Ponto de ônibus (24)

affb416f722ef929604bf2ea4bed6345

RIO DE JANEIRO – Verdadeira lenda entre os busólogos: assim é considerado o Ciferal Papo Amarelo, concebido com um desenho de carroceria que está entre os mais cultuados pelos fãs de ônibus. O Papo Amarelo foi junto ao Cisne, já menos popular, um dos primeiros modelos lançados pela empresa carioca, em 1961. Sua produção perdurou até 1969, quando vieram os modelos Líder e Turbo Jumbo. Antes, em 1964, já havia o Ciferal Flecha de Prata.

Aqui, na foto, está um dos ônibus dos anos 60/70 da Viação Itapemirim, com a sua tradicional pintura. A carroceria Ciferal Papo Amarelo está montada num chassi Mercedes-Benz O-321. A foto é do site Ônibus Brasil e pertence ao acervo do sr. Augusto A. dos Santos, como identificado pelo rodapé.

Anúncios

Ponto de ônibus (10)

108045103RIO DE JANEIRO – Em algum lugar do passado, anos 70, modelo Ciferal Líder da Viação Itapemirim, da série Rodonave II com poltronas leito, ar condicionado, toilette e música a bordo. O suprassumo de ônibus naquela década, depois que as companhias aéreas estrilaram contra as rodomoças que atuavam nos ônibus da Única e da Cometa, especialmente no serviço Rio-São Paulo-Rio.

 

Ponto de ônibus (6)

onibus_evanail_anos_70_gRIO DE JANEIRO – Belo exemplar de ônibus da Empresa Viação Nova Iguaçu Ltda., mais conhecida como EVANIL. O modelo da foto é um Ciferal Líder, fabricado entre 1969 e 1982, com variações estéticas. A EVANIL é a empresa responsável pela linha Castelo-Nova Iguaçu, anteriormente com ponto na Praça Mauá, onde os ônibus chamados “Tarifa A” faziam parada, na antiga Rodoviária do Rio de Janeiro. Após as obras do Porto Maravilha, o terminal foi extinto e foi criado nas imediações do terminal o Museu de Arte do Rio.