AutoGP: Pommer fatura corrida #2 no Marrocos

4425020140413175505

RIO DE JANEIRO – Mais rápido piloto do fim de semana de abertura da temporada da AutoGP World Series, o alemão Markus Pommer dominou a segunda corrida em Marrakech, no Marrocos. O piloto da Super Nova largou da pole position com a inversão do grid entre os oito primeiros e venceu a corrida com incríveis 23″615 de vantagem para Kimiya Sato, vencedor da corrida #1 – e que veio de oitavo para segundo ao fim das 19 voltas percorridas.

O húngaro Tamas Pál Kiss conseguiu um convincente 3º posto após partir do fim do pelotão, depois de se envolver ontem num contato com o italiano Kevin Giovesi, que hoje abandonou novamente após completar apenas quatro voltas. Andrea Roda chegou em quarto, seguido por Michela Cerruti e Michele La Rosa. Somente sete pilotos completaram as 19 voltas, com o italiano Giuseppe Cipriani ocupando a 7ª posição. Além deles, apenas Sam DeJonghe e Francesco Dracone completaram a corrida.

Com duas provas disputadas, Kimiya Sato sai de Marrakech na liderança do campeonato com 40 pontos, contra 26 de Markus Pommer e 24 de Michele La Rosa. A próxima rodada dupla da AutoGP World Series é em Paul Ricard, já no próximo fim de semana.

O resultado da corrida #2 em Marrakech:

1 – Markus Pommer – Super Nova – 19 voltas em 29’08”490
2 – Kimiya Sato – Euronova – 23.615
3 – Tamas Pal Kiss – Zele – 26.033
4 – Andrea Roda – Virtuosi UK – 30.411
5 – Michela Cerruti – Super Nova – 30.458
6 – Michele La Rosa – MLR71 – 30.646
7 – Giuseppe Cipriani – Ibiza – 56.41
8 – Sam Dejonghe – Virtuosi UK – a 1 volta

Classificação do campeonato:

1. Sato 40; 2. Pommer 26; 3. La Rosa 24; 4. Cerruti 20; 5. Cipriani 19; 6. Roda 16; 7. DeJonghe 13; 8. Pal Kiss 12; 9. Spinelli 8; 10 Dracone 4.

AutoGP: pole de Giovesi no Marrocos

Giovesi40_1749

RIO DE JANEIRO – O italiano Kevin Giovesi é o primeiro pole position da temporada 2014 da AutoGP World Series. O piloto da Eurotech Engineering, equipe que rompeu dias antes do início do campeonato a parceria com a Puma 3-M, dominou o Q2 que definiu as dez primeiras posições e registrou a melhor volta no circuito urbano de Marrakech – 1’28″873, média de 184,105 km/h.

Giovesi foi o único a virar abaixo de 1’29” no treino decisivo desta sexta-feira. O novato alemão Markus Pommer, da Super Nova, completa a primeira fila com um tempo 0″157 pior que o rival – excelente resultado para quem não conhecia a pista e foi o mais veloz do Q1. Sergio Campana, mais rápido no segundo treino livre com o carro #8 da Zele Racing, larga em terceiro, com o companheiro de equipe Tamas Pál Kiss em quarto.

Vice-campeão da categoria e já integrado à GP2 Series, o japonês Kimiya Sato decidiu continuar na AutoGP com a equipe Euronova. Ele larga em 5º neste sábado, com Andrea Roda, último dentro do mesmo segundo do pole position, completando a terceira fila.

O eslovaco Richard Gonda, outro dos estreantes da categoria, marcou o 7º tempo, seguido por Sam DeJonghe, pela italiana Michela Cerruti e por Michele La Rosa. Os italianos Loris Spinelli, Francesco Dracone e Giuseppe Cipriani não avançaram para o Q2. Yoshitaka Kuroda, embora inscrito, não participou de nenhuma das sessões livres e tampouco da qualificação.

