Breve retorno

dm_131125_indy_juan_pablo_montoya

RIO DE JANEIRO – O colombiano Juan Pablo Montoya voltará às provas da Nascar neste ano. A equipe Penske, que o contratou para disputar a temporada 2014 da Fórmula Indy, confirmou que o piloto de 38 anos estará a bordo de um terceiro Ford Fusion do time, que será inscrito com o número #12, para pelo menos duas corridas. E em circuitos ovais.

JPM será visto no Michigan Speedway, na etapa que acontecerá no dia 15 de junho e também na Brickyard 400, em Indianápolis, no mês seguinte – dia 27 de julho. Ambas as datas não têm corridas previstas no calendário da Fórmula Indy.

Interessante notar que não há, até este momento, qualquer menção a uma possível participação do sul-americano nas provas de misto, que são uma especialidade dele. Por enquanto, não há indícios de que ele correrá em Sonoma e Watkins Glen.

“Michigan e Indianápolis são duas provas importantes para a Penske. Nós sabemos que Juan tem habilidade para lutar por vitórias nesses eventos enquanto ainda se concentra em seu programa integral na Fórmula Indy”, afirmou o big boss da equipe, Roger Penske.

O colombiano está empolgado com a possibilidade de dar ao time uma vitória inédita.

“É difícil de acreditar, mas Roger Penske nunca venceu a Brickyard 400″, disse o colombiano, que venceu as 500 Milhas de Indianápolis com a Ganassi em 2000.

“Acho que Brad, Joey e eu vamos dar a Roger e à equipe Penske uma ótima oportunidade de eliminar isso da lista, e também deveremos ser fortes em Michigan”.

Punição “me engana que eu gosto”

RIO DE JANEIRO – O vídeo acima mostra o exato momento em que, após a corrida de Richmond da Sprint Cup, no último sábado, Marcos Ambrose dá um tremendo murro no rival Casey Mears, com quem teve um entrevero durante a disputa.

A Nascar anunciou hoje punições aos dois pilotos. E pegou leve: multa de US$ 25 mil para Ambrose e US$ 15 mil para o sobrinho de Casey Mears. Os dois também foram colocados em observação pelos oficiais da categoria, até 28 de maio. Trinta dias de prazo para que os dois não “mijem fora da bacia”.

É a típica punição “me engana que eu gosto”. A multa é uma merreca e puniram Mears para justificar a atitude. Ambrose merecia, pela atitude imbecil, ter recebido uma multa mais pesada.

Quem quiser, que discorde.

CRASH! – A “panca” de Dale Jr. no Texas

RIO DE JANEIRO – Adiada para hoje em razão das chuvas que assolaram a região de Fort Worth, a Duck Commander 500, 7ª etapa da Sprint Cup, principal divisão da Nascar, teve um violento acidente envolvendo o então líder do campeonato, Dale Earnhardt Júnior.

Logo na terceira volta da corrida, o piloto do #88 da Hendrick Motorsports perdeu o controle do seu Chevrolet SS ao passar com os pneus do lado esquerdo no gramado molhado pela chuva. Virou passageiro, bateu no muro e ainda viu seu carro pegar fogo. Confira o vídeo da “panca”.

Com o acidente, é claro que o filho do lendário Dale Earnhardt ficou em 43º e último na corrida do Texas, ganha por Joey Logano, da Penske – o sétimo vencedor diferente em sete corridas disputadas este ano na Sprint Cup. Em tempo: o líder do campeonato é Jeff Gordon, que ainda não venceu nenhuma corrida, com 259 pontos somados. Matt Kenseth, vice-líder com 255, é outro dos “sem vitórias”, assim como o hexacampeão Jimmie Johnson, 25º apenas na corrida texana.