo do grupo com a Ferrari #57 da Krohn Racing, seguido pelo #76 da IMSA Performance Matmut – guiado por Jean-Karl Vernay e pelo Aston Martin #96 de Jamie Campbell-Walter.

Confira no vídeo abaixo a expectativa dos competidores que brigam pelo título da LMGTE-AM.

As atividades de pista para as 6 Horas do Bahrein têm sequência nesta sexta-feira. O terceiro e último treino livre será disputado a partir de 10h25 locais (5h25 de Brasília), com duração de 60 minutos. O treino classificatório acontece a partir de 15h45 no Bahrein, 10h25 pelo horário de Brasília – com transmissão ao vivo no blog, via live streaming.

WEC, 6h do Bahrein: Toyota abre treinos livres no comando

2013_Shanghai_Saturday_7

RIO DE JANEIRO – Deu Toyota na primeira atividade oficial de pista para a 8ª e última etapa do Campeonato Mundial de Endurance (WEC), no circuito de Sakhir, no Bahrein. O carro #7 guiado pelo austríaco Alex Wurz cravou a melhor volta da sessão de 1h30min em 1’43″192, um segundo e meio mais veloz do que o alemão Andre Lotterer, que no Audi e-tron quattro #1 registrou a segunda melhor marca da sessão.

Tom Kristensen foi o 3º mais rápido, com 1’45″091 no Audi #2, seguido pelo Toyota #8 de Stéphane Sarrazin, que registrou 1’45″151. Fechando a raia dos LMP1, veio o Lola da Rebellion, na despedida das pistas do carro construído pela lendária marca de Huntingdon. Mathias Beche, o mais veloz dos três pilotos do #12, ficou a 5″549 da marca de Wurz.

Na LMP2, melhor tempo para o #24 da OAK Racing: Alex Brundle cravou 1’52″389, quase meio segundo abaixo do australiano John Martin, da G-Drive Racing. Martin Plowman foi o terceiro mais rápido a bordo do #35 do time de Jacques Nicolet, seguido do Oreca #49 de Pierre Kaffer e do Zytek #41 do sueco Björn Wirdheim. Todos separados por menos de um segundo. Em sexto veio o Oreca #25, com Robbie Kerr. Wolfgang Reip e Jon Lancaster, que estreiam no WEC neste fim de semana, tiveram ótima adaptação e andaram quase no mesmo ritmo do experiente Wirdheim. Craig Dolby foi o único dos pilotos da divisão que não registrou tempo no primeiro treino livre.

Darren Turner apresentou armas com o Aston Martin #97 entre os LMGTE-PRO, sendo o único piloto a girar abaixo de 2 minutos. O britânico registrou 1’59″565, nove décimos mais rápido que o finlandês Toni Vilander – que por uma decisão da AF Corse foi remanejado para o carro #51 na etapa do Bahrein, onde correrá em parceira com Gimmi Bruni. Marc Lieb fez o terceiro melhor tempo no Porsche #92 e Bruno Senna foi o mais rápido dos pilotos do Aston #99, marcando 2’00″630, a 1″065 de Turner.

Também na LMGTE-AM, a Aston Martin começou bem: Nicki Thiim foi o mais veloz do primeiro treino, com o tempo de 2’00″851, 0″436 à frente do italiano Paolo Ruberti, num Porsche da Proton Competition. A terceira posição foi de JK Vernay, da IMSA Performance Matmut, com Davide Rigon em quarto, Matt Griffin em quinto e Julien Canal, da equipe do brasileiro Fernando Rees, em sexto – todos rigorosamente dentro do mesmo segundo. Depois, vieram o Aston #96 de Jamie Campbell-Walter e a Ferrari da Krohn Racing, guiada por Nic Jönsson.

Ainda nesta quinta-feira, os pilotos voltam ao circuito de Sakhir para mais uma sessão de treinos livres. A atividade de pista – noturna, aliás – começa às 19h30 no Bahrein, 14h30 pelo horário de Brasília.

