Oliveira/Yasuda vencem 500 km de Fuji e lideram campeonato

14R2Fuji_win_GT500_12

RIO DE JANEIRO – Banzai! João Paulo de Oliveira e Hironobu Yasuda venceram neste domingo os 500 km de Fuji, 2ª etapa do Super GT japonês. Largando da pole position, a dupla do Calsonic Team Impul dominou amplamente as 110 voltas da disputa e após 3h07min de disputa, receberam a quadriculada com quase 25 segundos para cima dos atuais campeões Kohei Hirate/Yuji Tachikawa.

Com esse resultado, somado ao 3º posto em Okayama a dupla assumiu a liderança do campeonato com 31 pontos. Isso significa que Oliveira/Yasuda vão para a próxima corrida, em Autopolis, carregando nada menos que 62 kg de lastro adicional, quarenta a mais do que em Fuji.

Os modelos Nissan e Lexus continuam melhores que os Honda NSX neste começo de campeonato do Super GT. Entre os dez primeiros, nove eram das duas primeiras marcas, com o único Honda que terminou a corrida – o de Naoki Yamamoto/Jean-Karl Vernay – na 10ª posição. No último lugar do pódio ficou a dupla formada por Kazuya Oshima/Yuji Kunimoto.

O veterano Michael Krumm fez excelente corrida e chegou em 4º, correndo em dupla com Daiki Sasaki. Vencedores em Okayama, Andrea Caldarelli/Daisuke Ito completaram os cinco primeiros.

Na GT300, cuja disputa foi marcada pelo forte acidente do Lamborghini de Manabu Orido/Takayuki Aoki, mais uma vez deu BMW – e de novo com a dupla Nobuteru Taniguchi/Tatsuya Kataoka, para a alegria do folclórico chefe de equipe do time, ninguém menos que Ukyo Katayama. A dupla completou 102 voltas e venceu com apenas 1″061 de vantagem para a Mercedes da equipe Gainer Dixcel, guiada por Katsuyuki Hiranaka/Björn Wirdheim.

Com mais um triunfo, a dupla do carro #4 atinge a pontuação máxima na temporada e em Autopolis terão que competir com nada menos que 80 kg de troféu bigorna. O carro campeão do ano passado, guiado por Tomoki Nojiri/Yukhi Nakayama, completou o pódio em Fuji.

Pole position da divisão, a dupla Kazuki Hoshino/Lucas Ordonez acabou em 5º lugar, atrás dos experientes Jörg Müller/Seiji Ara, noutra BMW. O Toyota Prius com sistema híbrido chegou em 6º, à frente do McLaren da Cars Tokäi Dream 28. Completaram os 10 primeiros a Mercedes da equipe Leon e dois Nissan, da STP Gaia Taisan e da Iwasaki APR.

Classificação do campeonato após 2 etapas:

GT500

1. Hironobu Yasuda/João Paulo de Oliveira – 31 pontos
2. Daisuke Ito/Andrea Caldarelli e Kazuya Oshima/Yuji Kunimoto – 26
4. Yuji Tachikawa/Kohei Hirate – 15
5. Oliver Jarvis/Hiroaki Ishiure – 13
6. Michael Krumm/Daiki Sasaki – 8
7. Naoki Yamamoto/Jean-Karl Vernay e Tsugio Matsuda/Ronnie Quintarelli – 7
9. Koudai Tsukakoshi/Toshihiro Kaneishi – 5
10. Yuhi Sekiguchi/Juichi Wakisaka – 4
11. Vitantonio Liuzzi/Kosuke Matsuura – 3
12. James Rossiter, Ryo Hirakawa e Takashi Kogure/Hideki Mutoh – 2
15. Satoshi Motoyama/Masataka Yanagida – 1

