39 carros confirmados para Imola

VSA_ELMS_SIL14_OBGR8R4700-728x485

RIO DE JANEIRO – Após a ótima prova inaugural em Silverstone, o European Le Mans Series terá mais uma vez “casa cheia” no fim de semana da 2ª etapa do campeonato, marcada para o próximo dia 18 em Imola, no Autódromo Enzo e Dino Ferrari – para sempre na memória pelas tragédias do GP de San Marino de 1994.

Trinta e nove carros estão confirmados para a corrida que terá 4 horas de duração. São 10 protótipos LMP2, 14 inscritos da divisão LMGTE e os demais 15 bólidos são da LMGTC. Será a última prova do Morgan Nissan da Thiriet by TDS Racing – que venceu na abertura do campeonato – antes da estreia do Ligier JS P2 do time de Xavier Combet e Jacques Morello. A equipe é o alvo da vez e os demais times que corram atrás.

Como novidade, a única mudança em relação aos inscritos em Silverstone é a aparição de Tor Graves no #48 da Murphy Prototypes. O piloto tailandês, acometido de herpes zoster, não pôde correr na Inglaterra e desta vez fará sua estreia pelo time de Greg Murphy a bordo do Oreca Nissan. Na Sébastien Loeb Racing, Rene Rast fica impedido de competir em razão da coincidência de datas entre esta prova e o Blancpain Sprint Series. O #24 terá de novo Jan Charouz e Vincent Capillaire.

Na classe LMGTE, a novidade é a inscrição de uma terceira Ferrari F458 Italia GTE pela AF Corse, como preparação dos pilotos para o Journée Test das 24 Horas de Le Mans, no início de junho. Os pilotos Peter Ashley Mann, Raffaele Gianmaria e Lorenzo Casé já correram juntos nas 6 Horas de Spa-Francorchamps no último sábado e estarão juntos de novo em Imola. A observar que Mirko Venturi entra no #55 em lugar de Michele Rugolo, para fazer companhia a Matt Griffin e Duncan Cameron. A Kessel Racing terá apenas Michael Broniszewski e Andrea Piccini no carro #80.

Entre os inscritos da LMGTC, destaque para o regresso da Ferrari #57 de Boris Rotemberg/Mika Salo/Maurizio Mediani, que não correu em Silverstone. Os ausentes da vez serão Henry Hassid no #51 da Sébastien Loeb Racing e Jan Magnussen no #60 da Formula Racing.

A lista completa para as 4 Horas de Imola é esta:

LMP2

#24 SÉBASTIEN LOEB RACING FRA
Oreca 03 Nissan (M)
Vincent Capillaire/Jan Charouz

#29 PEGASUS RACING DEU
Morgan LMP2 Nissan (D)
Julien Schell/Niki Leutwiller/Jonathan Coleman

#34 RACE PERFORMANCE CHE
Oreca 03 Judd (D)
Michel Frey/Franck Mailleux

#36 SIGNATECH ALPINE FRA
Alpine A450 Nissan (M)
Paul-Loup Chatin/Nelson Panciatici/Oliver Webb

#38 TEAM JOTA SPORT GBR
Zytek Z11SN Nissan (M)
Simon Dolan/Harry Tincknell/Filipe Albuquerque

#41 GREAVES MOTORSPORT GBR
Zytek Z11SN Nissan (D)
Chris Dyson/Tom Kimber-Smith/Matt McMurry

#43 NEWBLOOD BY MORAND RACING CHE
Morgan LMP2 Judd (D)
Christian Klien/Gary Hirsch/Romain Brandela

#46 THIRIET BY TDS RACING FRA
Morgan LMP2 Nissan (D)
Pierre Thiriet/Ludo Badey/Tristan Gommendy

#48 MURPHY PROTOTYPES IRL
Oreca 03 Nissan (D)
Rodolfo Gonzalez/Karun Chandhok/Tor Graves