Última etapa do WEC terá 28 carros

2012-6-Heures-de-Bahrein-13--REBELLION-RACING-(CHE)---LM-P1---LOLA-B12-60-COUPE---TOYOTA--LF12199_n

RIO DE JANEIRO – Os organizadores do Campeonato Mundial de Endurance (WEC) já divulgaram, com antecedência de semanas, a lista provisória de inscritos para as 6 Horas do Bahrein, oitava e última etapa da temporada 2013, que se disputa no último sábado de novembro em Sakhir.

Os carros que viajam para o Oriente Médio provenientes da China serão os mesmos que disputaram a 7ª etapa em Xangai no último fim de semana. Ou seja: 28 bólidos vão competir no encerramento do WEC – cinco na classe LMP1, nove na LMP2, seis na LMGTE-PRO e oito na LMGTE-AM.

A Toyota, que havia prometido alinhar o segundo TS030 Hybrid só em Fuji por questões mercadológicas e estratégicas, mudou de ideia e volta a pôr – assim como em Xangai – o carro #7 que terá tripulação completa: Alex Wurz e Nicolas Lapierre terão a companhia de Kazuki Nakajima. A Rebellion Racing fará a despedida do modelo Lola B12/60 Toyota, que será substituído pelo protótipo construído pelo time suíço em parceria com a francesa Oreca, com Andrea Belicchi e Mathias Beche ao lado de Nicolas Prost, único confirmado do time para 2014.

Na LMP2, novidades nos carros #25 da Delta-ADR e #41 da Greaves Motorsport: por conta de uma parceria já costurada com a Gulf Racing Middle East para a próxima temporada, o time de Alan Docking traz Fabién Giroix na etapa barenita para o lugar do tailandês Tor Graves. E na Greaves, duas estreias: o piloto de GP2 Series Jon Lancaster terá seu primeiro contato com os protótipos, bem como o belga Wolfgang Reip, egresso do Nissan GT Driver Academy e colega de Mark Shulzhitskiy, que debutou no WEC na China. Na Lotus, outra alteração entre os inscritos é a confirmação do austríaco Lucas Auer, 4º colocado no Europeu de Fórmula 3, no carro #31 junto a Kevin Weeda e Vitantonio Liuzzi. Auer, de 19 anos, é sobrinho do antigo piloto de Fórmula 1 Gerhard Berger.

O brasileiro Bruno Senna foi confirmado mais uma vez a bordo do Aston Martin Vantage V8 #99, que dividirá mais uma vez com o português Pedro Lamy e com Richie Stanaway, como já ocorrera na corrida da China, onde o trio chegou em 2º lugar na classe LMGTE-PRO. Nos demais carros, nenhuma novidade.

Fernando Rees também marca presença no Bahrein: ele estará a bordo do Corvette C6-R da Larbre Competition, naquela que pode ser a corrida de despedida do “trovão” do WEC. Aguardemos pela possibilidade do Corvette ainda ser visto no Mundial ano que vem, quer seja com um modelo antigo, de 2013 – ou, numa hipótese bem remota, como o novo C7-R, já garantido no Tudor United SportsCar Championship e nas 24h de Le Mans.

Confira os inscritos:

title-lmp1

#1 AUDI SPORT TEAM JOEST DEU
Audi R18 e-tron quattro (M)
Marcel Fässler/Andre Lotterer/Bénoit Tréluyer

#2 AUDI SPORT TEAM JOEST DEU
Audi R18 e-tron quattro (M)
Tom Kristensen/Allan McNish/Loïc Duval

#7 TOYOTA RACING JPN
Toyota TS030 Hybrid (M)
Alex Wurz/Nicolas Lapierre/Kazuki Nakajima

#8 TOYOTA RACING JPN
Toyota TS030 Hybrid (M)
Sébastien Buemi/Stéphane Sarrazin/Anthony Davidson

#12 REBELLION RACING CHE
Lola B12/60 Toyota (M)
Andrea Belicchi/Mathias Beche/Nicolas Prost

title-lmp2

#24 OAK RACING FRA
Morgan LMP2 Nissan (D)
Alex Brundle/Olivier Pla/David Heinemeier-Hänsson

#25 DELTA-ADR GBR
Oreca 03 Nissan (D)
Fabién Giroix/Craig Dolby/Robbie Kerr

#26 G-DRIVE RACING RUS
Oreca 03 Nissan (D)
Mike Conway/John Martin/Roman Rusinov

#31 LOTUS PRAGA CZE
Lotus Praga T128 (D)
Kevin Weeda/Lucas Auer/Vitantonio Liuzzi

