Braço duro é isso aí…

RIO DE JANEIRO – O vídeo acima é uma aula de “como não fazer” no automobilismo. As imagens falam por si só o que foi o verdadeiro show de horror perpetrado por Vadim Kogay durante a primeira etapa do Blancpain Endurance Series em Monza, no começo deste mês.

Kogay

Kogay, para quem não sabe, é um piloto radicado na Rússia, mas nascido em Karaganda no Cazaquistão, e tem 45 anos de idade. É o moço da foto aí acima e como bem lembrou o meu camarada Verde, do ótimo blog Bandeira Verde, os cazaques étnicos têm cara de japa. E ele deve ter dinheiro bastante para brincar de piloto de competição.

No ano passado, dividiu um Porsche 911 (997) GT3-R da equipe Rinaldi Racing com o alemão Marco Seefried no International GT Open. Não marcou nenhum ponto no campeonato – chegou duas vezes em 12º lugar como melhor resultado. Agora, pela mesma Rinaldi, corre de Ferrari F458 Italia GT3 no Blancpain Endurance Series, na classe Pro-Am Cup.

Pior: o coitado do Seefried continua na equipe, que agora tem um outro piloto russo, Rinat Salikhov. Em Monza, como as imagens denunciam, Kogay fez coisas tenebrosas no cockpit do carro #333 (já sei… já sei… vão dizer que é a ‘meia-besta’) a ponto de John Watson, comentando a transmissão, dizer em tom de galhofa que a fumaça branca que saía do carro era um ‘sinal divino’ para que a demonstração de incompetência de Vadim Kogay fosse interrompida – o que de fato aconteceu: o carro tinha um pneu furado e o russo deu lugar a outro piloto.

Imaginem só o que pode acontecer nas 24 Horas de Spa-Francorchamps se ele continuar a bordo deste carro? Deus me livre…

ART Grand Prix brilha em Monza; Cesar Ramos chega em 4º

img_4502

RIO DE JANEIRO – A escuderia francesa ART Grand Prix teve um fim de semana de sonho na abertura do Blancpain Endurance Series em Monza, na Itália. O McLaren MP4-12C GT3 #98 guiado por Grégoire Demoustier/Alexandre Prémat/Álvaro Parente foi o grande dominador da corrida disputada neste domingo com 3 horas de duração.

Com 38 carros no grid – menos do que no início do campeonato ano passado – mesmo assim a etapa inaugural do BES em 2014 foi bastante movimentada. Parente, o grande nome do trio vencedor, guiou como nunca e outro destaque na pista foi o Audi da equipe Saintéloc Racing, que chegou em 2º graças à experiência do excelente piloto monegasco Stéphane Ortelli. Ele e os parceiros Grégory Gulivert e Edward Sändström deram show na pista italiana e puseram o carro do construtor alemão entre as duas McLaren da ART.

Não obstante o primeiro lugar do #98, o trio do #99 guiado por Kevin Korjus/Kévin Estre/Andy Soucek também teve ótima atuação, o que conduziu os pilotos ao terceiro lugar do pódio. Já o brasileiro Cesar Ramos, a bordo do Audi #1 da Belgian Audi Club WRT, teve boa atuação ao lado dos parceiros Laurens Vanthoor e Marc Basseng. O trio chegou em 4º lugar, numa pista que, com longas retas, não favorece o modelo R8 LMS Ultra.

220653_396811_20140413182513_dbb9fc16ph

“Larguei em quarto e como era esperado perdi posições para a Ferrari e McLaren que vinham atrás de mim. Não arrisquei muito porque a corrida era longa. Fiz um bom turno, consegui economizar o combustível que era necessário para que não precisássemos fazer um splash and go no final da prova. O único problema é que no final do meu turno, algo entrou embaixo do carro e fiquei três curvas sem aderência nenhuma, com as rodas dianteiras praticamente no ar, o que me obrigou a tirar o pé e com isso perdi quatro posições, caindo para nono, e cinco segundos. Em função disso dei uma volta a mais e fiz minha parada. Entreguei o carro para o Marc (Basseng), que retornou para a pista em quinto”, descreveu Cesar, que foi prejudicado com um acidente que espalhou pedaços de carenagem pela pista. 

“O Marc também fez um ótimo trabalho. Entregou o carro na quarta posição para o (Laurens) Vanthoor, que recuperou 13 segundos para o terceiro colocado, mas não deu para passar porque realmente o nosso carro não acompanhava a McLaren nas retas, como já sabíamos: essa pista não favorece nosso Audi R8. Assim, foi muito bom esse quarto lugar em Monza, conquistamos ótimos pontos para o campeonato. A equipe fez um ótimo trabalho nos pits e durante toda a semana e fiquei muito feliz com a estreia, mesmo tendo ficado com aquele gostinho de quero mais”, concluiu Cesar.