GT300

1. Nobuteru Taniguchi/Tatsuya Kataoka – 40
2. Katsuyuki Hiranaka/Björn Wirdheim – 26
3. Jörg Müller/Seiji Ara – 23
4. Kazuki Hoshino/Lucas Ordonez – 14
5. Yukhi Nakayama/Tomoki Nojiri – 13
6. Haruki Kurosawa/Kyosuke Mineo – 9
7. Shinichi Takagi/Takashi Kobayashi e Morio Nitta/Koki Saga – 5
9. Kazuho Takahashi/Hiroki Katoh e Shinya Hosokawa/Koji Yamanishi – 4
11. Richard Lyons e Tomonobu Fujii – 3
13. Naoki Yokomizo/Shogo Mitsuyama – 2
14. Masayuki Ueda/Hideki Yamauchi e Yuki Iwasaki/Masami Kageyama – 1

Anúncios

Oliveira brilha e crava pole no Super GT

4451420140503183557

RIO DE JANEIRO – Na segunda corrida do Super GT dentro do novo regulamento técnico, o brasileiro João Paulo de Oliveira mostrou o que sabe e o que vale na qualificação para os 500 km de Fuji, 2ª etapa do campeonato que acontece nesta madrugada brasileira de domingo.

Com o Nissan #12 da foto, que reparte neste ano com Hironobu Yasuda, o piloto da equipe Calsonic Team Impul  foi o único a virar abaixo de 1’29” – precisamente 1’28″799, média de 184,989 km/h e quase meio segundo mais baixo que o tempo de Satoshi Motoyama, também com outro Nissan GT-R, mas inscrito pela escuderia S-Road Mola.

O italiano Ronnie Quintarelli colocou mais um carro da marca em 3º lugar no grid, cabendo a James Rossiter (substituto de Kazuki Nakajima) o melhor resultado entre os Lexus RC-F inscritos a 4ª posição. Vencedores na abertura em Autopolis, Daisuke Ito/Andrea Caldarelli vão largar de oitavo, na quarta fila.

Nenhum dos Honda NSX Concept GT avançou para o Q2 em Fuji: o melhor foi o #18 de Naoki Yamamoto/Jean-Karl Vernay, com a 11ª posição. Bertrand Baguette e seu parceiro Daisuke Nakajima largam de décimo-quarto, logo à frente de Kosuke Matsuura/Vitantonio Liuzzi.

Também deu Nissan na pole da GT300: o carro #3 de Lucas Ordonez/Kazuki Hoshino foi o único a rodar abaixo de 1’38” no Q2, com o espanhol a marcar o melhor tempo da sessão que definiu o melhor tempo – 1’37″841, contra 1’38″034 do segundo colocado Kota Sasaki, da Subaru. Shinichi Takagi sai em 3º com o Honda CR-Z da ARTA, enquanto Yuki Iwasaki fez o quarto tempo noutro Nissan.

Vencedores na abertura em Okayama com a BMW da equipe de Ukyo Katayama (sim, ele mesmo!), Nobuteru Taniguchi/Tatsuya Kataoka partem em nono entre os carros desta divisão. O Honda CR-Z do Team Mugen, campeão do ano passado, parte em 5º lugar.

Larbre anuncia participação no WEC após Le Mans

MOTORSPORT : EUROPEAN LE MANS SERIES TEST 04/01-02/2014RIO DE JANEIRO – Grande notícia para o Mundial de Endurance: a partir de setembro, quando a segunda parte da temporada começar fora do território europeu, a Larbre Competition volta às pistas do FIA WEC com seu novo carro – o Morgan Judd LMP2 que ilustra este post.

O anúncio foi feito por Jack Lecomte e Jacques Nicolet nesta quinta-feira, após o desempenho extremamente promissor do protótipo comercializado pela Onroak Automotive durante o The Prologue do European Le Mans Series, realizado ontem e anteontem em Paul Ricard, na França.

Nos treinos, o carro #50 foi guiado por Jacques Nicolet, proprietário da Onroak Automotive e da OAK Racing, além da simpática japonesa Keiko Ihara. Olivier Pla colaborou com dicas valiosas pelo seu conhecimento do carro e os tempos da pré-temporada foram excelentes.

