Oliveira/Yasuda vencem 500 km de Fuji e lideram campeonato

14R2Fuji_win_GT500_12

RIO DE JANEIRO – Banzai! João Paulo de Oliveira e Hironobu Yasuda venceram neste domingo os 500 km de Fuji, 2ª etapa do Super GT japonês. Largando da pole position, a dupla do Calsonic Team Impul dominou amplamente as 110 voltas da disputa e após 3h07min de disputa, receberam a quadriculada com quase 25 segundos para cima dos atuais campeões Kohei Hirate/Yuji Tachikawa.

Com esse resultado, somado ao 3º posto em Okayama a dupla assumiu a liderança do campeonato com 31 pontos. Isso significa que Oliveira/Yasuda vão para a próxima corrida, em Autopolis, carregando nada menos que 62 kg de lastro adicional, quarenta a mais do que em Fuji.

Os modelos Nissan e Lexus continuam melhores que os Honda NSX neste começo de campeonato do Super GT. Entre os dez primeiros, nove eram das duas primeiras marcas, com o único Honda que terminou a corrida – o de Naoki Yamamoto/Jean-Karl Vernay – na 10ª posição. No último lugar do pódio ficou a dupla formada por Kazuya Oshima/Yuji Kunimoto.

O veterano Michael Krumm fez excelente corrida e chegou em 4º, correndo em dupla com Daiki Sasaki. Vencedores em Okayama, Andrea Caldarelli/Daisuke Ito completaram os cinco primeiros.

Na GT300, cuja disputa foi marcada pelo forte acidente do Lamborghini de Manabu Orido/Takayuki Aoki, mais uma vez deu BMW – e de novo com a dupla Nobuteru Taniguchi/Tatsuya Kataoka, para a alegria do folclórico chefe de equipe do time, ninguém menos que Ukyo Katayama. A dupla completou 102 voltas e venceu com apenas 1″061 de vantagem para a Mercedes da equipe Gainer Dixcel, guiada por Katsuyuki Hiranaka/Björn Wirdheim.

Com mais um triunfo, a dupla do carro #4 atinge a pontuação máxima na temporada e em Autopolis terão que competir com nada menos que 80 kg de troféu bigorna. O carro campeão do ano passado, guiado por Tomoki Nojiri/Yukhi Nakayama, completou o pódio em Fuji.

Pole position da divisão, a dupla Kazuki Hoshino/Lucas Ordonez acabou em 5º lugar, atrás dos experientes Jörg Müller/Seiji Ara, noutra BMW. O Toyota Prius com sistema híbrido chegou em 6º, à frente do McLaren da Cars Tokäi Dream 28. Completaram os 10 primeiros a Mercedes da equipe Leon e dois Nissan, da STP Gaia Taisan e da Iwasaki APR.

Classificação do campeonato após 2 etapas:

GT500

1. Hironobu Yasuda/João Paulo de Oliveira – 31 pontos
2. Daisuke Ito/Andrea Caldarelli e Kazuya Oshima/Yuji Kunimoto – 26
4. Yuji Tachikawa/Kohei Hirate – 15
5. Oliver Jarvis/Hiroaki Ishiure – 13
6. Michael Krumm/Daiki Sasaki – 8
7. Naoki Yamamoto/Jean-Karl Vernay e Tsugio Matsuda/Ronnie Quintarelli – 7
9. Koudai Tsukakoshi/Toshihiro Kaneishi – 5
10. Yuhi Sekiguchi/Juichi Wakisaka – 4
11. Vitantonio Liuzzi/Kosuke Matsuura – 3
12. James Rossiter, Ryo Hirakawa e Takashi Kogure/Hideki Mutoh – 2
15. Satoshi Motoyama/Masataka Yanagida – 1

GT300

1. Nobuteru Taniguchi/Tatsuya Kataoka – 40
2. Katsuyuki Hiranaka/Björn Wirdheim – 26
3. Jörg Müller/Seiji Ara – 23
4. Kazuki Hoshino/Lucas Ordonez – 14
5. Yukhi Nakayama/Tomoki Nojiri – 13
6. Haruki Kurosawa/Kyosuke Mineo – 9
7. Shinichi Takagi/Takashi Kobayashi e Morio Nitta/Koki Saga – 5
9. Kazuho Takahashi/Hiroki Katoh e Shinya Hosokawa/Koji Yamanishi – 4
11. Richard Lyons e Tomonobu Fujii – 3
13. Naoki Yokomizo/Shogo Mitsuyama – 2
14. Masayuki Ueda/Hideki Yamauchi e Yuki Iwasaki/Masami Kageyama – 1

Anúncios

Oliveira brilha e crava pole no Super GT

4451420140503183557

RIO DE JANEIRO – Na segunda corrida do Super GT dentro do novo regulamento técnico, o brasileiro João Paulo de Oliveira mostrou o que sabe e o que vale na qualificação para os 500 km de Fuji, 2ª etapa do campeonato que acontece nesta madrugada brasileira de domingo.