O grid para a corrida #1 da AutoGP World Series no Marrocos:

1ª fila:

#28 Kevin Giovesi (Eurotech Engineering) – 1’28″873
#1 Markus Pommer (Super Nova International) – 1’29″030

2ª fila:

#8 Sergio Campana (Zele Racing) – 1’29″358
#9 Tamas Pál Kiss (Zele Racing) – 1’29″438

3ª fila:

#16 Kimiya Sato (Euronova Racing) – 1’29″633
#4 Andrea Roda (Virtuosi UK) – 1’29″728

4ª fila:

#6 Richard Gonda (Virtuosi UK) – 1’30″429
#11 Sam DeJonghe (Virtuosi UK) – 1’30″558

5ª fila:

#88 Michela Cerruti (Super Nova International) – 1’30″969
#71 Michele La Rosa (MLR71 by Euronova) – 1’31″859

6ª fila:

#69 Loris Spinelli (Eurotech Engineering) – 1’32″008
#20 Francesco Dracone (Ibiza Racing) – 1’32″255

7ª fila:

#7 Giuseppe Cipriani (Ibiza Racing) – 1’33″005

Vinte carros na abertura do WTCC no Marrocos

RIO DE JANEIRO – Saiu a lista oficial de inscritos para a rodada dupla de abertura do Mundial de Carros de Turismo (WTCC), que acontece neste fim de semana no circuito Moulay El Hassam, nas ruas de Marrakech, uma das principais cidades do Marrocos. Vinte carros de seis construtores diferentes estarão na pista urbana de 4,545 km de extensão disputando as primeiras vitórias de 2014.

Dividido pela primeira vez em duas subclasses em razão da mudança de regulamento, o WTCC tem 16 carros dentro da nova regra que prevê motores mais fortes, carros com suspensão independente McPherson e apêndices aerodinâmicos capazes de torná-los mais velozes que os carros homologados até 2013. Os carros que disputaram o campeonato ano passado podem continuar nas pistas, mas na nova subdivisão TC2T, que se apresenta em Marrakech com apenas quatro competidores, das equipes Liqui Moly Team Engstler e Campos Racing.

A grande atração do início do campeonato é a estreia da Citroën, que traz o campeão mundial Yvan Muller e um estreante de muito peso – o multicampeão dos Ralis Sébastien Loeb. Nove vezes vitorioso no WRC, o francês de 40 anos chega ao WTCC para um grande desafio na carreira – provar que pode ser campeão do mundo também em autódromos e circuitos urbanos. O time se completa com a presença do argentino José María “Pechito” López, que ano passado deixou excelente impressão na prova de Termas de Río Hondo, na Argentina.

As duas provas de Marrakech do WTCC têm duração de 14 voltas e estão marcadas para 16h15 (hora local) e 17h15. O Marrocos está quatro horas à frente de Brasília no fuso horário mundial.

Os inscritos:

#1 CITROËN TOTAL WTCC FRA
Citroën C-Elysée
Yvan Muller (França)

#2 CASTROL HONDA WTC TEAM JPN
Honda Civic WTCC
Gabriele Tarquini (Itália)

#3 ROAL MOTORSPORT ITA
Chevrolet RML Cruze TC1
Tom Chilton (Grã-Bretanha)

#4 ROAL MOTORSPORT ITA
Chevrolet RML Cruze TC1
Tom Coronel (Holanda)

#5 ZENGÖ MOTORSPORT HUN
Honda Civic WTCC
Norbert Michelisz (Hungria)

#6 LIQUI MOLY TEAM ENGSTLER DEU
BMW 320 TC
Franz Engstler (Alemanha)

#7 CAMPOS RACING SPA
Chevrolet RML Cruze TC1
Hugo Valente (França)

#8 LIQUI MOLY TEAM ENGSTLER DEU
BMW 320 TC
Pasquale Di Sabatino (Itália)

#9 CITROËN TOTAL WTCC FRA
Citroën C-Elysée
Sébastien Loeb (França)

#10 ALL-INKL.COM MÜNNICH MOTORSPORT DEU
Chevrolet RML Cruze TC1
Gianni Morbidelli (Itália)

#11 LADA SPORT LUKOIL RUS
Lada Granta 1.6T
James Thompson (Grã-Bretanha)

#12 LADA SPORT LUKOIL RUS
Lada Granta 1.6T
Rob Huff (Grã-Bretanha)