Campeão do ano passado, o alemão Maximilian Buhk fez uma boa corrida de recuperação em parceria com Harold Primat e Nico Verdonck, que dividiram com ele a Mercedes SLS AMG GT3 da HTP Motorsport. A trinca largou de 10º para chegar em quinto lugar, logo à frente de uma das grandes atrações da prova – o novo Bentley Continental da M-Sport, sexto graças a Jerome d’Ambrosio/Antoine Lèclerc/Duncan Tappy. O outro carro da marca chegou em sétimo.

Em 8º, chegou a Ferrari do trio Danyliw/Knap/Sovernico, que venceram na subdivisão Pro-Am. O pódio desta classe também teve a BMW de Amos/Comandini/Colombo, alinhada pela ROAL Motorsport e também a dupla Dermont/Perera, da Pro GT by Almeras, com um Porsche.

A próxima prova do Blancpain Endurance Series será em Silverstone, no dia 23 de maio.

Blancpain Endurance Series: Parente é pole em Monza

timthumbRIO DE JANEIRO – Piloto de desenvolvimento do McLaren MP4-12C GT3, o português Álvaro Parente tirou partido de sua experiência com os carros do construtor britânico e fez a pole position para a primeira prova do Blancpain Endurance Series em Monza, na Itália.

Com o carro #98 da Art Grand Prix, o luso marcou o tempo de 1’47″603. Ele dividirá a pilotagem com os franceses Alexandre Prémat e Grégoire Demoustier. Em segundo sai a Ferrari F458 Italia GT3 da Kessel Racing, partilhada entre Giacomo Petrobelli, Alessandro Bonacini e Michael Broniszewski, superada por quatro décimos de segundo.

Outra Ferrari inscrita na divisão Pro-Am, para Francesco Castellacci/Stefano Gai/Andrea Rizzoli, obteve o 3º tempo, à frente do estreante Bentley Continental da M-Sport guiado por Andy Meyrick/Guy Smith/Steven Kane.

220569_396373_timthumb__1_

O brasileiro Cesar Ramos, que está inscrito no Audi R8 LMS Ultra #1 da Belgian Audi Club WRT, larga da 5ª posição. Ele partilha o carro do construtor alemão com o belga Laurens Vanthoor e o alemão Marc Basseng. O tempo do trio foi 1’48″396.

“A pista de Monza não é ideal para o nosso carro por ter muitas retas. Estamos largando em quinto e nosso rendimento é muito bom com pneus velhos. Eu largo e nosso objetivo é chegar ao pódio”, afirmou Cesar, que venceu a prova ano passado quando defendia a Kessel Racing.

Campeão do ano passado, o alemão Maximilian Buhk larga em 10º lugar com a Mercedes SLS AMG GT3 da HTP Motorsport. Ele tem como parceiros o helvético Harold Primat e o belga Nico Verdonck.

A largada será às 9h45 de Brasília, para três horas de corrida. O link para a transmissão ao vivo é este aqui.

40 carros na abertura do Blancpain Endurance Series

20130413_BES_Monza_12_g758

RIO DE JANEIRO – A temporada 2014 do Blancpain Endurance Series dá a largada no próximo dia 13 com a primeira etapa em Monza, na Itália. Organizado pela SRO, o certame de Grã-Turismo dá mostras de que a crise atingiu algumas escuderias e o número de carros é bem mais reduzido no início deste ano do que na última temporada. Tanto que serão 40 bólidos presentes no tradicional circuito italiano.

A divisão está assim: 13 carros na Pro Cup, 19 na Pro-Am Cup (porque as contas têm que ser pagas, não é mesmo?) e os oito restantes no Gentlemen Trophy. Algumas equipes tradicionais na competição feito a Marc VDS Racing optaram por não disputar a temporada completa, o que esvazia um pouco o Blancpain Endurance Series e, consequentemente, tira o brilho da briga pelo título.

Em contrapartida, o torcedor brasileiro terá bons motivos para acompanhar o certame: o gaúcho Cesar Ramos, de 24 anos, estreia na equipe Belgian Audi Club Team WRT com chances de conquistar o título na Pro Cup que lhe escapou dos dedos ano passado. O alemão Maximilian Buhk, campeão de 2013, ainda não está confirmado, mas deve fazer parte do plantel de pilotos da HTP Motorsport, que inscreve duas Mercedes-Benz AMG SLS GT3. Três pilotos já estão assegurados para a estreia: o suíço Harold Primat, o holandês Stef Dusseldorp e o russo Sergey Afanasiev.