Aliás, por um triz o time não retirou-se das competições em 2014. Eu explico: a Larbre ficou na lista de espera do ACO para as 24 Horas de Le Mans na classe LMP2, na primeira suplência. O time aguarda ansiosamente por um forfait – algo que normalmente acontece – para poder assegurar uma vaga direta na prova mais tradicional do mundo. Essa questão da reserva irritou Jack Lecomte, mas Jacques Nicolet, que não inscreveu oficialmente a OAK Racing neste ano no FIA WEC (oficiosamente a G-Drive Racing é a OAK Racing na LMP2), resolveu dar um gás na empreitada e bancou o projeto.

Lecomte garante que o objetivo para este ano é ganhar o máximo de know-how e milhagem com o Morgan Judd LMP2 para começar tinindo na campanha do WEC em Austin, nas 6 Horas das Américas e aspirar a um retorno ao Mundial em 2015, fazendo toda a temporada. Com a Larbre entrando, mesmo que na 4ª etapa do campeonato, a divisão LMP2 ganha em qualidade e em número de participantes, passando a ter no máximo oito protótipos. E o campeonato sobe seu total de carros para 32 – se tudo correr bem até o fim da temporada, é claro.

Para o WEC, Nicolet já confirmou que Keiko Ihara estará a seu lado em todas as provas (Austin, Fuji, Xangai, Bahrein e São Paulo). O terceiro piloto será definido oportunamente. A Larbre Competition também fará parte do European Le Mans Series e o carro será visto no grid das 4 Horas de Silverstone, no próximo dia 20.

AsLMS: OAK conquista pole em Fuji

13_AsLMS_02_Fuji_Oak24

RIO DE JANEIRO – O chinês Cong Fu Cheng levou o Morgan #24 da OAK Racing à pole position para a 2ª etapa do Asian Le Mans Series, que se realiza na madrugada deste sábado (pelo horário de Brasília, claro) no circuito japonês Fuji International Speedway.

Escalado para qualificar o carro do time de Jacques Nicolet, o piloto marcou 1’34″253 em sua volta mais rápida no treino oficial. E não foi fácil superar o #18 da KCMG, pois Richard Bradley, no carro do time de Hong Kong, virou em 1’34″311. Apenas 0″058 separando os dois primeiros do grid, portanto.

Para nenhuma surpresa, os Super GT da classe GT300 foram muito rápidos no treino classificatório, após a boa performance nas sessões livres. Os dois Honda CR-Z com sistemas híbridos foram os melhores entre os bólidos da subclasse, que terá pontuação em separado e válida pelo Campeonato Japonês.

O #16 de Hideki Mutoh/Yukhi Nakayama, do Team Mugen, abre a segunda fila, seguido do #55 de Takashi Kobayashi/Shinichi Takagi/Tomoku Nojiri. O Subaru BRZ de Tetsuya Yamano/Kota Sasaki, após marcar o melhor tempo no primeiro treino livre, ficou com o terceiro tempo do grupo, seguido pela Mercedes de Katsuyuki Hiranaka/Björn Wirdheim e o Nissan de Tetsuji Tamanaka/Naoya Yamano.

Na LMGTC, o melhor dos carros inscritos foi o Aston Martin #007 da Craft Racing AMR. Richard Lyons superou por 0″207 o tempo do italiano Andrea Bertolini e levou a melhor, conquistando o 11º lugar geral do grid. O terceiro tempo da divisão foi do McLaren da AAI-RStrada, tripulado na sessão oficial por Tatsuya Tanigawa. Por fim, o solitário Ferrari F458 da classe LMGTE, com Akira Iida, ficou apenas na décima-sétima colocação.

Vamos ao grid:

1ª fila:
Cong Fu Cheng/David Cheng/Jeffrey Lee – Morgan Judd LMP2 – 1’34″253
Richard Bradley/Hiroshi Koizumi/James Winslow – Morgan Nissan LMP2 – 1’34″311

2ª fila:
Hideki Mutoh/Yukhi Nakayama – Honda CR-Z – 1’38″241
Shinichi Takagi/Takashi Kobayashi/Tomoku Nojiri – Honda CR-Z – 1’38″363

3ª fila:
Kota Sasaki/Tetsuya Yamano – Subaru BRZ – 1’38″528
Katsuyuki Hiranaka/Björn Wirdheim – Mercedes-Benz SLS AMG GT3 – 1’38″880