#14 LADA SPORT LUKOIL RUS
Lada Granta 1.6T
Mikhail Kozlowskiy (Rússia)

#18 CASTROL HONDA WTC TEAM JPN
Honda Civic WTCC
Tiago Monteiro (Portugal)

#22 CAMPOS RACING SPA
Seat León WTCC
Petr Fulin (República Tcheca)

#25 PROTEAM RACING ITA
Honda Civic WTCC
Mehdi Bennani (Marrocos)

#27 CAMPOS RACING SPA
Seat León WTCC
John Filippi (França)

#37 CITROËN TOTAL WTCC FRA
Citroën C-Elysée
José María López (Argentina)

#77 ALL-INKL.COM MÜNNICH MOTORSPORT DEU
Chevrolet RML Cruze TC1
René Munnich (Alemanha)

#98 CAMPOS RACING SPA
Chevrolet RML Cruze TC1
Dusan Borkovic (Croácia)

Sem Monza, mas com Paul Ricard e Spa, WTCC mantém 12 rodadas em 2014

2013 wtcc bratislava slovakia

RIO DE JANEIRO – A KSO, empresa italiana que organiza o Mundial de Carros de Turismo (WTCC) anunciou nesta terça-feira o calendário de 12 rodadas para a temporada de 2014. Ao contrário do que aconteceu nos dois últimos anos, o campeonato não começa em Monza, na Itália. O país escolhido para a abertura dos trabalhos é o Marrocos, com o circuito de rua de Marrakech. Aliás, a Itália sai do calendário do Mundial, assim como Portugal, que perde a corrida na Boavista, na região do Porto.

Em contrapartida, o calendário tem duas ótimas aquisições: o circuito francês de Paul Ricard, muito em conta da entrada da Citroën, que investe pesado para o próximo ano e tendo ninguém menos que o atual campeão Yvan Muller e o mito Sébastien Loeb em suas fileiras; e também a pista belga de Spa-Francorchamps, que volta ao WTCC após nove anos.

A única visita do campeonato ao continente sul-americano será de novo em território argentino, na pista de Termas de Río Hondo. O campeonato, marcado para começar em 6 de abril, termina dia 16 de novembro – como sempre – no circuito da Guia, em Macau.

Eis as datas:

06/04 – Marrocos (Marrakech)
20/04 – França (Paul Ricard)
04/05 – Hungria (Budapeste)
11/05 – Eslováquia (Slovakia Ring)
25/05 – Áustria (Salzburgring)
08/06 – Rússia (Moscou Raceway)
22/06 – Bélgica (Spa-Francorchamps)
03/08 – Argentina (Termas de Río Hondo)
14/09 – EUA (Sonoma)
12/10 – China (Xangai)
26/10 – Japão (Suzuka)
16/11 – Macau (Macau)

Foto: largada de uma das baterias do WTCC na Eslováquia, no circuito Slovakia Ring, em Orechová Potôň. O país é um dos doze que figura no calendário divulgado pela KSO para 2014 (divulgação)

Domingo de novidades no WTCC em Marrakech

RIO DE JANEIRO – Fim de semana de grandes novidades no Mundial de Carros de Turismo (WTCC), na segunda rodada dupla disputada neste domingo no circuito de rua em Marrakech, no Marrocos: nos treinos, Gabriele Tarquini conquistou a primeira pole position do modelo Honda Civic. E nas corridas, dois pilotos chegaram às suas primeiras vitórias na competição.

3939320130407201318

O dinamarquês Michael Nykjaer, que corre com um Chevrolet Cruze 1.6T da equipe sueca Nika Racing, pulou de quarto para segundo após a largada da primeira prova e pôs enorme pressão sobre Tarquini em grande parte da disputa. Até que, ironicamente, o português Tiago Monteiro, companheiro do italiano na equipe Castrol Honda, bateu num dos muros que delimitam o circuito urbano. Antes disso, contudo, Nykjaer já superara Tarquini antes da neutralização em bandeira amarela. E depois disto, o piloto da Honda não teve mais possibilidades de ultrapassar o rival.