Mais uma vez, a equipe Nissan GT Academy Team RJN traz seus pupilos revelados nas competições de videogame. Entre os comandados da vez estão o português Miguel Faísca e o japonês Katsumasa Chiyo. Quem estará no comando da engenharia do time é o brasileiro Ricardo Divila.

Os inscritos do Blancpain Endurance Series para Monza são estes:

PRO CUP

#1 BELGIAN AUDI CLUB TEAM WRT BEL
Audi R8 LMS Ultra
Cesar Ramos/Laurens Vanthoor/Marc Basseng

#2 BELGIAN AUDI CLUB TEAM WRT BEL
Audi R8 LMS Ultra
Frank Stippler/James Nash/Christopher Mies

#7 M-SPORT BENTLEY GBR
Bentley Continental GT3
Steven Kane/Guy Smith/Andy Meyrick

#8 M-SPORT BENTLEY GBR
Bentley Continental GT3
Jerôme d’Ambrosio/Duncan Tappy/Antoine Lèclerc

#19 BLACK FALCON DEU
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Abdulaziz Al Faisal/Andreas Simonsen/Hubert Haupt

#23 REITER ENGINEERING DEU
Chevrolet Camaro
Tomas Enge/Peter Kox/Albert Von Thurn und Taxis

#25 SAINTÉLOC RACING FRA
Audi R8 LMS Ultra
Stéphane Ortelli/Grégory Gulivert/Alex Müller

#44 OMAN RACING TEAM OMN
Aston Martin Vantage V12 GT3
Michael Caine/Ahmad Al Harty/Stephen Jelley

#55 BROTHER RACING TEAM CHN
Audi R8 LMS Ultra
Cong Fu Cheng/Sun Zheng/André Couto

#84 HTP MOTORSPORT DEU
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Harold Primat/Maximilian Buhk/Nico Verdonck

#85 HTP MOTORSPORT DEU
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Stef Dusseldorp/Sergey Afanasiev/Lucas Wolf

#98 ART GRAND PRIX FRA
McLaren MP4-12C GT3
Grégoire Demoustier/Álvaro Parente/Alexandre Prémat

#99 ART GRAND PRIX FRA
McLaren MP4-12C GT3
Andy Soucek/Kevin Korjus/Kévin Estre

PRO-AM CUP

#10 TDS RACING FRA
BMW Z4 GT3
Benjamin Lariche/Nicolas Armindo/Eric Clément

#11 KESSEL RACING CHE
Ferrari F458 Italia GT3
Michael Broniszewski/Alessandro Bonacini/Giacomo Petrobelli

#12 TDS RACING FRA
BMW Z4 GT3
Henry Hassid/Nicky Catsburg

#14 EMIL FREY RACING CHE
Emil Frey G3 Jaguar
Gabriele Gardel/Fredy Barth/Lorenz Frey

#15 BOUTSEN GINION RACING BEL
McLaren MP4-12C GT3
Karim Ojjeh/Olivier Grötz/Fréderic Vervisch

#16 BOUTSEN GINION RACING BEL
McLaren MP4-12C GT3
Phil Quaife/Shahan Sarkssian/Alex Demirdijan

#17 INSIGHT RACING WITH FLEX-BOX DNK
Ferrari F458 Italia GT3
Dennis Andersen/Martin Jensen

#18 BLACK FALCON DEU
Mercedes-Benz SLS AMG GT3
Vladimir Lunkin/Yuri Loboda/Mikhail Loboda

#35 NISSAN GT ACADEMY TEAM RJN
Nissan GT-R Nismo GT3
Miguel Faísca/Mark Shulzhistkiy/Katsumasa Chiyo

#38 MP MOTORSPORT ASTON MARTIN RACING GBR
Aston Martin Vantage V12 GT3
Richard Abra/Mark Poole/Joe Osborne

#42 SPORT GARAGE FRA
Ferrari F458 Italia GT3
Gilles Vannelet/Stéphane Lemeret/Michael Albert

#43 ROAL MOTORSPORT ITA
BMW Z4 GT3
Michela Cerruti/Stefano Comandini/Eugenio Amos

#50 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Simon Knap/Andrea Sovinco/Andrew Danilyw

#53 PRO GT BY ALMERAS FRA
Porsche 911 (997) GT3-R
Eric Dermont/Franck Perera

#60 GRAFF RACING FRA
Porsche 911 (997) GT3-R
Nicolas Marroc/Eric Troulliet

#79 ECURIE ECOSSE GBR
BMW Z4 GT3
Oliver Bryant/Andrew Smith/Alasdair McCaig

#80 NISSAN GT ACADEMY TEAM RJN GBR
Nissan GT-R Nismo GT3
Florian Strauss/Nick McMillen/Alex Buncombe