#32 LOTUS PRAGA CZE
Lotus Praga T128 (D)
Thomas Josef Holzer/Jan Charouz/Dominik Kraihamer

#35 OAK RACING FRA
Morgan LMP2 Nissan (D)
Bertrand Baguette/Martin Plowman/Ricardo Gonzalez

#41 GREAVES MOTORSPORT GBR
Zytek Z11SN Nissan (D)
Björn Wirdheim/Jon Lancaster/Wolfgang Reip

#45 OAK RACING FRA
Morgan LMP2 Nissan (D)
Jean-Marc Merlin/Keiko Ihara/Jacques Nicolet

#49 PECOM RACING ARG
Oreca 03 Nissan (M)
Nicolas Minassian/Pierre Kaffer/Luis Perez-Companc

title-lmgte-pro

#51 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia (M)
Giancarlo Fisichella/Gianmaria Bruni

#71 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia (M)
Kamui Kobayashi/Toni Vilander

#91 PORSCHE AG TEAM MANTHEY DEU
Porsche 911 (991) GT3 RSR (M)
Jörg Bergmeister/Patrick Pilet

#92 PORSCHE AG TEAM MANTHEY DEU
Porsche 911 (991) GT3 RSR (M)
Richard Lietz/Marc Lieb

#97 ASTON MARTIN RACING GBR
Aston Martin Vantage V8 (M)
Darren Turner/Stefan Mücke

#99 ASTON MARTIN RACING GBR
Aston Martin Vantage V8 (M)
Bruno Senna/Pedro Lamy/Richie Stanaway

title-lmgte-am

#50 LARBRE COMPETITION FRA
Chevrolet Corvette C6-R (M)
Fernando Rees/Julian Canal/Patrick Bornhauser

#57 KROHN RACING USA
Ferrari F458 Italia (M)
Tracy Krohn/Nic Jönsson/Maurizio Mediani

#61 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia (M)
François Perrodo/Matt Griffin/Emmanuel Collard

#76 IMSA PERFORMANCE MATMUT FRA
Porsche 911 (997) GT3 RSR (M)
Jean-Karl Vernay/Raymond Narac/Markus Palttala

#81 8STAR MOTORSPORTS USA
Ferrari F458 Italia (M)
Enzo Potolicchio/Rui Águas/Davide Rigon

#88 PROTON COMPETITION DEU
Porsche 911 (997) GT3 RSR (M)
Christian Ried/Gianluca Roda/Paolo Ruberti

#95 ASTON MARTIN RACING GBR
Aston Martin Vantage V8 (M)
Nicki Thiim/Christoffer Nygaard/Kristian Poulsen

#96 ASTON MARTIN RACING GBR
Aston Martin Vantage V8 (M)
Jamie Campbell-Walter/Stuart Hall/Roald Goethe

Doce rotina: mais uma vitória da Audi e título antecipado para Kristensen/McNish/Duval

AUTO - WEC 6 HOURS OF SHANGHAI 2013

RIO DE JANEIRO – A doce rotina de vitórias e conquistas da Audi não tem fim no Campeonato Mundial de Endurance (WEC). Neste sábado, o construtor alemão venceu pela sexta vez em sete etapas, com o carro #1 de Bénoit Tréluyer/Marcel Fässler/Andre Lotterer superando a Toyota #7 de Alex Wurz/Nicolas Lapierre, após um domínio dos japoneses – que fazia crer que os “Corollões”, como diz meu chapa Flavio Gomes, não perderiam desta vez. Mas perderam. E com direito a uma ultrapassagem de Tréluyer sobre Wurz, para ninguém botar defeito.

A manobra que decidiu a corrida veio um pouco depois do último pit stop. A Toyota optou por fazer um splash and dash no carro, conservando os pneus mais gastos, pretendendo com isso ganhar tempo em relação ao Audi. Só que a vantagem era de 35 segundos antes da parada, insuficientes para deixar o TS030 Hybrid com uma razoável margem sobre o carro dos rivais.