Com o Nissan #12 da foto, que reparte neste ano com Hironobu Yasuda, o piloto da equipe Calsonic Team Impul  foi o único a virar abaixo de 1’29” – precisamente 1’28″799, média de 184,989 km/h e quase meio segundo mais baixo que o tempo de Satoshi Motoyama, também com outro Nissan GT-R, mas inscrito pela escuderia S-Road Mola.

O italiano Ronnie Quintarelli colocou mais um carro da marca em 3º lugar no grid, cabendo a James Rossiter (substituto de Kazuki Nakajima) o melhor resultado entre os Lexus RC-F inscritos a 4ª posição. Vencedores na abertura em Autopolis, Daisuke Ito/Andrea Caldarelli vão largar de oitavo, na quarta fila.

Nenhum dos Honda NSX Concept GT avançou para o Q2 em Fuji: o melhor foi o #18 de Naoki Yamamoto/Jean-Karl Vernay, com a 11ª posição. Bertrand Baguette e seu parceiro Daisuke Nakajima largam de décimo-quarto, logo à frente de Kosuke Matsuura/Vitantonio Liuzzi.

Também deu Nissan na pole da GT300: o carro #3 de Lucas Ordonez/Kazuki Hoshino foi o único a rodar abaixo de 1’38” no Q2, com o espanhol a marcar o melhor tempo da sessão que definiu o melhor tempo – 1’37″841, contra 1’38″034 do segundo colocado Kota Sasaki, da Subaru. Shinichi Takagi sai em 3º com o Honda CR-Z da ARTA, enquanto Yuki Iwasaki fez o quarto tempo noutro Nissan.

Vencedores na abertura em Okayama com a BMW da equipe de Ukyo Katayama (sim, ele mesmo!), Nobuteru Taniguchi/Tatsuya Kataoka partem em nono entre os carros desta divisão. O Honda CR-Z do Team Mugen, campeão do ano passado, parte em 5º lugar.

International GT Open: abertura do campeonato terá 25 carros

261_0314 16 4

RIO DE JANEIRO – Sem a mesma pujança de outros anos, vai começar neste fim de semana mais uma temporada do International GT Open. Será o nono campeonato da história da categoria organizada pelo ex-piloto Jesús Pareja, agora permitindo os modelos GT3 na divisão Super GT, a de maior peso no campeonato – o que não adiantou muito, porque do total de 25 inscritos, somente nove estão participando desta classe e os demais na divisão GTS.

Apesar disto, seis marcas diferentes estarão representadas no circuito alemão de Nürburgring, que recebe a primeira das oito rodadas duplas do campeonato. Haverá Ferrari, Corvette, Porsche, Mercedes-Benz, Audi e Lamborghini na pista sediada na região do Eifel.

A Scuderia Villorba Corse, campeã ano passado graças a Andrea Montermini, está de volta para defender seu título. O veterano piloto italiano também reaparece no certame, para correr ao lado do compatriota Niccolò Schirò. Os holandeses da V8 Racing surgem com três Corvettes – dois na Super GT e um na GTS – e com cara nova a bordo: o britânico Archie Hamilton forma dupla com Diederik Sitjhoff na primeira etapa.

Na Drivex, única com um Porsche 911 (997) GT3 RSR, o argentino Juan Manuel “Cochito” López volta ao GT Open, em parceria com Fernando Monje. Os belgas da Selleslagh fazem sua estreia com mais um Corvette C6-R, que terá na condução a dupla Maxime Soulet/Nick Catsburg.

Outras atrações são o moçambicano Rui Águas a bordo de uma das inúmeras Ferrari F458 Italia GT3 inscritas pela AF Corse; a participação de Daniel Zampieri pela SMP Racing-Russian Bears; a estreia de Davide Valsecchi com um Lamborghini da Eurotech Engineering e a presença dos experientes Tomas Enge e Peter Kox, sempre a bordo dos carros de Sant’Agata.