#90 SCUDERIA VILLORBA CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Francesco Castellacci/Stefano Gai/Andrea Rizzoli

#333 GT CORSE BY RINALDI DEU
Ferrari F458 Italia GT3
Marco Seefried/Vadim Kogay/Rinat Solnikhov

GENTLEMEN TROPHY

#4 BELGIAN AUDI CLUB TEAM WRT BEL
Audi R8 LMS Ultra
Jean-Luc Blanchemain/Christian Kelders/Yves Weerts

#22 TEAM PARKER RACING GBR
Audi R8 LMS Ultra
Ian Loggie/Chris Jones/Julien Westwood

#26 SAINTÉLOC RACING FRA
Audi R8 LMS Ultra
Marc Sourd/Jean-Claude Lagniez/Claude-Yves Gosselin

#41 SPORT GARAGE FRA
Ferrari F458 Italia GT3
Bernard Delhez/Romain Brandela/Georges Cabannes

#49 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Howard Blank/Jean-Marc Bachellier/Yannick Mallegol

#51 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3
Peter Mann/Filipe Barreiros/Francisco Guedes

#111 KESSEL RACING CHE
Ferrari F458 Italia GT3
Stephen Earle/Freddy Kraemer/piloto a confirmar

#458 GT RACING BY RINALDI DEU
Ferrari F458 Italia GT3
Alexander Matschull/Pierre Ehret/Frank Schimckler

Bentley imbatível nos testes das séries Blancpain

file396369BRD_5452

RIO DE JANEIRO – O modelo Continental GT3 da britânica Bentley, marca hoje comandada pelo Volkswagen Auto Group (VAG), foi o mais veloz entre os carros que participaram nesta terça e quarta-feira dos treinos coletivos das séries Blancpain, congregando os carros da Sprint Series e da Endurance Series.

Quarenta e sete carros marcaram tempo e o #7 da M-Sport, que estreou nas 12h de Abu Dhabi no começo do ano com um convincente pódio, registrou 1’56″584, média de 180,395 km/h, no combinado dos dois dias. A surpresa foi o 2º mais rápido: o novo Chevrolet Camaro da Reiter Engineering – só que meio segundo mais lento que o Bentley.

O carro #1 da WRT, equipe que representa a Audi nas duas série Blancpain, ficou com a terceira colocação no agregado, seguido pelo #6 e pelo #5 da Phoenix Racing. A TDS Racing fechou o bloco das seis primeiras com sua BMW Z4 GT3 número #12, já a mais de um segundo do tempo do Bentley. Cinco marcas diferentes ficaram entre os dez primeiros, com a melhor Ferrari F458 Italia – a #11 da Kessel Racing – ocupando justamente a décima colocação.

217422_387017_img_4464

O BMW Sports Trophy Team Brasil, equipe dirigida por Washington Bezerra e Antonio Hermann, participou dos treinos em Paul Ricard com Cacá Bueno e Nelsinho Piquet. O tetracampeão da Stock Car não conhecia a pista e ficou satisfeito com o trabalho realizado pela equipe na pré-temporada do Blancpain Sprint Series. O carro #21 ficou em 20º lugar no somatório dos dois dias, com o tempo de 1’58″407.

“O balanço foi positivo. Em Nogaro, descobrimos algumas novidades, que não aumentaram a velocidade do carro, mas o deixaram com mais ritmo do que no ano passado. E foi importante também, pois nunca tínhamos realizado um teste particular na Europa”, afirmou Cacá.

217422_387015_img_1514

Nelsinho Piquet, que tem grande chance de disputar a temporada 2014 pela equipe brasileira, também gostou muito do primeiro contato com a BMW Z4 GT3 do time verde-e-amarelo. “Tirando os monopostos, nunca tinha andado num carro com tanta tecnologia, então estou aprendendo a usar a eletrônica de ajuda para o piloto que o carro proporciona. É bem diferente do que eu imaginava”, disse – arrancando elogios do chefe de equipe Washington Bezerra.

 “Ele fez um trabalho muito bom e todos na equipe tivemos um retorno muito positivo deste seu primeiro contato com o carro”, destacou. “Foram testes importantes e que nos ajudaram a trabalhar melhor o carro, visando a abertura da temporada. Os tempos do BOP em Paul Ricard não refletem muito a realidade, pois alguns carros ainda não estão com os restritores. Vamos aguardar o resultado da equalização no final do mês”, completou Bezerra.

Tempos completos aqui.

Fotos: Bentley Continental GT3 (Brecht Decancq), BMW Z4 (Tony Hermann), Nelsinho Piquet e Cacá Bueno (Tony Hermann)