Tréluyer veio “babando” para cima de Wurz e o austríaco conseguiu ainda ficar na frente por pelo menos uma volta e meia. Na saída de um trecho de curvas de baixa, os dois pegaram retardatários pelo caminho. E vale lembrar que no WEC ninguém estende tapete vermelho para os carros mais velozes. Wurz hesitou ao tentar passar um protótipo Morgan LMP2 e o francês mergulhou no meio dos dois carros. Passou, abriu e venceu. Terceira vitória da trinca campeã mundial do ano passado – tudo isso depois de uma série de dificuldades no começo da corrida, que incluíram um toque com um retardatário e um furo lento num dos pneus.

24h Le Mans 2013

Por falar em campeonato, o título do Mundial de Pilotos já tem dono: com o 3º lugar em Xangai, Allan McNish/Tom Kristensen/Loïc Duval faturaram por antecipação a taça de campeões do WEC em 2013. Eles chegaram ao total de 162 pontos, contra 131,25 dos companheiros de escuderia. Com 26 pontos em jogo na última corrida no Bahrein, não podem mais ser alcançados.

MOTORSPORT : FIA WEC WORLD ENDURANCE CHAMPIONNSHIP 6 HOURS OF SHANGHAI 11/08-09/2013

Na divisão LMP2, a G-Drive Racing chegou à terceira vitória nas últimas quatro corridas. A trinca formada por John Martin/Roman Rusinov/Mike Conway mais uma vez fez um ótimo trabalho e o triunfo foi incontestável, com vantagem de 34″240 para o Morgan #24 da OAK Racing guiado por Olivier Pla/Alex Brundle/David Heinemeier-Hänsson.

Com o 3º lugar na classe, a trinca Martin Plowman/Bertrand Baguette/Ricardo Gonzalez segue na liderança do campeonato com 129,5 pontos. A disputa pelo título ainda está em aberto, pois Pla/Brundle/Heinemeier-Hänsson somam 114,5 pontos e Martin/Conway/Rusinov têm 107.

MOTORSPORT : FIA WEC WORLD ENDURANCE CHAMPIONNSHIP 6 HOURS OF SHANGHAI 11/08-09/2013

A Aston Martin venceu mais uma vez – e em dobradinha – na LMGTE-PRO, graças a Darren Turner/Stefan Mücke, seguidos por Pedro Lamy/Bruno Senna/Richie Stanaway, que fizeram um excelente trabalho. O resultado da corrida favoreceu a dupla do #97, pois com o 4º lugar de Gimmi Bruni/Giancarlo Fisichella, Turner e Mücke voltaram a comandar a classificação da Copa do Mundo de Endurance para pilotos de GT. Eles somam 125,5 pontos contra 120 de Bruni e Fisico. Bruno Senna está na quarta colocação, com 94 pontos.

MOTORSPORT : FIA WEC WORLD ENDURANCE CHAMPIONNSHIP 6 HOURS OF SHANGHAI 11/08-09/2013

O construtor britânico poderia ter vencido também na LMGTE-AM, onde o #95 de Nicki Thiim/Christoffer Nygaard/Kristian Poulsen liderou as primeiras 100 voltas – até quebrar e abandonar. Com a saída dos ponteiros, a 8Star Motorsports teve muitos méritos para assumir a ponta e de lá não mais sair. Enzo Potolicchio/Rui Águas/Davide Rigon levaram a quadriculada com quase uma volta de vantagem para o trio formado por JK Vernay/Raymond Narac/Markus Palttala. Mas a Aston não teve do que se queixar: o pódio teve pelo menos um carro de fábrica, guiado por Stuart Hall/Jamie Campbell-Walter/Jonathan Adam.

Com o resultado em Xangai, Campbell-Walter e Hall lideram o Troféu de Endurance da FIA para a classe LMGTE-AM com 119 pontos contra 114 de Vernay e Narac. Com o 5º lugar na divisão, conquistado neste sábado, o brasileiro Fernando Rees passou para oitavo nesta classificação, com 61 pontos.

O WEC despede-se da temporada 2013 no Bahrein. O circuito de Sakhir recebe a última etapa no próximo dia 30, daqui a três sábados, a partir de 15h locais. A corrida terminará totalmente à noite no traçado barenita.

Fotos: DPPI, Vision Sport Agency e Audi Communications Motorsport