4ª fila:
Naoya Yamano/Tetsuji Tamanaka – Nissan GT-R Nismo GT3 – 1’38″936
Hiroki Katoh/Kazuho Takahashi – McLaren MP4-12C GT3 – 1’39″059

5ª fila:
Haruki Kurosawa/Tsubasa Kurosawa – Mercedes-Benz SLS AMG GT3 – 1’39″310
Takeshi Tsuchiya/Hironori Takeuchi/Motoyoshi Yashida – Mercedes-Benz SLS AMG GT3 – 1’39″471

6ª fila:
Richard Lyons/Frank Yu – Aston Martin Vantage V12 GT3 – 1’39″520
Andrea Bertolini/Steve Wyatt/Michele Rugolo – Ferrari F458 Italia GT3 – 1’39″727

7ª fila:
Naoki Yokomizo/Kyosuke Mineo – Porsche 911 (997) GT3 R – 1’39″778
Yuki Iwasaki/Igor Susskho/Kenji Kobayashi – Nissan GT-R GT3 Nismo – 1’40″112

8ª fila:
Tatsuya Tanigawa/Marco Seefried/Jun San Chen – McLaren MP4-12C GT3 – 1’40″181
Yasu Kikuchi/Morris Chen – McLaren MP4-12C GT3 – 1’41″237

9ª fila:
Akira Iida/Shinji Nakano/Shogo Mitsuyama – Ferrari F458 Italia – 1’41″399
Anthony Liu/Davide Rizzo/Massimiliano Wiser – Lamborghini Gallardo GT3 – 1’41″412

10ª fila:
Yuya Sakamoto/Akira Mizutani/You Yokomaku – Porsche 911 (997) GT3 R – 1’41″593
Akihiro Asai/Naoya Gamou – Porsche 996 GT300 – 1’43″799

WEC aposta na estabilidade do calendário para 2014

2013-6-Heures-du-Circuit-des-Ameriques-6H-04113805-005-_hd

RIO DE JANEIRO – Em time que está ganhando não se mexe. Pelo menos acho que é assim que estão pensando os dirigentes do Automobile Club de l’Ouest (ACO), que divulgaram ontem em Austin, pouco antes do início do 2º treino livre para as 6 Horas das Américas, o calendário do Campeonato Mundial de Endurance (WEC) para a temporada de 2014. O anúncio foi feito pelo CEO do campeonato, Gérard Neveu, com a presença de Pierre Fillon, presidente do ACO.

São as mesmas oito pistas deste ano, com a ordem exata das corridas já realizadas e por realizar em 2013. Não houve nenhuma mudança de circuitos, embora houvessem rumores – felizmente extintos – de que a pista de Spa-Francorchamps deixaria o calendário para dar lugar à Alemanha, que por conta da presença de Porsche e Audi na LMP1 em 2014, tinha interesse em receber uma corrida do WEC.

As 6 Horas de São Paulo serão de novo a 4ª etapa, entre os dias 29 e 31 de agosto. E uma pergunta martela nossas mentes: será que os novos boxes e paddock de Interlagos serão entregues a tempo para esta corrida? Eis a questão.

A estabilidade de um calendário faz bem a qualquer campeonato e o WEC caminha a passos firmes neste sentido. Até abril, quando acontece a primeira etapa em Silverstone, as equipes terão tempo de sobra para desenvolver seus equipamentos – principalmente o pessoal da LMP1, que terá de lançar novos carros de acordo com o regulamento técnico que passa a vigorar no próximo ano.

Sujeito à apreciação do Conselho Mundial da FIA, que aprovará as datas – ou não – o calendário de 2014 do WEC é este:

28 a 29 de março – Ensaios Oficiais (Paul Ricard)
18 a 20 de abril – 6h de Silverstone
9 a 10 de maio – 6h de Spa-Francorchamps
14 e 15 de junho – 24h de Le Mans
29 a 31 de agosto – 6h de São Paulo
19 a 21 de setembro – 6h das Américas
10 a 12 de outubro – 6h de Fuji
31 de outubro a 1º de novembro – 6h de Xangai
13 a 15 de novembro – 6h do Bahrein

AsLMS: um grid com possíveis 20 carros em Fuji

1185219_460030324096070_891486940_n

RIO DE JANEIRO – Após a melancólica corrida de regresso do Asian Le Mans Series, que teve apenas oito bólidos competindo no Inje Autopia, na Coreia do Sul, a 2ª etapa marcada para o circuito japonês Fuji Speedway tem tudo para ter um grid bem melhor.