James Nash, da Bamboo Engineering, alcançou também seu melhor resultado no WTCC. Chegou em 3º, com os campeões Yvan Muller e Rob Huff em seus calcanhares. A sexta colocação ficou com Alex MacDowall, seguido por Marc Basseng, Pepe Oriola, Tom Coronel e James Thompson, que conquistou o primeiro ponto com o modelo Granta da Lada.

Na segunda corrida do dia, o grid foi reduzido a 21 carros, com a ausência de Tiago Monteiro, com o carro danificado após a batida na primeira etapa. Dois espanhóis, Fernando Monje e Pepe Oriola, dividiram a primeira fila com a inversão dos dez mais rápidos no Q1 da véspera. Após a largada, Monje não durou nem meia volta na frente do pelotão: Oriola o ultrapassou na freada de uma chicane e pegou a ponta para não largá-la mais.

Ainda na segunda volta, enquanto Rob Huff abandonava com problemas mecânicos em seu Seat número #1, Monje aprontava ao bater no Lada Granta de James Thompson, provocando a desistência de ambos. Oriola sustentou-se bem diante da pressão dos Chevrolet da equipe RML, com Yvan Muller à frente de Tom Chilton, até a oitava volta, quando Gabriele Tarquini, no afã de defender sua posição atrás dos líderes, bateu com o Cruze do britânico Alex MacDowall, provocando mais uma entrada do Safety Car.

3939420130407210729

A corrida, tal como a primeira, acabou com duas voltas a mais que o previsto e Oriola, após a relargada, continuou firme à frente dos rivais e venceu, para se tornar o mais jovem de todos ao ganhar uma corrida do WTCC, com apenas 18 anos de idade.

Após quatro corridas, Yvan Muller disparou na liderança do campeonato entre os pilotos com 88 pontos, contra 51 dos vice-líderes Michael Nykjaer e Gabriele Tarquini. Apesar da vitória, Oriola é o 6º colocado, com 39. A próxima rodada dupla é no circuito Slovakia Ring, no último domingo de abril.

Resultado da corrida #1 em Marrakech:

1 – Michel Nykjaer (Chevrolet Cruze) – Nika – 13 voltas em 28’51″561
2 – Gabriele Tarquini (Honda Civic) – Honda Jas – 0″566
3 – James Nash (Chevrolet Cruze) – Bamboo – 1″612
4 – Yvan Muller (Chevrolet Cruze) – RML – 2″224
5 – Rob Huff (Seat Leon) – Munnich – 2″248
6 – Alex MacDowall (Chevrolet Cruze) – Bamboo – 2″476
7 – Marc Basseng (Seat Leon) – Munnich – 3″201
8 – Pepe Oriola (Seat Leon) – Tuenti – 3″565
9 – Tom Coronel (BMW 320 TC) – Roal – 5″270
10 – James Thompson (Lada Granta) – Lada – 5″881

Resultado da corrida #2:

1 – Pepe Oriola (Seat Leon) – Tuenti – 13 voltas em 28’08″751
2 – Yvan Muller (Chevrolet Cruze) – RML – 0″430
3 – Tom Chilton (Chevrolet Cruze) – RML – 0″677
4 – James Nash (Chevrolet Cruze) – Bamboo – 0″948
5 – Marc Basseng (Seat Leon) – Munnich – 1″808
6 – Tom Coronel (BMW 320 TC) – Roal – 2″028
7 – Michel Nykjaer (Chevrolet Cruze) – Nika – 2″326
8 – Franz Engstler (BMW 320 TC) – Engstler – 4″377
9 – Darryl O’Young (BMW 320 TC) – Roal – 4″889
10 – Charles Ng (BMW 320 TC) – Engstler – 6″273

Classificação do campeonato:

1. Yvan Muller – 88 pontos; 2. Michael Nykjaer e Gabriele Tarquini – 51; 4. Tom Chilton – 48; 5. James Nash – 43; 6. Pepe Oriola – 39; 7. Marc Basseng – 28; 8. Alex MacDowall – 26; 9. Rob Huff – 19; 10. Tiago Monteiro – 14; 11. Tom Coronel – 12; 12. Franz Engstler e Norbert Michelisz – 4; 14. Darryl O’Young e Stefano D’Aste – 2; 16. Fredy Barth, James Thompson e Charles Ng – 1 ponto.