#50 LARBRE COMPETITION FRA
Morgan LMP2 Judd (D)
Keiko Ihara/Gustavo Yacaman

LMGTE

#54 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia (M)
Piergiuseppe Perazzini/Marco Cioci/Michael Lyons

#55 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia (M)
Duncan Cameron/Marco Cioci/Mirko Venturi

#56 AT RACING AUT
Ferrari F458 Italia (M)
Aliaksandr Talkanitsa/Aliaksandr Talkanitsa Jr./Pierre Kaffer

#58 TEAM SOFREV-ASP FRA
Ferrari F458 Italia (M)
Soheil Ayari/Fabien Barthez/Anthony Pons

#65 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia (M)
Peter Ashley Mann/Lorenzo Casé/Raffaele Gianmaria

#66 JMW MOTORSPORT GBR
Ferrari F458 Italia (M)
Daniel MacKenzie/George Richardson/Daniel Zampieri

#67 IMSA PERFORMANCE MATMUT FRA
Porsche 911 (991) GT3 RSR (M)
Erik Maris/Eric Hélary/Jean-Marc Merlin

#72 SMP RACING RUS
Ferrari F458 Italia (M)
Andrea Bertolini/Viktor Shaitar/Sergey Zlobin

#76 IMSA PERFORMANCE MATMUT FRA
Porsche 911 (991) GT3 RSR (M)
Raymond Narac/Nicolas Armindo/David Hallyday

#80 KESSEL RACING CHE
Ferrari F458 Italia (M)
Michael Broniszewski/Giacomo Piccini

#81 KESSEL RACING CHE
Ferrari F458 Italia (M)
Kola Aluko/Thomas Kemenater/Matteo Cressoni

#82 CRUBILÉ SPORT FRA
Porsche 911 (997) GT3 RSR (M)
François Perrodo/Sébastien Crubilé/Emmanuel Collard

#85 GULF RACING UK GBR
Aston Martin Vantage GTE (M)
Roald Goethe/Stuart Hall/Daniel Brown

#86 GULF RACING UK GBR
Porsche 911 (997) GT3 RSR (M)
Michael Wainwright/Adam Carroll/Ben Barker

LMGTC

#51 SÉBASTIEN LOEB RACING FRA
Audi R8 LMS Ultra (M)
Olivier Lombard/Mike Parisy

#57 SMP RACING RUS
Ferrari F458 Italia GT3 (M)
Boris Rotemberg/Mika Salo/Maurizio Mediani

#59 TEAM SOFREV-ASP FRA
Ferrari F458 Italia GT3 (M)
Christophe Bourret/Pascal Gibon/Jean-Philippe Belloc

#60 FORMULA RACING DEN
Ferrari F458 Italia GT3 (M)
Johnny Laursen/Mikkel Mac Jensen

#62 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3 (M)
Yannick Mallegol/Jean-Marc Bachellier/Howard Blank

#63 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3 (M)
Mads Rasmussen/Dennis Lind

#71 SMP RACING RUS
Ferrari F458 Italia GT3 (M)
Aleksej Basov/Kyrill Ladygin/Luca Persiani

#73 SMP RACING RUS
Ferrari F458 Italia GT3 (M)
Olivier Beretta/Devi Markozov/Aleksandr Frolov

#75 PROSPEED COMPETITION BEL
Porsche 911 (997) GT3-R (M)
Paul Van Splunteren/Maxime Soulet/Gilles Vannelet

#78 TEAM RUSSIA BY BARWELL RUS
BMW Z4 GT3 (M)
Leo Machitski/Timur Sardarov/Jonathan Cocker

#93 PRO GT BY ALMERAS FRA
Porsche 911 (997) GT3-R (M)
Eric Dermont/Franck Perera/Lucas Lasserre

#95 AF CORSE ITA
Ferrari F458 Italia GT3 (M)
Adrien De Leener/Cédric Sbirrazzuoli