Como novidade, os pilotos terão mais tempo de pista: a corrida #2, que tinha duração de 50 minutos, ganhou mais dez e agora tem 1 hora de duração. O tempo de prova da corrida #1 segue o mesmo: 70 minutos. Os pilotos com graduação AM terão, também, 15 minutos extras de pista a cada sessão livre de treinos.

A lista completa de inscritos:

SUPER GT

#1 SCUDERIA VILLORBA CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Andrea Montermini/Niccolò Schirò

#2 V8 RACING NDL
Chevrolet Corvette C6.R “Big Block”
Miguel Ramos/Nicky Pastorelli

#4 V8 RACING NDL
Chevrolet Corvette C6.R “Big Block”
Diederik Sitjhoff/Archie Hamilton

#5 DRIVEX SCHOOL SPA
Porsche 911 (997) GT3 RSR 2012
Fernando Monje/Juan Manuel López

#6 SELLESLAGH RACING TEAM BEL
Chevrolet Corvette C6.R “Big Block”
Maxime Soulet/Nick Catsburg

#13 AUTORLANDO SPORT ITA
Porsche 911 (997) GT3 R
Isaac Tutumlu/Matteo Beretta

#60 SMP RACING-RUSSIAN BEARS RUS
Ferrari F458 Italia GT3
Roman Mavlanov/Daniel Zampieri

#64 BLACK BULL SWISS RACING CHE
Ferrari F458 Italia GT3
Mirko Venturi/Joël Camathias

#68 EUROTECH ENGINEERING ITA
Lamborghini Gallardo GT3
Davide Valsecchi/Giovanni Venturini

GTS

#54 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Duncan Cameron/Rui Águas

#55 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Claudio Sdanewitsch/Federico Leo

#56 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Giorgio Roda/Andrea Piccini

#57 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Thomas Flöhr/Francesco Castellacci

#58 TEAM NOVADRIVER POR
Audi R8 LMS Ultra
Cesar Campaniço/Aditya Patel

#60 SPORTS AND YOU POR
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Antonio Coimbra/Luis Silva

#61 SMP RACING-RUSSIAN BEARS RUS
Ferrari F458 Italia GT3
Vyatcheslav Maleev/José Manuel Pérez Aicart

#62 OMBRA RACING ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Mario Cordoni/Stefano Gattuso

#63 OMBRA RACING ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Stefano Costantini/Alan Sicart

#67 EUROTECH ENGINEERING ITA
Lamborghini Gallardo GT3
Ferdinando Geri/Lorenzo Bontempelli

#69 TEAM SPIRIT RACE DEU
Audi R8 LMS Ultra
Suzanne Weidt/Dietmar Haggenmüller

#70 PLACHUTTA RACING AUT
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Mario Plachutta/Thomas Jäger

#71 KRYPTON MOTORSPORT ITA
Porsche 911 (997) GT3-R
Glauco Solieri/Stefano Pezzucchi

#72 KOX RACING NDL
Lamborghini Gallardo FLII GT3
Maximilian Völker/Tomas Enge

#76 KOX RACING NDL
Lamborghini Gallardo FLII GT3
Peter Kox/Nico Pronk

#99 V8 RACING NDL
Chevrolet Corvette Z06 GT3
Dylan Derdaele/Dennis Retera

Super GT: pole de Oshima em Okayama; Oliveira é 2º

1396690200_477761683

RIO DE JANEIRO – O Super GT conheceu neste sábado o primeiro pole position da temporada 2014, que marca a adoção do novo regulamento técnico da GT500, com carros semelhantes aos do DTM alemão. O Lexus RC-F do Team Le Mans Eneos conquistou a honraria: Kazuya Oshima levou a melhor num treino classificatório disputadíssimo e faturou a posição de honra, com a marca de 1’19″404, média de 167,886 km/h.

1396690208_930137530

A apenas 70 milésimos do carro alaranjado, ficou o Nissan GT-R da equipe Calsonic Team Impul, guiado pelo brasileiro João Paulo de Oliveira. No Q1, seu companheiro de equipe Hironobu Yasuda fora também o segundo mais rápido, atrás apenas do compatriota Daisuke Ito. Oliveira fez um belo trabalho no Q2 e assegurou uma posição na primeira fila com seu carro, um décimo mais rápido que o #46 de Satoshi Motoyama, da equipe S-Road Mola.