Em acordo com a GTA, organizadora do Super GT japonês, a AsLMS permite, por uma brecha no regulamento, a participação de modelos da classe GT300 – que vão pontuar em separado para o campeonato local. A oferta de participar deste evento foi tentadora, para pelo menos onze carros de seis marcas diferentes – Subaru, Honda, Nissan, Mercedes-Benz, Porsche e McLaren.

Isto posto, poderemos ter entre 18 e 20 inscritos na corrida nipônica dia 22 de setembro.

A KCMG, vencedora da 1ª etapa, anunciou mudanças para a corrida de Fuji: do trio que correu na Coreia, só James Winslow vai estar presente na etapa do Japão. Os outros pilotos serão Richard Bradley e Kazuhiro Koizumi.

Também a OAK Racing apresenta uma mudança: Ho-Pin Tung se ausenta dessa segunda rodada e seu lugar será ocupado por Cong Fu Cheng. Jeffrey Lee e David Cheng seguem a bordo do #24.

A provável relação de inscritos para a corrida de Fuji é a seguinte:

LMP2

#18 KCMG HKG
Morgan LMP2 Nissan
James Winslow/Richard Bradley/Kazuhiro Koizumi

#24 OAK RACING FRA
Morgan LMP2 Nissan
Cong Fu Cheng/Jeffrey Lee/David Cheng

LMGTE

#70 TEAM TAISAN KEN ENDLESS JPN
Ferrari F458 Italia GTE
Akira Iida/Shinji Nakano/Shogo Mitsuyama

LMGTC

#26 TEAM TAISAN KEN ENDLESS JPN
Porsche 996 GT300
Akihiro Asai/Naoya Gamou

#37 BBT CHN
Lamborghini Gallardo FL2 GT3
Anthony Liu/Davide Rizzo/Massimiliano Wiser

#77 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Michele Rugolo/Andrea Bertolini/Steve Wyatt

#91 AAI TPE
McLaren MP4-12C GT3
Marco Seefried/Tatsuya Tanigawa/Chen Jun San

#92 AAI TPE
McLaren MP4-12C GT3
Han Chen Chen/Yasushi Kikuchi

#007 CRAFT RACING AMR CHN
Aston Martin Vantage GT3
Frank Yu/Richard Lyons

SGT

#0 TEAM TAISAN KEN ENDLESS JPN
Porsche 911 (997) GT3
Kyosuke Mineo/Naoki Yokomizo

#2 CARS TOKAI DREAM 28 JPN
McLaren MP4-12C GT3
Kazuho Takahashi/Hiroki Katoh

#5 TEAM MACH JPN
Nissan GT-R Nismo GT3
Tetsuji Tamanaka/Tetsuya Yamano

#9 PACIFIC DIRETCION RACING JPN
Porsche 911 (997) GT3
pilotos a confirmar

#11 JIM GAINER INTERNATIONAL JPN
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Katsuyuki Hiranaka/Björn Wirdheim

#16 TEAM MUGEN JPN
Honda CR-Z Hybrid
Hideki Mutoh/Yukhi Nakayama

#30 APR JPN
Nissan GT-R Nismo GT3
Yuki Iwasaki/Igor Susskho/Kenji Kobayashi

#52 OKINAWA-IMP RACING WITH SHIFT JPN
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Hironori Takeuchi/Takeshi Tsuchiya/Hiroki Yoshida

#55 AUTOBACS RACING TEAM AGURI JPN
Honda CR-Z Hybrid
Shinichi Takagi/Takashi Kobayashi

#61 R&D SPORT JPN
Subaru BRZ
Kota Sasaki/Tetsuya Yamano

#62 LEON RACING JPN
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Haruki Kurosawa/Tsubasa Kurosawa