#96 TEAM UKRAINE UKR
Ferrari F458 Italia GT3 (M)
Sergey Chukanov/Alessandro Pier Guidi/Andriy Krugik

#98 ART GRAND PRIX FRA
McLaren MP4-12C GT3 (M)
Kevin Korjus/Grégoire Demoustier/Yann Goudy

#99 ART GRAND PRIX FRA
McLaren MP4-12C GT3 (M)
Ricardo Gonzalez/Karim Aljani/Alex Brundle

Anúncios

Em final sensacional, Thiriet by TDS Racing vence na abertura do ELMS

tdswin

RIO DE JANEIRO – A abertura do European Le Mans Series (ELMS) não podia ter tido uma corrida melhor do que a realizada neste sábado. Grid cheio, com 37 carros, muitas disputas e um final espetacular, com três competidores brigado pela vitória nos últimos cinco minutos de uma corrida com quatro horas de duração.

Ao fim de 118 voltas, a Thiriet by TDS Racing, campeã da categoria em 2012 e vice no ano passado, levou a melhor na estreia do protótipo Morgan Nissan do time dirigido por Xavier Combet. Tristan Gommendy “atropelou” nos últimos quilômetros e deixou para trás o Oreca Judd da Race Performance, com Michel Frey a bordo e o carro da Newblood by Morand Racing, que era conduzido pelo suíço Gary Hirsch. Gommendy cruzou com apenas 3″828 de vantagem para o 2º colocado, uma diferença escassa para uma corrida relativamente longa.

A movimentada corrida teve liderança inicial do Team Jota, cujo Zytek Z11SN Nissan largou na pole position. Filipe Albuquerque dominou as primeiras 23 voltas com grande autoridade e entregou o carro a Simon Dolan, que cumpriu com correção o seu turno de pilotagem e vinha na primeira posição após o reposicionamento devido às paradas de box para reabastecimento, troca de pneus, revezamento de pilotos e eventuais reparos.

Na altura da 98ª volta, quando o time já preparava a entrada do britânico Harry Tincknell para o stint final, Dolan foi surpreendido pela Ferrari F458 GTE de Duncan Cameron/Matt Griffin/Michele Rugolo, que não lhe deu espaço numa manobra de ultrapassagem – sendo que o carro italiano era retardatário e, logicamente, muito mais lento. Dolan perdeu o controle do seu protótipo, pegou pela proa o Morgan Judd #50 da Larbre Competition, então guiado por Gustavo Yacamán e os dois carros colidiram. O britânico não conseguiu evitar o forte choque do #38 com o muro de proteção, o que provocou a única intervenção do Safety Car. Felizmente, Dolan só sofreu o susto e o impacto da pancada, que provocou alguns danos materiais no carro do time.

Na relargada, o carro #34 de Michel Frey e Franck Mailleux comandou a prova, até ser ultrapassado, a cinco minutos do fim, pelo Morgan que recebeu a quadriculada na primeira posição. Tristan Gommendy, que dirigiu no último turno, superou o compatriota e também Gary Hirsch, nos instantes finais da competição.

s1_1 (17)

O Zytek #41 da Greaves Motorsport guiado por Tom Kimber-Smith/Chris Dyson/Matt McMurry teve boa atuação: chegou em 4º lugar, seguido pelo Alpine A450 da Signatech, campeã do ano passado e guiado por Nelson Panciatici/Oliver Webb/Paul-Loup Chatin. Os estreantes James Littlejohn e Anthony Wells, completados por James Walker no #28 da Greaves, não comprometeram e terminaram em 6º, na mesma volta dos vencedores.