1396690214_195384487

Kazuki Nakajima qualificou o #36 da equipe Petronas Team Tom’s na quarta colocação do grid, seguido pelos italianos Andrea Caldarelli, com Lexus e Ronnie Quintarelli, da Nissan. O melhor Honda NSX Concept no grid larga em 7º, com a dupla formada por Koudai Tsukakoshi/Toshihiro Kaneishi, da Keihin Real Racing. Naoki Yamamoto/JK Vernay completaram o grupo das oito duplas que avançaram ao Q2.

Na primeira aparição de Vitantonio Liuzzi no Super GT, o italiano larga em 12º fazendo dupla com Kosuke Matsuura. Bertrand Baguette, outro gaijin que estreia na categoria, sai de décimo-quinto no carro #32 que divide com Daisuke Nakajima.

1396690322_1194997891

A classe GT300 teve pole position do Toyota Prius da APR, graças ao excelente desempenho de Morio Nitta a bordo do carro #31. O piloto marcou 1’26″774 no Q2 e embolsou o melhor tempo do treino com uma média horária de 153,627 km/h. A BMW Z4 GT3 de Tatsuya Kataoka obteve o segundo lugar do treino na classe, seguido pelo Honda CR-Z de Shinichi Takagi e da BMW Z4 GT3 guiada pelo veterano Jörg Müller. O carro do Team Mugen, atual campeão, ficou em 5º graças a Tomoki Nojiri. Katsuyuki Hiranaka colocou o Mercedes-Benz SLS AMG GT3 da Jim Gainer na sexta posição.

Destaque também para o espanhol Lucas Ordonez, piloto Nissan que tem a assessoria do engenheiro brasileiro Ricardo Divila neste fim de semana. Ele classificou o melhor dos dois Nissan GT-R Nismo GT3 que avançaram para o Q2 na sétima posição do grid. Takayuki Aoki (JLOC Lamborghini), Haruki Kurosawa (Leon Mercedes-Benz) e Akira Iida (TWS LM Corsa BMW) completaram o grupo dos 10 mais rápidos na GT300.

 

FIA WEC: nada de bicampeonato para Gonzalez, Baguette e Plowman

Morgan_Nissan_LMP2

RIO DE JANEIRO – Campeões do Mundial de Endurance na classe LMP2 pela escuderia francesa OAK Racing no ano passado, os pilotos Martin Plowman, Ricardo Gonzalez e Bertrand Baguette são protagonistas de um acontecimento raro. Nenhum dos três citados estará no WEC em 2014, o que significa que não defenderão seu título e tampouco a vitória na classe obtida nas 24 Horas de Le Mans.

Primeiro porque a OAK Racing costurou uma parceria com a G-Drive do russo Roman Rusinov e preferiu deixar sua organização com o nome do antigo piloto da Delta-ADR – e com apenas um carro para toda a temporada. Segundo porque os pilotos foram em busca de novos caminhos na carreira.

Baguette assinou com a Honda e vai disputar o Super GT japonês pela classe GT500 no novo Honda Concept NSX ao lado de Daisuke Nakajima, filho do lendário Satoru. Ricardo Gonzalez vai para o European Le Mans Series (ELMS): ele foi um dos pilotos escolhidos para a estreia do McLaren MP4-12C GT3 da ART Grand Prix na divisão LMGTC. E o último da lista, o britânico Martin Plowman, foi anunciado hoje como o segundo piloto do time de AJ Foyt na disputa das 500 Milhas de Indianápolis e também na etapa programada para o circuito misto do famoso oval, que ocorrerão em maio próximo.

Aliás, das sete formações de carros previstos para a LMP2 neste ano, somente a KCMG não tem os trios definidos. O #22 da Millenium Racing vai com Fabien Giroix/John Martin/Oliver Turvey e o #23 com Mike Conway/Stefan Johansson/Shinji Nakano. A Strakka terá seu Dome S103 guiado por Nick Leventis/Jonny Kane/Danny Watts. Na G-Drive Racing estarão Olivier Pla/Roman Rusinov/Julien Canal e nos dois bólidos da SMP Racing estarão Viktor Shaitar/Anton Ladygin/Kyrill Ladygin e também Nicolas Minassian/Sergey Zlobin/Maurizio Mediani. O time de Paul Ip confirmou apenas Matthew Howson no Oreca Nissan número #47 para 2014.