Na LMGTE, vitória da AF Corse: apesar do contratempo que tirou o Zytek do Team Jota, o carro #55 de Duncan Cameron/Matt Griffin/Michele Rugolo recebeu a quadriculada após completar 112 voltas em 9º na geral, seguido pelo #72 da SMP Racing, que largara na pole position. Boa performance de Andrea Bertolini e seus parceiros Sergey Zlobin e Viktor Shaitar. Inclusive, os dois russos dão “duplo expediente” no fim de semana, pois também correrão na prova do FIA WEC neste domingo.

O pódio da divisão foi completado pelo Porsche #76 da IMSA Performance Matmut, em excelente corrida de Nicolas Armindo/Raymond Narac/David Hallyday. Pierre Kaffer e os Talkanitsa pai e filho chegaram em 4º lugar, secundados por Daniel Zampieri/Daniel McKenzie/George Richardson, da JMW Motorsport e por Marco Cioci/Michael Lyons/Piergiuseppe Perazzini.

Fabién Barthez, aquele mesmo que foi goleiro da seleção francesa campeã na Copa de 1998, completou em 7º lugar com a Ferrari do Team SOFREV-ASP, guiada também por Anthony Pons e Soheil Ayari. Uma penalização stop & go por queima de largada de Pons impediu, inclusive, que o trio terminasse entre os cinco primeiros colocados.

s1_1 (16)

Na LMGTC, o Team Ukraine conseguiu uma importante vitória: o carro guiado por Andrii Krugyk/Sergey Chukanov/Alessandro Pier Guidi completou a disputa em 18º na geral, a nove voltas dos vencedores na geral. Ironicamente, o carro #73 da SMP Racing guiado por Devi Markozov/Olivier Beretta/Anton Ladygin chegou em segundo – digo ironicamente, porque todo mundo sabe da briga entre Rússia e Ucrânia pela Crimeia e o quanto isto tem afetado o esporte como um todo. A 3ª posição de pódio foi da Formula Racing, graças a Mikkel Mac Jensen/Johnny Laursen/Jan Magnussen.

Após a “trifeta” Ferrari, as demais posições foram ocupadas pelo Team Russia by Barwell, com BMW Z4 GT3, pela McLaren #99 da ART Grand Prix e pelo Audi R8 LMS Ultra da Sébastien Loeb Racing.

Próxima prova: 4 Horas de Imola, dia 18 de maio, no Autódromo Enzo e Dino Ferrari.

Resultados completos do ELMS aqui.

Quem é quem: European Le Mans Series 2014 – equipes LMP2

RIO DE JANEIRO – O “Quem é Quem” do European Le Mans Series de 2014 termina com a principal categoria da competição. A classe LMP2, alçada ao status de estrela principal da série europeia de Endurance mostra que ainda é uma excelente alternativa dentro da modalidade, por conta do sistema cost capped, de teto fixo de preço para a comercialização de chassis e dos motores – derivados de blocos de série e também de produção específica para competição.

Não à toa, a categoria reuniu muitos atrativos em 2013 e marcou a volta de um ícone das pistas: a Alpine, lendária marca fundada em Dieppe (França) por Jean Rédélé, voltou ainda que batizando um chassi Oreca 03 com motor Nissan para ser campeã com Nelson Panciatici e Pierre Ragues. A Signatech, equipe que representa a Alpine no ELMS, está de volta e sonhando em bisar o feito. Não será uma tarefa fácil. Muitas boas equipes aparecem para tentar melar o feito e a competição promete muito.

Vamos às equipes da LMP2:

SÉBASTIEN LOEB RACING
Sede: Soultz Sous Forêrts, França
Chefe de equipe: Dominique Heintz
Diretor técnico: Léo Thomas
Carro: Oreca 03
Motor: Nissan VK45DE 4,5 litros V8
Transmissão: Xtrac sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: Vincent Capillaire/Jan Charouz (#24)

s1_1 (8)

GREAVES MOTORSPORTS
Sede: Yaxley, Peterborough (Inglaterra)
Chefe de equipe: Jacob Greaves
Diretor técnico: Alan Mugglestone
Carro: Zytek Z11SN
Motor: Nissan VK45DE 4,5 litros V8
Transmissão: Ricardo sequencial de 6 marchas
Pneus: Dunlop
Pilotos: James Littlejohn/James Walker/Anthony Wells (#28) e Chris Dyson/Tom Kimber-Smith/Matt McMurry (#41)

s1_1 (9)

PEGASUS RACING
Sede: Geispolsheim, Estrasburgo (França)
Chefe de equipe: Julien Schell
Diretor técnico: (?)
Carro: Morgan LMP2
Motor: Nissan VK45DE 4,5 litros V8
Transmissão: Xtrac sequencial de 6 marchas
Pneus: Dunlop
Pilotos: Julien Schell/Niki Leutwiller/Jonathan Coleman (#29)

__p18kjsifrr1ol7elrn8d1racnouj_640

RACE PERFORMANCE
Sede: Münsingen, Suíça
Chefe de equipe: Ralf Meichtry
Diretor técnico: (?)
Carro: Oreca 03
Motor: Judd HK 4 litros V8
Transmissão: Xtrac sequencial de 6 marchas
Pneus: Dunlop
Pilotos: Michel Frey/Franck Mailleux (#34)

s1_1 (10)

SIGNATECH-ALPINE
Sede: Bourges, França
Chefe de equipe: Philippe Sinault
Diretor técnico: Lionel Chevallier
Carro: Alpine A450 (Oreca 03)
Motor: Nissan VK45DE 4,5 litros V8
Transmissão: Xtrac sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: Nelson Panciatici/Oliver Webb/Paul-Loup Chatin (#36)

s1_1 (11)

TEAM JOTA SPORT
Sede: Frant, Kent (Inglaterra)
Chefe de equipe: Sam Highnett
Diretor técnico: Tim Holloway
Carro: Zytek Z11SN
Motor: Nissan VK45DE 4,5 litros V8
Transmissão: Ricardo sequencial de 6 marchas
Pneus: Dunlop
Pilotos: Harry Tincknell/Simon Dolan/Filipe Albuquerque (#38)

elms_test_gallery1-07

NEWBLOOD BY MORAND RACING
Sede: Marly, França
Chefe de equipe: Bênoit Morand
Diretor técnico: Lucien Monté
Carro: Morgan LMP2
Motor: Judd HK 4 litros V8
Transmissão: Xtrac sequencial de 6 marchas
Pneus: Dunlop
Pilotos: Christian Klien/Gary Hirsch/Romain Brandela (#43)

VSA_ELMS_TEST14_OBGR8R2259-2048x1365-917x611_c

THIRIET BY TDS RACING
Sede: Vendres, França
Chefe de equipe: Xavier Combet
Diretor técnico: Jacques Morello
Carro: Morgan LMP2
Motor: Nissan VK45DE 4,5 litros V8
Pneus: Dunlop
Pilotos: Pierre Thiriet/Tristan Gommendy/Ludovic Badey (#46)

elms_test_gallery1-01

MURPHY PROTOTYPES
Sede: Dublin, Irlanda
Chefe de equipe: Nick Reynolds
Diretor técnico: Jason Longworth
Carro: Oreca 03
Motor: Nissan VK45DE 4,5 litros V8
Pneus: Dunlop
Pilotos: Karun Chandhok/Rodolfo Gonzalez/Alex Kapadia (#48)

__p18kfbma201015nhi1clc1i6f1u508_640

LARBRE COMPETITION
Sede: Val de Vienne, França
Chefe de equipe: Jack Lecomte
Diretor técnico: Jean-Louis Broulliet
Carro: Morgan LMP2
Motor: Judd HK 4 litros V8
Pneus: Michelin
Pilotos: Jacques Nicolet/Keiko Ihara/Gustavo Yacaman (#50)