 

Toyota anuncia pilotos do Super GT e Super Formula no Japão

Present

RIO DE JANEIRO – Num ano de grandes novidades para o automobilismo japonês, a Toyota anunciou hoje o lineup de pilotos e equipes que participarão das temporadas do Super GT e da Super Formula (a antiga Fórmula Nippon). E com algumas – porque não dizer surpreendentes – caras novas.

No Super GT, o britânico Oliver Jarvis é a surpresa. Vinculado à Audi, o piloto assinou para disputar o competitivo certame na divisão GT500 pelo Team SARD, compondo dupla com Hiroaki Ishiura. A dupla campeã formada por Kohei Hirate/Yuji Tachikawa volta à carga no carro da equipe ZENT Cerumo, agora pintado com o número #1.

Vale lembrar que a Toyota terá um novo carro no Super GT na divisão principal: É o Lexus RC-F, que vem sendo exaustivamente testado desde a temporada passada e que tem um conceito mais próximo ao dos modelos usados no DTM na Europa. Na GT300, continua o desenvolvimento do modelo Prius com sistema de recuperação de energia cinética. O carro híbrido será pilotado mais uma vez por Morio Nitta/Koki Saga.

Na Super Formula, o ataque do fabricante nipônico será total, para recuperar o título perdido para a rival Honda no ano passado. Onze dos novos monopostos da Dallara, novo fabricante da categoria, serão equipados com o motor Toyota RI4A. Um deles será do brasileiro João Paulo de Oliveira, campeão da categoria em 2010 e que continuará defendendo as cores do Team Impul. A novidade está no parceiro de JP Oribeira: ao invés de Tsugio Matsuda, quem vem para o carro #20 é Narain Kartikheyan, que já esteve na Fórmula 1 e no ano passado andou na AutoGP World Series.

Campeão de 2012, Kazuki Nakajima continua na categoria, pela equipe Tom’s, que ainda terá o sempre favorito alemão Andre Lotterer. Outros estrangeiros da marca no certame são o francês Loïc Duval e o britânico James Rossiter. Como não há colisão de datas entre o FIA WEC e a Super Formula, os dois pilotos da Audi poderão cumprir toda a temporada de monopostos tranquilamente. Pior para os adversários…

Veja a relação de pilotos Toyota para 2014 no Super GT:

GT500

#1 LEXUS TEAM ZENT CERUMO
Lexus RC-F (Bridgestone)
Kohei Hirate/Yuji Tachikawa

#6 LEXUS TEAM LE MANS ENEOS
Lexus RC-F (Bridgestone)
Kazuya Oshima/Yuji Kunimoto

#19 LEXUS TEAM WEDS SPORT BANDOH
Lexus RC-F (pneus a definir)
pilotos a definir

#36 LEXUS TEAM PETRONAS TOM’S
Lexus RC-F (Bridgestone)
Kazuki Nakajima/James Rossiter

#37 LEXUS TEAM KEEPER TOM’S
Lexus RC-F (Bridgestone)
Andrea Caldarelli/Daisuke Ito

#39 LEXUS TEAM SARD
Lexus RC-F (Bridgestone)
Oliver Jarvis/Hiroaki Ishiura

GT300

#31 TEAM APR
Toyota Prius (pneus a definir)
Morio Nitta/Koki Saga

Veja agora a relação de pilotos Toyota na Super Formula:

#3 KONDO RACING
Dallara Toyota RI4A
James Rossiter

#7 TEAM LE MANS
Dallara Toyota RI4A
Ryo Hirakawa

#8 TEAM LE MANS
Dallara Toyota RI4A
Loïc Duval

#18 KCMG
Dallara Toyota RI4A
Yuichi Nakayama

#19 TEAM IMPUL
Dallara Toyota RI4A
João Paulo de Oliveira

#20 TEAM IMPUL
Dallara Toyota RI4A
Narain Kartikheyan

#36 PETRONAS TEAM TOM’S
Dallara Toyota RI4A
André Lotterer

#37 PETRONAS TEAM TOM’S
Dallara Toyota RI4A
Kazuki Nakajima

#38 TEAM CERUMO-INGING
Dallara Toyota RI4A
Hiroaki Ishiura

#39 TEAM CERUMO-INGING
Dallara Toyota RI4A
Yuji Kunimoto

#62 TOCHIGI LE BEAUSSET MOTORSPORTS
Dallara Toyota R14A
Koki Saga