AUTO - TESTS LE CASTELLET ELMS 2014

Quem é quem: European Le Mans Series 2014 – equipes LMGTE

RIO DE JANEIRO – A classe LMGTE é a segunda em importância na temporada 2014 do European Le Mans Series, uma vez que os LMPC não darão o ar da graça e no próximo ano chega a nova subdivisão LMP3. Enquanto isso, a subclasse multimarcas de Grã-Turismo se reveste de importância, num ano de crescimento. O grid terá 13 carros inscritos e diversas equipes com passagem pelo WEC e outras séries internacionais. Aqui, ao contrário do Mundial de Endurance, não há distinção por categoria de pilotos. As diferentes graduações – platina, ouro, prata e bronze – se misturam no mesmo campeonato, tornando a disputa bem mais interessante.

Um estreante chama a atenção. Aos 42 anos de idade, o antigo goleiro da seleção francesa campeã em 1998, Fabién Barthez, faz sua estreia num certame internacional visando a primeira aparição nas 24 Horas de Le Mans.

Eis as equipes participantes:

AF CORSE
Sede: Piacenza, Itália
Chefe de equipe: Battistino Pregliasco
Diretor técnico: Luigi Urbinelli
Carro: Ferrari F458 Italia GTE
Motor: Ferrari F142 4,5 litros V8
Câmbio: Hewland sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: Piergiuseppe Perazzini/Marco Cioci/Michael Lyons (#54) e Duncan Cameron/Matt Griffin/Michele Rugolo (#55)

s1_1 (2)

AT RACING
Sede: Viena, Áustria
Chefe de equipe: Aliaksandr Talkanitsa
Diretor técnico: (?)
Carro: Ferrari F458 Italia GTE
Motor: Ferrari F142 4,5 litros V8
Câmbio: Hewland sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: Aliaksandr Talkanitsa/Aliaksandr Talkanitsa Jr./Pierre Kaffer (#56)

dsc_4972

TEAM SOFREV-ASP
Sede: Nogaro, França
Chefe de equipe: Jerôme Policand
Diretor técnico: Olivier Hebutème
Carro: Ferrari F458 Italia GTE
Motor: Ferrari F142 4,5 litros V8
Transmissão: Hewland sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: Fabién Barthez/Anthony Pons/Soheil Ayari (#58)

s1_1 (3)

JMW MOTORSPORT
Sede: Colchester, Essex (Inglaterra)
Chefe de equipe: Jim McWhiter
Diretor técnico: Steve “Doc” Bunkhall
Carro: Ferrari F458 Italia GTE
Motor: Ferrari F142 4,5 litros V8
Transmissão: Hewland sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: Daniel McKenzie/Daniel Zampieri/George Richardson (#66)

s1_1 (4)

IMSA PERFORMANCE MATMUT
Sede: St. Jean du Chardonnay, Haute-Normandie (França)
Chefe de equipe: Franck Rava
Diretor técnico: Arnaud Soudey
Carro: Porsche 911 (991) GT3 RSR
Motor: Porsche 4 litros Flat 6
Transmissão: Porsche sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: Eric Hélary/Erik Maris/Jean-Marc Merlin (#67) e Raymond Narac/Nicolas Armindo/David Hallyday (#76)

s1_1 (5)

SMP RACING
Sede: Moscou, Rússia
Chefe de equipe: Boris Rotemberg
Diretor técnico: Benjamin Durand
Carro: Ferrari F458 Italia GTE
Motor: Ferrari F142 4,5 litros V8
Transmissão: Hewland sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: Andrea Bertolini/Viktor Shaitar/Sergey Zlobin (#72)

dsc_0247

KESSEL RACING
Sede: Grancia-Lugano, Suíça
Chefe de equipe: Ronnie Kessel
Diretor técnico: Pier Deldon
Carro: Ferrari F458 Italia GTE
Motor: Ferrari F142 4,5 litros V8
Transmissão: Hewland sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: Michael Broniszewski/Giacomo Piccini/Marco Frezza (#80) e Kolawuke Aluko/Thomas Kemenater/Matteo Cressoni (#81)

s1_1 (6)

CRUBILÉ SPORT
Sede: Bures-Sur-Yvette, França
Chefe de equipe: Sébastien Crubilé
Diretor técnico: Laurent Corric
Carro: Porsche 911 (997) GT3 RSR
Motor: Porsche 4 litros Flat 6
Transmissão: Porsche sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: François Perrodo/Sébastien Crubilé/Emmanuel Collard (#82)

Crub3

GULF RACING UK
Sede: Milton Keynes, Inglaterra
Chefe de equipe: Matt Beers
Diretor técnico: Brad Fincham
Carros: Aston Martin Vantage V8 e Porsche 911 (997) GT3 RSR
Motores: Aston Martin 4,5 litros V8 e Porsche 4 litros Flat 6
Transmissões: Xtrac sequencial de 6 marchas e Porsche sequencial de 6 marchas
Pneus: Michelin
Pilotos: Roald Goethe/Stuart Hall/Dan Brown (#85) e Adam Carroll/Michael Wainwright/Ben Barker (#86)

dsc_0284 (1)

s1_1 (7)

Sinal de alerta

4427020140415085247

RIO DE JANEIRO – A crise recorrente envolvendo Rússia e Ucrânia pela posse da Crimeia pode trazer sérias consequências para o investimento de um grupo russo no automobilismo. Informa o piloto e diretor esportivo da SMP Racing Sergey Zlobin que as contas bancárias do time estão bloqueadas.

A SMP Racing é do banqueiro Boris Rotemberg, cuja fortuna, avaliada em US$ 1,7 bilhão pela Forbes o deixa entre as principais pessoas físicas mais ricas do mundo. Além do investimento no esporte a motor, uma paixão do argentário – que é inclusive amigo pessoal do presidente russo Vladimir Putin, Rotemberg tornou-se o acionista majoritário do Dynamo Moscou, tradicional clube de futebol de seu país. A SMP Racing surgiu há dois anos e vem conquistando espaço nas provas de Endurance – tanto que dois carros com as cores vermelha, azul e branca estão inscritos e prontos para a disputa das 6 Horas de Silverstone na abertura do WEC, no próximo domingo. Isso sem contar quatro Ferrari F458 Italia, três na LMGTC e uma na LMGTE, para a temporada do European Le Mans Series.

Por conta do bloqueio das contas internacionais dos russos, imposto pela União Europeia e pelo governo de Barack Obama como uma forma nada sutil de pressão pelo fim da ação militar da Rússia em território ucraniano – e que pode acabar numa guerra civil, um promissor programa de motorsport pode ir por água abaixo, sem mais nem menos.

A área de ação de Rotemberg no esporte contempla inclusive a Fórmula Indy. A SMP Racing estampa suas cores num dos carros do time de Sam Schmidt, conduzido por Mikhail Aleshin. Também são eles quem pagam as contas de Sergey Sirotkin como piloto reserva e de testes da Sauber, além da participação do jovem piloto na World Series by Renault.

Mas há ainda que se pagar fornecedores, funcionários e o aluguel das garagens nas quais estão os carros do WEC e ELMS. A AF Corse é um exemplo de credora da SMP Racing e se falhar o pagamento, os protótipos Oreca 03 Nissan LMP2 poderão não ser mais vistos nas pistas em breve.

Dentro do prisma atual, é bem difícil que o esporte seja usado como massa de manobra para que uma situação grave como esta seja solucionada. É algo que vai além da esfera automobilística. Envolve ego e poder. Mas pode custar caro, muito caro.

Os aficionados esperam por uma resolução rápida e pacífica desta crise. Caso contrário, a debandada da SMP Racing será terrível para o desenvolvimento do automobilismo russo, para os empregados do time e também para os pilotos – quer sejam daquele país ou os estrangeiros que foram contratados para 2014.